Carlsen Ainda Lidera em Paris, Nakamura Logo Atras

Carlsen Ainda Lidera em Paris, Nakamura Logo Atras

Magnus Carlsen ainda lidera o Paris Grand Chess Tour mas, com mais um dia para jogar, Hikaru Nakamura está a somente a um ponto atrás. O GM Americano foi o melhor jogador de blitz no Sábado, pontuando 7/9.

Carlsen e Nakamura empataram hoje a sua partida mútua. | Foto: Maria Emelianova.

A nossa entrevista com Magnus Carlsen após nove rodadas de blitz.

Depois de uma tarde tumultuosa, em que a entrevista de Carlsen com Maurice Ashley foi o falatório nas redes sociais, o torneio viu outra pequena controvérsia no próximo dia.

No Sábado houve um pequeno programa matinal para os jogadores, que foram conduzidos ao Château d'Asnières (a 25-minutos de carro a norte do hotel) onde eles se encontraram com cerca de 100 crianças e as suas famílias.

Foi uma manhã bastante descontraída na verdade, sem quaisquer atividades obrigatórias. As estrelas do xadrez deram autógrafos, tiraram 'selfies' com os garotos e jogaram uma partida ocasional com uma pessoa ou outra. Isso durou cerca de 45 minutos, ao que se se seguiu um ligeiro almoço. A atividade inteira durou cerca de duas horas.

null

Os jogadores de xadrez e os jovens fãs no Château d'Asnières. | Foto: Maria Emelianova.

Se este tipo de atividade deva ser organizada num dia de jogo é outro assunto (Não é obviamente ideal para os jogadores) mas uma coisa ficou clara: os garotos adoraram.

Então qual foi a controvérsia? Bem, o facto de Carlsen não ter estado presente.

Uma das pessoas "gostando" deste tweet no Twitter foi de facto, Nakamura. É bem sabido no círculo interior que alguns dos colegas de Carlsen sentem que ele por vezes recebe tratamento especial nos torneios. Isso poderá ser verdade, mas neste caso, houve mais nesta história.

Carlsen estava afligido por uma dor no pescoço e alguns problemas de costas e na verdade precisava de descanso. A sua equipa solicitou também um cadeira especial para as partidas, o que foi concedido.

null

Carlsen descansando numa cadeira mais alta do que as outras. | Foto: Maria Emelianova.

Tudo isto não impediu Carlsen de descolar rapidamente. Ele derrotou primeiro Caruana numa partida que fez o comentador GM Yasser Seirawan gracejar: "Pode-se chamar a esta [partida] uma fácil? [em referência à entrevista do dia anterior]

Depois ele venceu também de peças pretas contra Bacrot, de uma posição em que o Francês estava basicamente a jogar somente para dois resultados. Mas depois as mesas inverteram-se quando o rei preto foi agradavelmente centralizado.



Entretanto, o perseguidor veloz Grischuk baixou 1,5 pontos nas suas primeiras duas rodadas. Ele sofreu uma derrota inesperada para Topalov, que disse mais tarde: " Ele entrou em pânico por ter ficado sem tempo. O Alexander é um dos maiores se não o melhor jogador de blitz mas ele também gosta de jogar com muito pouco tempo e por vezes isso é simplesmente um erro."

Nesta rodada, Sissa esteve finalmente do lado de Caruana. Desta vez foi ele que conseguiu arrancar uma vitória duma posição perdida vs Karjakin:

null

O jogador Francês de râguebi Sébastien Chabal pagou uma visita e jogou uma partida

com o árbitro ... | Foto: Maria Emelianova.

null

...por isso Topalov, sempre bem disposto hoje em dia, aproveitou a oportunidade... | Foto: Maria Emelianova.

null

...de atrair alguma atenção e brincou: "Vou jogar de olhos tapados!" | Foto: Maria Emelianova.

Caruana precisou aparentemente de três dias para aquecer porque agora ele bateu também MVL (e de novo a partir de uma posição virtualmente perdida). "Eu não sei se já se pode chamar a isto uma reviravolta. Penso que eu merecia vencer pelo menos uma partida entre estas 27!" Eventualmente ele iria pontuar 6/9, tal como Carlsen e MVL!

null

Talvez Caruana precisasse somente de ser lembrado da sua vitória na 2014 Sinquefield Cup victory para fazer hoje bastante melhor.
Aqui ele está a posar na exibição do World Hall of Fame Exhibition no Château d'Asnières. | Foto: Maria Emelianova.

Entretanto, Carlsen também continuou a vencer. Ele derrotou Topalov "facilmente" com aquela abertura popular hoje em dia: 1.d4, 2.Bf4.

null

Carlsen bateu Topalov, e Grischuk presencia. | Foto Maria Emelianova.

