Combinações gêmeas

Combinações gêmeas

GMKrikor
GM GMKrikor
29/07/2017, 07:50 |
0

Foto: Marabá, 2016 

Um dia desses, perambulando pelo facebook, vi um post do MI argentino Benjamin Mela (que produz muitos vídeos de análises em espanhol e faz cobertura de eventos para a federação argentina) de uma partida bem antiga com uma combinação bonita, entre o esloveno Bruno Parma e o argentino Carlos Bielicki, válida pelo Campeonato Mundial juvenil (sub-20) daquele ano, torneio vencido pelo jogador sul-americano! Você sabia que a América latina possui 6 títulos de mundiais juvenis? (lista completa)

  • Oscar Panno (Argentina), 1952
  • Carlos Bielicki (Argentina), 1959
  • Walter Arencibia (Cuba), 1986
  • Pablo Zarnicki (Argentina), 1992
  • Lázaro Bruzon (Cuba), 2000
  • Deysi Cori (Peru), 2011

Mas voltando à partida, o diagrama que eu vi mostrava a seguinte posição que permitiu um belo arremate das pretas:

E na hora lembrei de uma combinação minha muito parecida, jogada em 2016, contra o MI uruguaio Luis Rodi, no agradável Aberto de Marabá, em sua 3ª edição. Abaixo coloquei apenas o momento decisivo, fiquem à vontade para ver a partida completa (sacrifiquei um peão na abertura, perdi a iniciativa e fiquei mal. Surgiu a chance do golpe e deu certo happy.png)

Nesse caso, eu não conhecia a outra partida, o que comprova que não é obrigatório saber todos os temas e exemplos pra fazer boas combinações. Mas ajuda muito ter o maior número de padrões na cabeça. Isso é criado vendo partidas, e fazendo muitos exercícios de tática. Um livro bom dividido por temas é de autoria do russo Maxim Blokh (link na amazon.com). É importante lembrar que APENAS o treino de exercícios táticos não é suficiente para desenvolver o jogo como um todo e nem mesmo a visão tática por cmpleto. Considero muito útil ter sempre o hábito de ver partidas dos grandes jogadores, para entender como se 'chega' nessas posições onde surgem as combinações, ou também como conduzir após conseguir uma vantagem material, por exemplo.