Sobre trapaça no xadrez online
Você tem alguma pergunta sobre trapaça no xadrez? Nós temos as respostas!

Sobre trapaça no xadrez online‎

CHESScom
CHESScom
|
264 | Ajuda do Chess.com

A trapaça, infelizmente, se tornou um hábito bastante comum no xadrez online. Muitas plataformas, incluindo o Chess.com, têm que lidar com esse problema diariamente. Além disso, muitos vídeos circulam na Internet onde você pode ver os melhores jogadores do mundo frequentemente se deparando com oponentes que usam engine durante as partidas.

Embora o fair play INCLUA inúmeras formas de abuso, incluindo sandbagging (diminuir deliberadamente o rating) e a criação de várias contas, este artigo trata principalmente da forma mais comum de trapaça, o uso de engine.

O Chess.com fecha mais de 500 contas diariamente devido a trapaças e até 6% das reclamações feitas por usuários em nossa plataforma estão relacionadas a esse problema. Combater o jogo sujo é uma tarefa árdua e cara que piora a experiência dos usuários e funcionários do Chess.com. Como empresa, estamos determinados a vencer essa batalha, mas precisamos da sua ajuda para isso, porque acreditamos que uma comunidade bem informada pode combater melhor as trapaças no xadrez. Para esse fim, respondemos as perguntas mais comuns sobre trapaça neste artigo. Se você quiser saber mais, leia nosso artigo sobre as políticas de fair play do Chess.com.

O Chess.com fechou mais de 400.000 contas.

Desde a criação do Chess.com (até 18 de agosto de 2020), fechamos quase meio milhão de contas por trapaça! Nossas projeções preveem que atingiremos 500.000 contas fechadas até fevereiro de 2021 e um milhão de contas até meados de 2023.

Atualmente, estamos com uma média de mais de 500 contas fechadas por dia apenas por uso de engine e mais 120 contas fechadas por outros motivos, entre eles por causa de sandbagging e manipulação de rating.

O número de contas fechadas dobrou desde o início da pandemia do Covid-19. Outras 18.000 devem ser fechadas apenas em agosto de 2020.

Esses dados nos levam às seguintes conclusões:

  1. Trapacear se tornou muito comum no dia a dia.
  2. O Chess.com está agindo severamente contra isso!

Destas contas fechadas, quase 400 eram de jogadores titulados.

Embora pareça que jogadores titulados não precisam trapacear, a triste realidade nos mostra o contrário!

Dos trapaceiros que detectamos até o momento, 46 (12,6%) são grandes mestres, oito deles (17,4%) tinham rating acima de 2600. 80 (22%) são mestres internacionais e 118 (32,4%) são mestres FIDE. 95,43% eram do sexo masculino e 4,57% do feminino.

Bans per Title

Alguns dos jogadores, cujas contas foram fechadas, até nos deixaram confissões por escrito mostrando seu arrependimento. Você ficará surpreso ao saber que alguns deles estão entre os 100 melhores do mundo!

A maioria das contas são fechadas automaticamente.

Para garantir uma experiência satisfatória para os nossos usuários, a maioria das contas (72,6% no mês passado) são encerradas sem a necessidade de um membro da nossa equipe analisar cada caso específico. A revisão humana leva tempo, o que é ruim para a nossa comunidade, porque levará mais tempo para que os trapaceiros sejam banidos.

Implementamos um sistema que detecta casos suspeitos com base em uma série de fatores e, em seguida, fecha automaticamente as contas relevantes. Infelizmente, como os trapaceiros também estão lendo este artigo, não podemos entrar em mais detalhes sobre isso!

O fechamento automático de contas aumentou consideravelmente nos últimos meses, assim como o número de membros no site.

3/4 das contas fechadas são feitas automaticamente.

Também configuramos a detecção automática de sandbagging que avisa o membro primeiro e, se o aviso for ignorado, fecha a conta. Desta forma, 250 membros são avisados ​​por dia e 120 contas são encerradas.

O Chess.com conta com 16 membros na equipe anti-trapaça. 

O Chess.com se dedica a preservar a integridade do jogo. Para esse fim, investimos centenas de milhares de dólares no combate à trapaça todos os anos.

Nossa equipe tem seis analistas, cinco membros da equipe de tecnologia, dois grandes mestres e três mestres internacionais que trabalham na detecção e confirmação de casos de trapaça. Muitos outros funcionários, incluindo os de eventos e as equipes de suporte, também ajudam a proteger o jogo.

Você provavelmente conhece um trapaceiro também.

Muitos jogadores de xadrez acreditam que a porcentagem de trapaceiros é relativamente baixa em comparação com aqueles que respeitam o fair play. A triste verdade é que, como membros da comunidade, podemos dizer que vários de nossos colegas de clube e amigos do xadrez tiveram suas contas fechadas por trapacear. Se você conhece muitos jogadores da sua região, estatisticamente, você provavelmente também conhece alguém que teve a conta fechada.

Qualquer um pode denunciar os trapaceiros; todas as denúncias são analisadas.

Qualquer usuário do Chess.com pode denunciar um membro por trapacear. Cada vez que recebemos uma denúncia, fazemos uma revisão das partidas mais recentes do membro em questão, o que pode resultar no fechamento automático da conta nos casos mais óbvios ou em uma análise mais detalhada por nossa equipe anti-trapaça se o caso for mais complexo.

