x
Xadrez - Joga e Aprende

Chess.com

GRATUITO - no Google Play

GRÁTIS - na Loja do Windows Phone

VER
Como Podem os Jogadores Mais Velhos Melhorar?

Como Podem os Jogadores Mais Velhos Melhorar?

MELHORAMENTO PARA JOGADORES MAIS VELHOS

O membro jayzorac do Chess.com escreveu:

Eu tenho uma pergunta para ti. Achas que os jogadores "mais velhos' ainda podem melhorar para o nível de especialista ou mestre?

SILMAN: O Sr. jayzorac escreveu um bom bocado sobre a sua história xadrezista (da infância até se tornar um jogador "mais velho"), mas eu gostei realmente do seguinte: "Eu estava no princípio dos meus vinte anos e a recuperar duma lesão futebolista que terminou a minha carreira antes desta começar, e pensei que o xadrez era uma maneira fantástica de continuar a competir com uma chance menor de me lesionar."

Aqui estão alguns artigos que talvez te possam interessar:

Eu também escrevi um par de artigos sobre jogadores mais velhos e se eles são capazes (ou não) de alcançar o nível de mestre. A resposta é SIM, eles conseguem chegar a mestre mas só se eles trabalharem muito, muito aplicadamente (de certo modo isto é verdade para qualquer coisa). 

De qualquer modo, não te esqueças que o xadrez é para te divertires, e o rating não é tão importante. No entanto, se tu queres esse tipo de objetivo fá-lo a pouco e pouco.

Se tu és um 1700, o teu objetivo deve ser 1800, depois 1900, etc. Para além disso, muitos jogadores (na sua juventude) eram bons em táticas mas à medida que envelhecem a sua visão tática não é aquilo que era. Se isso é um problema para ti, tenta adquirir mestria de coisas posicionais, finais, e criar também um repertório de aberturas que verdadeiramente te excite pelo menos 100 pontos de rating mais avançado do que o teu (e está de acordo com as tuas características).

Depois disso, tenta jogar com pessoas (partidas de 30 minutos ou muito mais longas...blitz é muito divertida mas não ajudará a fazer-te um especialista ou mestre).

De novo, chegar a especialista ou mestre é um objetivo muito real. Depois disso o céu é o limite.

Boa sorte!

PODE UM JOGADOR INICIADO DE 14 ANOS TORNAR-SE UM MESTRE?

O membro Z_Farley do chess.com escreveu:

Eu tenho 14 anos e não comecei a jogar xadrez há muito tempo e já estou viciado, eu estou apaixonado. Eu estudo cuidadosa e regularmente. A minha questão para ti é, será possível que eu possa vir a ser um mestre. Será que os meus deveres escolares irão interferir, fazendo impossível que eu progrida rápido academicamente.

SILMAN: Eu acho que tens as coisas de trás para a frente: A primeira coisa que tens de pensar é se os teus estudos serão prejudicados devido ao xadrez. Uma educação é muito mais importante. De facto, em vez de dizer, "será que os meus deveres escolares irão interferir com o xadrez, fazendo impossível um progresso rápido no xadrez?" tu deves dizer, "Será que os meus estudos de xadrez irão interferir com a escola, fazendo impossível um progresso académico rápido?"

null

Em qualquer caso, estudar xadrez está bem e bom, mas tu precisas de criar um plano sério de estudo. As necessidades dum jogador variam de pessoa para pessoa, portanto pode ser uma boa ideia de pedir a um jogador forte para indicar as tuas fraquezas (tu podes pensar que conheces as tuas fraquezas, mas tu podes não as ver de todo) e, se puderes pagar, contrata um professor de xadrez para te ajudar a desenvolver esse plano para ti.

Aqui está uma amostra:

Digamos que o Sr. Roboto é bastante bom em táticas mas tem pouca compreensão posicional. Ele também tem um repertório de aberturas mas na verdade não as compreende (ele pode pensar que as compreende, nas na realidade não). E, ele pode conhecer algumas situações básicas de finais mas o seu conhecimento de finais é bastante fraco. Neste caso, o Sr. Roboto deve comprar um bom livro sobre o meio-jogo (Procura por livros que "te falam." How to Reassess Your Chess 4th Edition pode ou não ser para ti. Em vez de simplesmente agarrar qualquer livro, lê 10 páginas na livraria e, se o estilo de escrita do autor não puser um sorriso no teu rosto, então procura por outra coisa.).

O mesmo se aplica à procura do Sr. Roboto de um bom livro sobre finais. Existe uma tonelada deles, portanto procura autores em quem tu tens confiança e de quem gostas.

Livros de aberturas são um pouco diferentes uma vez que estes podem ser um pouco enfadonhos mas, se o material for bom, frequentemente que vale a pena adquiri-lo! Nem todos conseguem escrever bem, mas se eles são professores fantásticos ou se ele é O especialista numa certa linha, tu podes querer escolher esse livro. O problema é o teu nível. Eu adoro livros de aberturas super-detalhados por grande mestres, mas se tu és um principiante ou mesmo um jogador de 1700, o livro será provavelmente demasiado avançado para ti. Nesse caso, procura por um livro que explica as básicas daquela abertura: estrutura de peões, táticas típicas, padrões, e planos típicos. Uma vez que adquiras mestria de todas essas coisas, compra certamente (se tens estado a salivar há muito tempo por esse livro) aquele livro de aberturas avançado.

