À Segunda tentativa, Aronian Consegue a Sua Vitória Em St. Louis

À Segunda tentativa, Aronian Consegue a Sua Vitória Em St. Louis

No fim, o amor vence.

No dia final da St. Louis Rapid and Britz, quando vários jogadores trouxeram as suas famílias para a sala do torneio, o GM Levon Aronian teve que pensar de longe na sua significativa outra.

Foto de manchete: Chess.com/Maria Emelianova.

Quando a atenção se virou para o xadrez, Aronian cambaleou brevemente à saída, permitindo a um GM Sergey Karjakin ainda em ascensão de ficar a somente a um ponto de diferença. O começo em 0,5-1,5 de Aronian, juntamente com as duas vitórias iniciais de Karjakin (que o punham em 10,0/11 na blitz nesse momento), puseram a liderança de Aronian em questão.

Como disse Aronian ao Chess.com, o vinho que ele bebeu na noite anterior não ajudou. Após ter dormido só quatro horas, o seu subconsciente o forçou a acordar de vez.

Mas nunca subestimem um home apaixonado. A meio do dia quando perguntaram se uma vitória de torneio no dia de hoje seria um presente de casamento para a sua noiva, Aronian disse: "Não existem vitórias suficientes para oferecer como presente à pessoa que eu amo."

Vinho, amor, xadrez. Para Aronian, só faltava a música.

A entrevista do Chess.com com o vencedor do torneio.

Aronian recuperou na sua terceira partida; após ter estragado a sequência vitoriosa o seu oponente o GM Le Quang Liem tombou inexplicavelmente numa posição vantajosa. Aronian aproveitou aquela partida confusa para recuperar o ímpeto e ele eventualmente encerrou a discussão na rodada 25, com duas partidas ainda para jogar.

null

O vencedor assinou cada e todo autógrafo. | Foto: Chess.com/Mike Klein.

Apropriadamente, o seu meio-ponto decisivo nessa rodada foi obtido contra o GM Garry Kasparov, a "outra" personalidade da semana. A pontuação final de Aronian: 24,5/36 (ligeiramente melhor do que a pontuação vitoriosa no evento do Paris Grand Chess Tour mas um pouco abaixo de Leuven). Esta suplantou a pontuação de Karjakin e do GM Hikaru Nakamura que partilharam o segundo lugar com um total de 21,5/36.

"Eu acreditei que as pessoas podem pensar que eu não sou muito bom em blitz ou rápidas, e eu só queria mostrar que tenho alguns azes nas mangas," disse Aronian, o campeão do Mundo de Blitz de 2010.

Pela sua parte, Kasparov também recuperou para conseguir hoje algumas vitórias seguidas. Após a sua derrota isolada na partida de abertura, ele recuperou com 5,5/8 para fechar o dia, facilmente a sua melhor tarde.

St. Louis Blitz | Crosstable

# Fed Nome Rtg Perf 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 Pts
1 Karjakin,S 2773 2964 ½½ 10 ½1 11 11 10 11 13.5/18
2 Aronian,L 2799 2912 ½½ ½½ 11 11 11 ½0 01 12.5/18
3 Nakamura,H 2792 2829 01 ½½ ½½ ½0 ½0 10 ½1 11 11 10.5/18
4 Nepomniachtchi,I 2751 2814 00 ½½ ½½ ½1 11 ½0 11 10.0/18
5 Kasparov,G 2812 2769 ½0 ½1 ½½ 11 ½½ ½½ 01 9.0/18
6 Le Quang Liem 2739 2757 00 00 ½1 ½0 ½½ ½½ 01 11 8.5/18
7 Dominguez,L 2739 2719 00 00 01 00 00 ½½ ½1 11 11 7.5/18
8 Anand,V 2783 2694 ½0 ½1 ½½ ½½ ½0 ½½ ½0 7.0/18
9 Navara,D 2737 2657 01 ½1 00 ½½ 10 00 ½½ 00 6.0/18
10 Caruana,F 2807 2627 00 10 00 00 10 00 00 ½1 11 5.5/18

Aronian não jogou hoje o xadrez mais inspirado, mas ele não precisou. Ele começou com 2,5 pontos de vantagem sobre Karjakin e 2,0 sobre Nakamura, que sofreu simplesmente demasiado derrotas a meio do dia para alguma vez contestar.

