x
Chess - Play & Learn

Chess.com

FREE - In Google Play

FREE - in Win Phone Store

VIEW

Em que sentido Jesus e o Pai são um?

EETech
Jan 21, 2012, 11:35 AM 0

“Eu e o Pai somos um”, disse Jesus. (João 10:30) Alguns citam esse texto para provar que Jesus e seu Pai são duas partes de um Deus trino. Era isso o que Jesus queria dizer?

Vejamos o contexto. No versículo 25, Jesus disse que fazia obras em nome de seu Pai. Do versículo 27 ao 29, falou sobre ovelhas simbólicas que seu Pai deu a ele. Essas duas declarações de Jesus fariam pouco sentido para seus ouvintes se ele e seu Pai fossem a mesma pessoa. Em vez disso, o que Jesus na verdade quis dizer foi: ‘Meu Pai e eu somos tão unidos que ninguém pode tirar as ovelhas de mim, assim como ninguém pode tirá-las dele.’ É como se um filho dissesse ao inimigo de seu pai: ‘Se você atacar meu pai, você me ataca.’ Ninguém pensaria que esse filho e seu pai são a mesma pessoa. Mas todos notariam o forte vínculo de união entre eles.

Jesus e seu Pai, Jeová Deus, também são “um” no sentido de que estão em total acordo em seus objetivos, padrões e valores. Em contraste com Satanás, o Diabo, e o primeiro casal humano, Adão e Eva, Jesus nunca quis ser independente de Deus. “O Filho não pode fazer nem uma única coisa de sua própria iniciativa, mas somente o que ele observa o Pai fazer”, disse Jesus. “Porque as coisas que Este faz, estas o Filho faz também da mesma maneira.” — João 5:19; 14:10; 17:8.

Mas esse forte vínculo de união não torna impossível distinguir Deus de seu Filho, Jesus. Eles são duas pessoas, cada um com personalidade distinta. Jesus tem seus próprios sentimentos, pensamentos, experiência de vida e livre-arbítrio. No entanto, ele escolheu sujeitar sua vontade à de seu Pai. De acordo com Lucas 22:42, Jesus disse: “Ocorra, não a minha vontade, mas a tua.” Essas palavras não fariam sentido se a vontade dele não pudesse ser diferente da vontade de seu Pai. Se Jesus e seu Pai fossem realmente uma só pessoa, por que Jesus orou a Deus, admitindo humildemente não saber certas coisas que apenas seu Pai sabia? — Mateus 24:36.

Membros de muitas religiões adoram deuses que são descritos como lutando e tendo conflitos com pessoas de sua família. Na mitologia grega, por exemplo, Cronos depôs seu pai, Urano, e devorou seus próprios filhos. Isso é muito diferente da união entre Jeová Deus e seu Filho, Jesus, baseada no verdadeiro amor! E essa união com certeza nos atrai a eles. De fato, temos o privilégio incomparável de estar em união com as duas Pessoas mais importantes do Universo. A respeito de seus seguidores, Jesus orou: “Faço solicitação . . . que todos sejam um, assim como tu, Pai, estás em união comigo e eu estou em união contigo, para que eles também estejam em união conosco.” — João 17:20, 21.

Portanto, quando Jesus disse “eu e o Pai somos um”, ele não estava falando de uma misteriosa Trindade, mas de uma maravilhosa unidade — o maior vínculo de união que é possível existir entre duas pessoas.

Online Now