Mantem em mente que jogadores de 12 e 13 anos se têm tornado grande mestres. Portanto tornares-te um GM muito provavelmente não irá acontecer. No entanto, tu podes chegar a 2200. E, uma vez que tu és tão jovem e estás de facto apaixonado pelo jogo, trabalho e estudo sérios podem na verdade impelir-te para o ar rarefeito do mestre de xadrez.

QUEM (ou o que) é BB?

O membro bluebeard_39 do Chess.com escreveu:

Só queria perguntar por curiosidade quem é BB.


SILMAN: Um bom número de pessoas levantaram esse assunto uma vez que eu uso muitas das suas partidas. Alguns pensam que BB é o mesmo que "NN." Outra pessoa pensou que eu estaria interessado em pistolas de ar comprimido [BB guns...] (eu detesto todas as armas!). Alguns pensaram que as partidas do BB eram falsas. Infelizmente, a solução é banal: Ele é um estudante meu cujo primeiro nome começa com um "B' e o seu nome de família também começa com "B." Assim, "BB." BB, um homem muito simpático que adora profundamente o xadrez, e tem sido suficientemente simpático para me permitir mostrar as suas piores partidas uma vez que eu as vejo como instrutivas. Portanto, ele está a sacrificar o seu ego em prol dos membros do Chess.com com um rating baixo de modo a que possas evitar as armadilhas em que ele frequentemente cai.

OS MELHORES LIVROS (em Inglês) SOBRE EMANUEL LASKER

O membro BobbyTalparov do Chess.com escreveu:

Eu sei que tu és um fã de Emanuel Lasker, portanto eu gostaria de saber se sabes de algum livro das suas partidas anotadas -- algo como o livro sobre Fischer "60 Memorable Games," Bronstein's "Zurich 1953," ou mesmo a série Move by Move. Tenho vindo à procura, mas não encontrei nada para esse efeito.

SILMAN: Colocando de parte os velhos livros instrutivos de Lasker (Lasker’s Manual of Chess por exemplo), e colocando de parte livros que não são em Inglês, e colocando de parte livros que eu não li, eu posso recomendar três livros muito bons sobre Lasker (e todos os três oferecem muitas das suas partidas):


1. EMANUEL LASKERTHE LIFE OF A CHESS MASTER por Dr. J .Hannak

Embora bastante velho, é uma leitura interessante sobre a vida de Lasker. (Eu li-o três vezes...quando eu era um miúdo, a meio dos meus vintes, e há um par de anos atrás.). No entanto, existem livros relativamente recentes sobre Lasker.

null

2 . WHY LASKER MATTERS por Andrew Soltis é muito bom e a edição da Kindle custa somente $9.99. Eu gosto bastante da introdução de Soltis:

"O maior dos campeões foi, é claro, Emanuel Lasker.” - Mikhail Tal
“Emanuel Lasker … foi um jogador de café." - Bobby Fischer

"A ideia da arte no xadrez é impensável sem Emanuel Lasker.” Alexander Alekhine
“O meu herói no xadrez.” - Viktor Korchnoi
“A qualidade das partidas (partidas do século 19 … elas são horríveis . Mesmo Steinitz - Zukertort, Steinitz - Lasker (suspira).” - Garry Kasparov.

Emanuel Lasker é uma controvérsia. Mas ele é também um mistério: Como pode alguém que jogou tantos lances profundos e ainda assim tantos "segundo-melhores" lances tornar-se campeão do mundo? E como pode alguém que jogou tantas partidas enfadonhas e também tantas partidas brilhantes - em resumo, tanto mau xadrez assim como um xadrez fantástico - ter permanecido campeão por um recorde de 27 anos?"

A resposta que vem à mente de muitos jogadores jovens é de que algumas estrelas da era de Lasker seriam, bem, não melhores do que meros mestres hoje em dia. Há alguma evidência para apoiar esta ideia. O nível de jogo, particularmente na defesa, era baixo quando Lasker começou a jogar, e a técnica de finais era irregular, para dizer o mínimo. Mas os oponentes de Lasker incluíram Alexander Alekhine, Mikhail Botvinnik, Max Euwe, Jose Capablanca, Akiba Rubinstein, Yefim Bogolyubov, Richard Reti, Frank Marshall e Siebert Tarrasch. Eles eram muito mais do que meros mestres, para dizer o mínimo. E o seu recorde total contra o grupo é uma grande pontuação positiva.

Embora Soltis nos dê um pouco de material biográfico, este livro é realmente sobre as partidas de Lasker.

3. EMANUEL LASKER: SECOND WORLD CHESS CHAMPION por Isaak Linder ($23.09 em papel, e $9.99 Kindle). Gosto extremamente deste livro. De facto, este tornou-se o meu livro favorito sobre Lasker. O livro inclui muitos pormenores sobre a vida de Lasker, a sua infância e família, o seu trabalho na Matemática e Filosofia, as tabelas de torneios, e muitas partidas anotadas, fotos, discussões sobre os seus oponentes, e muito, muito mais.

Eu tenho todos os três livros, e se tu és um fã de Lasker tu deves tê-los todos também. Mas se tiveres de escolher um, então eu recomendo o de Linder.


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez

Online Agora