O dia pareceu ser sobre Aronian a proteger a liderança. Ele disse mais tarde ao Chess.com que ele jogou pelo seguro, que vai contra o seu estilo (uma vídeo entrevista com Aronian será publicada aqui mais logo). 

Um empate na rodada de abertura (tecnicamente, a 19ª) de Brancas contra o perseguidor Nakamura durou somente 15 lances. Nakamura disse mais tarde ao Chess.com que se ele estivesse na posição de Aronian, ele teria feito o mesmo.

null

Se tivesses pestanejado não a terias visto. Os dois lideres, o GM Levon Aronian e o GM Hikaru Nakamura, empataram em quatro minutos. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

"Eu pensei que seria bom começar o dia numa nota sólida," disse Aronian. "É uma decisão, eu não a consigo explicar. Vamos ver se dará resultado."

Então Aronian permitiu ao rei do GM David Navara de penetrar no seu campo naquilo que deveria ter sido um final empatado.

Aronian jogou então outro empate breve contra o seu novo perseguidor, Karjakin (Nakamura tinha sofrido algumas derrotas e tinha escorregado para terceiro).

null

O GM Levon Aronian observa Caruana-Kasparov. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Espantosamente, aquela "lição' de final que Navara tinha mostrado na rodada 20 recorreu na rodada 24, para o proveito de Aronian.

A sua vitória chave contra o GM Ian Nepomniachtchi compensou pela sua derrota anterior no T+4 vs. T+3 final. Substitui somente o peão-a de Navara pelo peão-b de Aronian, e terás um carma instantâneo:

null

A vitória mais importante de Aronian, contra o GM Ian Nepomniachtchi, selou praticamente o torneio. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Aronian teve então a sua terceira repetição abaixo de 30-lances, esta contra Kasparov. Essa salvaguarda selou a vitória matematicamente uma vez que nessa mesma rodada, Karjakin perdeu para Nakamura. A liderança cresceu para 2,5 pontos com duas partidas restantes.

Somente para a posteridade e pontos de rating, Aronian encerrou o dia com o seu melhor xadrez. Duas vitórias consecutivas colocaram a margem final em três pontos, a maior do evento inteiro.

Aqui está a primeira daquele par. Contra o GM Fabiano Caruana, Aronian permitiu ao bispo do seu oponente um fianchetto em frente do seu próprio rei, mas ainda assim conseguiu sobreviver.

A vitória é a segunda de Aronian num campeonato maior em St. Louis. Ele também venceu a Sinquefield Cup de 2015. Esta quase que se tornou um presente duplo para a sua em breve futura esposa, excepto que na 2017 Sinquefield Cup ele não conseguiu manter o contacto com a liderança no dia final. Como o esforço de hoje ele pode finalmente voltar para o Cáucaso com uma vitória de torneio.

É claro, se uma dupla é aquilo que Aronian persegue, ele ainda tem a Taça do Mundo antes das suas núpcias. Se ele passar as finais e conseguir o seu ingresso para o 2018 Candidates' Tournament, então o seu casamento cinco dias depois será uma celebração prolongada.

null

O GM Sergey Karjakin precisou de mais do que a sua camisa cor de rosa para repetir o 8,0/9 de ontem. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Durante a primeira hora, Aronian deve ter sentido estar a defrontar-se com uma máquina. Karjakin tinha vencido as suas primeiras duas partidas para continuar a sua marcha sem precedente do dia anterior. Ele tinha elevado o seu recorde para 10,0-11 e um rating de desempenho em blitz que chegou quase a 3200.

Esses são números como os de Stockfish, e catapultaram Karjakin sobre Nakamura como o rival principal. A rodada 20 envolveu um padrão que nós vimos ontem com um sacrifício de bispo correto em h3.

Para o fim da partida. o GM Leinier Dominguez derrubou uma peça com um segundo restante. Ele endireitou-a e conseguiu carregar no seu relógio, mas havia um problema evidente: A posição ainda estava perdida.

