x
Chess - Play & Learn

Chess.com

FREE - In Google Play

FREE - in Win Phone Store

VIEW
Aronian campeão na Alemanha, Mamedyarov lidera em Shamkir

Aronian campeão na Alemanha, Mamedyarov lidera em Shamkir

Trade09
Apr 24, 2017, 10:15 PM 3

Eu gosto muito de ver as partidas e os resultados dos torneios mais fortes ao redor do mundo, mas me incomodo quando as opções são tantas que não consigo acompanhar tudo!

O Grenke Chess Classic (média 2731) terminou no último sábado, dia 21, quando já estava na 2ª rodada o Shamkir Chess (média 2765) no Azerbaijão. Dia 23 teve início o Campeonato Chinês (média 2540) e o fantástico Aberto de Reykjavik já tinha começado lá atrás no dia 19. Aquele torneio rápido na China que eu falei semana passada, com a participação dos nossos heróis Alex Fier e Rafael Leitão, o BRIC Chess Masters, também largou no dia 23 e termina dia 26. Já se perderam? Pois é, agora vocês sabem como eu me sinto! Ah, faltou o Karpov Poikovsky (média 2679), que teve início no dia 18! No fim da postagem, coloco um link para todos os torneios. Prometo.

Nossos GMs Alexandr Fier e Rafael Leitão tem 3,5/6 no torneio da China (que é um fechado de 10 jogadores) e concluem logo mais, na madrugada de segunda para terça-feira as últimas 3 rodadas. Mais informações no link ao fim do artigo!

Levon Aronian teve um grande desempenho na Alemanha, ganhou o torneio com 5,5/7, e subiu 15 pontos de rating (nada fácil quando se tem 2774). Como vocês devem imaginar, fiquei muito feliz com esse resultado e torço pra que ele consiga voltar aos 2800 e brigar pelas primeiras colocações do ranking mundial o quanto antes!

Mas a atração dos últimos dias nas redes sociais foram as vitórias espetaculares dos ex-campeões mundiais Veselin Topalov (contra Wojtaszek) e Vladimir Kramnik (contra Harikrishna), no Shamkir Chess. Apesar de tudo, o líder do torneio é Shak Mamedyarov, que vem em grande fase e entrou no Top 10 mundial do live ratings, com 2781,7.

Ambas obras-primas já foram analisadas no site do chess.com pelo GM Dejan Bojkov.  A primeira já foi traduzida para o português, e a segunda por enquanto está disponível só em inglês.

Fui em outra direção para escolher a partida da semana, que saiu do 32º Aberto de Reykjavik, torneio que participei em 2011 (vale a pena conhecer a Islândia!), e o confronto é entre o experiente GM Johan Hjartarson, e um dos jogadores que eu mais tenho acompanhado ultimamente, o jovem talento indiano GM Vidit Santosh Gujrathi, de apenas 22 anos. Seu estilo posicional e consistente me impressiona muito (talvez vocês já saibam que eu não sou o maior apreciador de fogos de artifício no tabuleiro).

Já aviso que a partida tem muito mais texto que análise de lances, me identifiquei com o aspecto posicional das variantes de abertura mais confusas (no caso a siciliana Najdorf), e me empolguei! :-) 

Online Now