Nessa altura Grischuk e Nakamura estavam três pontos atrás. Este último mencionou que Carlsen tinha jogado com os jogadores menos cotados, mas ainda tinha de defrontar Grischuk e MVL. "Ele fez aquilo que lhe competia."

Isso foi depois de Nakamura ter batido So. "Wesley está simplesmente a ter um mau torneio", disse ele.

Até que ponto tem sido um mau torneio? Bem, So venceu as suas primeiras partidas de rápidas, mas nas suas 16 partidas seguintes, ele não conseguiu outra vitória. Tem sido mesmo mau.

Carlsen moveu-se de seguida para 4/4 com uma vitória surpreendentemente fácil sobre Mamedyarov com as peças pretas. Deu tudo errado muito cedo com aquele lance estranho de dama para c2, e o jogador do Azerbaijão não teve hipótese.

Ashley, talvez a tentar compensar pelo dia anterior: "Neste momento Magnus domina. Ele é o epítome de suave."

null

Carlsen foi para 4/4 sem esforço. | Foto: Maria Emelianova.

Grischuk descaiu meio-ponto mais quando empatou com So. Nakamura manteve no entanto a diferença em três pontos quando ele colocou um fim temporário ao renascimento de Caruana.

Mas então chegou o ponto de viragem. Enquanto Carlsen estava numa classe a parte até esta altura, subitamente tudo mudou contra Grischuk.

Carlsen foi "demasiado fraco demasiado lento" e perdeu por tempo. Para mais, na fase final, ele derrubou algumas peças e ajustou-as no tempo de Grischuk.

null

Carlsen-Grischuk foi de certo modo um desempenho desastrado pelo campeão do mundo. | Foto: Maria Emelianova.

Curiosamente, esta situação foi abordada em particular na reunião de jogadores. Derrubar peças e ajustá-las depois de carregar no relógio não é permitido, mas os regulamentos da FIDE não descrevem um castigo específico. Depende do árbitro.

Em Paris, o árbitro tinha informado os jogadores previamente que, se o oponente tivesse 20 segundos ou menos no relógio, ele podia parar o relógio e reivindicar a vitória. Ele na realidade recordou a todos disto no início da blitz, principalmente porque Carlsen não tinha participado na reunião de jogadores.

null

O árbitro principal Stephane Escafre concordou com um castigo que poucos jogadores vão querer utilizar. | Foto: Maria Emelianova.

Grischuk podia ter reivindicado uma vitória duas vezes, mas não o fez. Carlsen esgotou o tempo no lance 84, embora Grischuk não o tenha visto até dois lances depois! Os jogadores olharam por um momento para o árbitro, mas ele teve de declarar a partida como vencida por Grischuk uma vez que um bispo preto é teoricamente ainda capaz de dar mate.

null

O início da rodada cinco da blitz, ou rodada 14 do torneio. | Foto: Maria Emelianova.

Agora foi a vez de nakamura de fazer "o que lhe competia" ao bater um dos jogadores menos cotados. Ele portanto diminuíu a diferença com Carlsen para dois pontos.

null

Apos concluírem a sua partida, os jogadores tiveram tendência a ficar no salão de jogos a assistir aos outros. | Foto: Maria Emelianova.

No entanto, na partida seguinte, ele não conseguiu bater Topalov. Bastante decepcionado com aquele empate, ele assistiu à conclusão de Carlsen-Karjakin. Nakamura não teve razões de queixa uma vez que Carlsen perdeu a oportunidade de vencer no final de torre:

Para além de Carlsen, Nakamura e Grischuk, os outros dois pretendentes principais eram Mamedyarov e MVL. Eles jogaram uma partida de blitz verdadeiramente louca que começou da mesma maneira que a sua partida rápida dois dias antes, mas desta vez o jogador Francês reagiu muito melhor.

E ele sabia também da infame entrevista! "Tu podes dizer que a minha vitória não foi suave e eu não me vou irritar com isso!" disse ele a Maurice Ashley. 

Nakamura conseguiu uma vitória esmagadora sobre Mamedyarov e portanto manteve a pressão sobre o líder.

De facto, foi nesta rodada que Nakamura diminuíu a diferença para somente um ponto, na medida em que Carlsen perdeu para MVL. Depois de perder a oportunidade de vencer ele subitamente foi superado no final por um firme e regular Vachier-Lagrave.

"Parece que há qualquer coisa de errado com Magnus uma vez que ele perdeu por tempo," disse o comentador Romain Edouard. "Antes daquela partida ele estava a jogar como uma máquina."

null

Alguma mágica de finais por MVL. | Foto: Maria Emelianova.