Se você tiver informações adicionais sobre uma suspeita de trapaça (como a suspeita de que o membro trapaceou apenas em um evento específico), forneça essas informações. Isso pode nos ajudar a esclarecer o caso.

Freqüentemente, recebemos reclamações sobre usuários que trapacearam, mas suas contas ainda estão ativas. Por diferentes razões (no caso de menores, por exemplo), o Chess.com pode decidir encerrar algumas contas de forma privada.

Uma porcentagem alta de precisão não é o mesmo que trapacear. 

O Chess.com recebe regularmente reclamações sobre usuários com uma taxa de precisão muito alta em uma partida específica. Estamos muito felizes que a nossa ferramenta de relatório de partida esteja sendo usada, mas os valores de precisão fornecidos não fazem parte da nossa detecção de trapaça e não devem ser tomados como evidência para tal. Mesmo os iniciantes podem atingir valores de precisão muito altos se o seu oponente cometer um erro grave no início e a posição for muito fácil de jogar.

Podemos garantir que ficaremos muito desconfiados se um iniciante atingir uma precisão de 99% contra um grande mestre... No entanto, em geral, a precisão NÃO é evidência de trapaça.

Os métodos do Chess.com são eficazes.

Nossos algoritmos foram aprovados por um estatístico da Universidade de Harvard, Natesh S. Pillai, que confirmou em 2016 que nosso sistema funciona exatamente como planejamos. Além disso, compartilhamos nossos métodos com fortes jogadores titulados (alguns deles entre os 20 melhores do mundo) e diretores de torneios. Em 3 de junho de 2020, recebemos a aprovação total da Federação de Xadrez dos Estados Unidos, cujo comitê de especialistas em estatística avaliou a eficácia do nosso sistema.

O Chess.com usa uma ampla variedade de evidências para detectar trapaças. Não apenas observamos atentamente o nível do jogador, mas também consideramos vários fatores comportamentais e dados adicionais sobre as contas dos membros. Claro, nossos métodos são estritamente confidenciais, já que revelá-los só ajudaria os trapaceiros. No entanto, podemos dizer que nossos métodos levam em consideração um grande número de variáveis ​​e são muito mais sofisticados em comparação com ferramentas de terceiros.

Além disso, o Chess.com age para impedir a trapaça sempre que possível. Os jogadores em eventos oficiais devem ter uma webcam, compartilhar a tela do computador e fornecer uma visão de 360º do ambiente em que ele esteja. Às vezes, os jogadores têm até a presença de árbitros no local.

O Chess.com nunca discutirá casos publicamente.

Isso nunca vai acontecer. Então nem precisa perguntar 

O banimento permanente às vezes é impossível.

Além de fechar contas, o Chess.com pode e implementa bloqueios de IP e de hardware para evitar a criação de novas contas, mas esses métodos são limitados tecnologicamente. A maioria dos jogadores que bloqueamos não retorna, mas alguns trapaceiros experientes são capazes de contornar esses métodos em nosso site ou em qualquer outro site.

Nunca fechamos uma conta só porque um jogador forte solicita.

Mesmo que o fantasma de Bobby Fischer aparecesse e declarasse que um membro do Chess.com estava trapaceando, não fecharíamos esta conta. A menos que nossa equipe de fair play confirme que isso é verdade.

Falsos positivos.

Não há nada pior do que fechar a conta de um jogador inocente. Ao mesmo tempo, entretanto, a comunidade do xadrez exige ação decisiva e respostas fortes à trapaça. Isso torna nosso trabalho muito difícil. O primeiro ponto é que a taxa de falsos positivos detectados por nosso algoritmo é intencional. Se definirmos um limite extremamente alto nas evidências necessárias para agir, praticamente nunca fecharemos uma conta da maneira errada, mas permitiremos que milhares de trapaceiros mantenham suas contas. Se definirmos um padrão baixo de evidência, pegaremos quase todos os trapaceiros, mas também fecharemos por engano as contas de muitos jogadores inocentes. É por isso que estamos agindo para encontrar o equilíbrio necessário, fechando as contas de quem trapaceia rapidamente, mas com o mínimo de falsos positivos possível.

Do número total de reclamações que recebemos, cerca de 0,03% são rejeitadas. No mês de agosto, estimamos que cerca de 5 ou 6 casos de um total de 18.000 possam ser indeferidos por falta de provas.

O Chess.com está disposto a defender suas decisões em tribunal, se necessário, portanto, apesar das ameaças de tomar medidas legais contra nós que recebemos todos os meses, não nos sentimos intimidados.

O que eu posso fazer?

O Chess.com PRECISA do seu apoio para combater a trapaça no xadrez. Mesmo se o Chess.com pegasse todos os trapaceiros em 24 horas, trapacear ainda seria um grande problema. Queremos EVITAR a trapaça, não puni-la.

Quer você seja pai, treinador, organizador ou membro de um clube, você pode dar uma grande contribuição simplesmente informando os outros sobre a grande inconveniência que a trapaça representa para o nosso jogo. No caso particular do xadrez escolar, percebemos que o simples apoio de pais e treinadores pode ajudar muito a desencorajar os jogadores de xadrez mais jovens que sejam tentados a agir de maneira inadequada.

Mas acima de tudo, não desanime! Estamos melhorando em pegar os trapaceiros! Os trapaceiros não estão melhorando nas trapaças 


Vídeos sobre o assunto

Mais de CHESScom
Speed Chess Championship 2020

Speed Chess Championship 2020

Junior Speed Chess Championship 2020

Junior Speed Chess Championship 2020