"Eu joguei simplesmente uma boa partida, " disse Karjakin. "Penso que ele fez asneira no meu sacrifício. Talvez ele o tivesse visto mas ele não pensou que é tao forte mas de facto eu penso que as Pretas têm um ataque muito bom. Eu não tenho a certeza de que as Brancas podem fazer alguma coisa."

Quando lhe foi perguntado se o seu jogo hoje adveio do seu confronto do campeonato do mundo de 2016, Karjakin concedeu que as preparações para esse tinham ajudado, mas ficou aquém de explicar o seu xadrez atual.

"Magnus (Carlsen) jogou esta linha de Brancas e ê claro que eu sabia alguma coisa sobre ela, mas não te posso dizer mais!" disse Karjakin.

Uma rodada mais tarde, Karjakin defrontou a mesma serra eléctrica com que Aronian tinha acabado de ser fatiado: Navara. A terceira vitória consecutiva do jogador Checo mais cotado descarrilou a marcha invicta de Karjakin, e também a sua perseguição da liderança.

null

O GM David Navara teve hoje um papel importante nas classificações ao começar o dia 3-0. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Não é certo o que escorre melhor na Republica Checa: a cerveja, ou os bispos de Navara.

Após a derrota, Karjakin nunca mais se iria aproximar da liderança. A sua batalha com Nakamura para segundo consumiu-os a ambos enquanto Aronian respirava o ar fresco de líder.

null

O GM Hikaru Nakamura e Karjakin estiveram demasiado ocupados batalhando para segundo para que qualquer um deles pudesse disputar o primeiro. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

A partida que removeu por fim as chances de Karjakin de chegar a primeiro veio na rodada 25, uma derrota para o Americano com que ele estava a par na tabela.

Apesar duma vitória tardia, Nakamura não conseguiu encontrar o ritmo. Ele começou o dia dois pontos atras do líder mas depois de derrotas consecutivas, a margem tornou-se três e ele nunca mais a conseguiu encurtar.

Nakamura disse que o seu desempenho em geral tinha sido "decente" mas o adjetivo escolhido para o desempenho de hoje não pertenceu a mesma família de sinónimos : "patético."

"Foi obviamente um dia longo. Começaram todos a cometer asneiras, por todo o lado."

Uma das suas derrotas foi contra um Kasparov renovado, que Nakamura disse ter jogado hoje visivelmente mais depressa.

null

O GM Garry Kasparov, estalando os dedos enquanto se prepara para a seu final vitorioso. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

"Penso que joguei uma partida brilhante com Hikaru," disse Kasparov.

A opinião final de Nakamura sobre este desempenho de Kasparov: "Penso que foi um desempenho razoável."

Ele disse que dois jogadores tinham sobressaído no evento duma semana.

"[Aronian] jogou melhor do princípio ao fim," disse Nakamura. "Ian Nepomniachtchi foi o melhor jogador mas não foi suficientemente consistente."

null

Nakamura pensou que o GM Ian Nepomniachtchi só teve falta de consistência. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Antes desta partida, Kasparov mostrou boa técnica com tempo limitado. Uma rodada anterior ele tinha derrotado Caruana com um tardio floreado de lances rápidos, fazendo dele um triturador de Americanos.

Esta partida teve uma confusão de lances no fim; o vídeo é mais agradável do que observar para a exactidão dos lances.

Caruana hoje nunca conseguiu entrar na rodada e de facto terminou em último lugar entre todos os jogadores com 5,5/18 na blitz.

"Blitz até agora tem sido em altos e baixos mas em geral muito má," disse ele a meio do dia, que só se tornou pior.

Por um momento, um temperamento confiante de determinado regressou a linguagem corporal de Kasparov. Ele iria terminar com uma pontuação equilibrada na blitz. O 9,0/18 foi o quinto melhor entre os jogadores.

Parece que se hoje é de facto o fim do capítulo de torneios com rating de Kasparov, como ele diz ser, que o 13º campeão do mundo tenha a última "palavra" (os seus lances terão de ser principalmente suficientes uma vez que novamente ele não deu entrevistas a imprensa independente durante a semana inteira). 