Só dificilmente haveria uma melhor altura para assistir a Carlsen e Nakamura a defrontarem-se. Com uma vitória Nakamura podia alcançar o líder enquanto que MVL estava só dois pontos atrás, e Grischuk dois e meio.

A partida foi o tipo de batalha dura que podias esperar, com ambos os jogadores a certa altura a jogar para uma vitória.

null

As expressões faciais de Nakamura durante a partida. | Foto: Maria Emelianova.

Antes da blitz, Nakamura tinha publicado no Facebook que se tinha registado para a sua primeira meia-maratona. Ele decidiu ir para a distância longa não jogando 82...Ce6 (como foi sugerido por Seirawan) mas escolhendo mais alguma tortura, e na verdade a partida esteve ganha pelas Brancas por um momento.

null

Um empate longo e difícil em Carlsen-Nakamura. | Foto: Maria Emelianova.

A situação na cimeira da tabela não mudou muito na útima rodada de Sábado, com ambos os líderes vencendo as suas partidas. Nakamura teve sucesso com duas torres contra três peças menores de Karjakin. 


Carlsen teve alguma sorte em obter um ponto completo contra So:

null

Uma vitória bem-vinda na última rodada manteve Carlsen à frente de Nakamura. | Foto: Maria Emelianova.

"Basicamente eu estava a jogar um pouco lentamente desde o início. Foi só na partida com Grischuk que eu fui castigado," disse Carlsen numa entrevista com o Chess.com (no topo deste artigo). "Depois, o próximo par de partidas foram também razoáveis até um certo ponto mas depois eu fui-me de novo abaixo em dificuldades de tempo contra Maxime."

"Claramente que o último par de partidas foram só lixo. Eu estava exausto e só queria jogar depressa. Na última partida eu nem sequer quis saber da qualidade; foi só jogar depressa. Felizmente, que eu o consegui fazer."

Paris Grand Chess Tour | Blitz, Classificações da Rodada 9

# Fed Name Rtg Perf 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 Pts SB
1 Nakamura,Hikaru 2792 2990 1 ½ ½ 1 ½ ½ 1 1 1 7.0/9
2 Caruana,Fabiano 2782 2894 0 0 1 1 ½ 1 1 ½ 1 6.0/9 22.75
3 Carlsen,Magnus 2851 2886 ½ 1 0 ½ 0 1 1 1 1 6.0/9 22.25
4 Vachier-Lagrave,Maxime 2783 2894 ½ 0 1 0 ½ 1 1 1 1 6.0/9 21.75
5 Karjakin,Sergey 2776 2853 0 0 ½ 1 1 ½ ½ 1 1 5.5/9
6 Grischuk,Alexander 2779 2775 ½ ½ 1 ½ 0 0 ½ 1 ½ 4.5/9
7 Topalov,Veselin 2725 2702 ½ 0 0 0 ½ 1 ½ ½ ½ 3.5/9
8 Mamedyarov,Shakhriyar 2784 2654 0 0 0 0 ½ ½ ½ 1 ½ 3.0/9
9 Bacrot,Etienne 2688 2567 0 ½ 0 0 0 0 ½ 0 1 2.0/9
10 So,Wesley 2789 2494 0 0 0 0 0 ½ ½ ½ 0 1.5/9

Paris Grand Chess Tour | Classificações Gerais (Rodada 18)

# Fed Name Rtg Perf Pts
1 Carlsen,Magnus 2851 2932 20
2 Nakamura,Hikaru 2792 2938 19
3 Grischuk,Alexander 2779 2852 17,5
4 Vachier-Lagrave,Maxime 2783 2873 17
5 Mamedyarov,Shakhriyar 2784 2755 14
6 Karjakin,Sergey 2776 2794 13,5
7 So,Wesley 2789 2653 10,5
8 Caruana,Fabiano 2782 2716 9
9 Topalov,Veselin 2725 2661 8,5
10 Bacrot,Etienne 2688 2567 6

Note that for these tables the ratings of the Grand Chess Tour's
Universal Rating System have been used.


Relatórios Anteriores:


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de PeterDoggers
Carlsen Vence Campeonato Mundial de Xadrez 2018 em Playoff

Carlsen Vence Campeonato Mundial de Xadrez 2018 em Playoff

Mundial de Xadrez Partida 11: Boa Preparação Dá a Caruana Um Empate Fácil em Petroff

Mundial de Xadrez Partida 11: Boa Preparação Dá a Caruana Um Empate Fácil em Petroff