"Eu lembrei-me antes da minha partida com Dominguez que esta pode ser a minha última Najdorf!" disse ele. "Portanto eu tive de jogar com toda a minha energia."

Aqui está, a sua partida final de Pretas, e talvez a sua melhor:

"Eu fiquei bastante satisfeito de que pelo menos eu tinha terminado com algum estilo."

As citações são todas da sua conversa com o GM Maurice Ashley no programa em direto, onde nós tivemos conhecimento das vissicitudes que resultaram da sua derrota em rápidas para Navara e que ele não tinha conseguido esquecer.

"Eu ainda não consigo imaginar que eu recuperei após a partida com Navara porque... é como um pesadelo," disse Kasparov. "Tenho receio que me vai perseguir para o resto da minha vida...A partida com Navara matou o prazer.

"É uma pena porque eu falei com minha mãe naquela manhã e ela disse, 'Joga uma boa partida.' Eu disse, "Sim, eu vou jogar."

null

O lance do GM David Navara ...Dxc6+ das rápidas pode nunca sair da cabeça do GM Garry Kasparov, não importa quanto ele a espremer. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Durante a gravação do seu vídeo online da MasterClass, onde este repórter esteve presente, Kasparov repetidamente elogiou a influência da sua mãe sobre ele e os seus anos formativos no jogo. É evidente que ela ainda tem um papel no seu xadrez.

Falando da MasterClass, o resumo entoa o dizer da Kasparov: "Não é sobre vencer ou perder, mas é claro que ao fim do dia é sobre vencer ou perder." Claramente, que perder ainda o afeta enormemente.

Durante a semana ele lamentou que os seus lances bons foram demasiado dispersos e não agrupados num esforço sólido.

"Eu não sei o que aconteceu mas em cada partida eu tive um tipo de paralisia. Momentos totalmente cegos...Em tantas partidas eu estive a um só lance de conseguir a vitória.

"Não sei se é a idade, quais quer que sejam as muitas coisas que faço. Talvez seja a vingança da deusa do xadrez: "Tens de estar completamente focado só no xadrez. Não dá para simplesmente sair da aposentadoria, eu jogo mais algumas partidas e voltar. Fazer outras coisas."

Parece que Kasparov irá regressar para essas outras coisas, ou irá ele? A porta foi deixada ligeiramente entreaberta com a sua declaração criptica "se" para Ashley:

"É pressão demais. É demais, estudar também as aberturas, talvez se nós podermos eliminar a teoria de aberturas, então eu possa jogar. Tens de te lembrar de tudo e eles têm tanto treino. É uma enorme desvantagem. Eu estava a aprender bastante. Se eu puder usar esta experiência e jogar  de novo, eu provavelmente iria ter melhor resultados."

null

Quando iremos de novo ver esta expressão  No próximo ano? 2029? Nunca outra vez? | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Kasparov disse que o seu regresso foi em grande parte para promover o Grand Chess Tour, e ele pensou que deu resultado. O programa em direto anunciou que mais de um milhão de espectadores tinha assistido ao torneio desta semana.

Ainda assim, durante a maior parte da semana Kasparov atravessou e deixou o clube através duma porta traseira e escadas pouco utilizadas. Quando não estava ao tabuleiro, ele foi um fantasma. Quando ele subiu as escadas da sala de transmissão uma última vez, uma divisória de nylon separava-o dos fãs e da imprensa. Ele não reconheceu os fãs ou falou com os repórteres. Kasparov e o seu manager caminharam rapidamente para os escritórios do clube, seguidos rapidamente por uma última porta  fechada.

Ninguém se vai importar se ele a abrir novamente.

null

null

null

Peter Doggers contribuiu para este relatório.


Relatórios anteriores:


Quer receber mais conteúdo de xadrez em Português? Siga estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de FM MikeKlein
Qualificação PRO League: 40 Equipes Competem Por 8 Lugares

Qualificação PRO League: 40 Equipes Competem Por 8 Lugares

Karjakin Faz Música e Nepo É Incinerado nas Quartas de Final do Speed Chess

Karjakin Faz Música e Nepo É Incinerado nas Quartas de Final do Speed Chess