Mundial de Xadrez Partida 10: Série de Empates Continua Apesar de Partida Louca
Ator Tom Hollander jogou o primeiro lance mas não conseguiu oferecer a qualquer dos jogadores nenhumas "linhas" vencedoras. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Mundial de Xadrez Partida 10: Série de Empates Continua Apesar de Partida Louca

No filme Children of Men, o Reino Unido passa 20 anos sem ninguém ser capaz de conceber uma criança. Até agora no campeonato mundial de xadrez de 2018, Londres tem tido uma escassez semelhante. Duas semanas jogadas, e ninguém tem sido capaz de fazer nascer uma vitória.

Ainda não houve nenhuma revolta dos fãs de xadrez, mas existe frustração. E isso é decerto partilhado pelos jogadores. Exatamente cinco anos depois dele se tornar campeão do mundo, Magnus Carlsen encontra a sua defesa do título estagnada contra Fabiano Caruana.

Um grupo de excepção que está certamente contente com o empate de hoje: aqueles que têm ingressos para a rodada 12. O confronto está agora garantido de durar as doze partidas, e talvez mais além.

Magnus Carlsen Fabiano Caruana

Os peões-b foram hoje as estrelas na rodada 10. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Hoje, não se pode dizer que os jogadores não tentaram. De facto todos os três resultados foram possíveis no fim do meio-jogo, na medida que Carlsen decidiu negligenciar a sua ala de dama inteira para jogar com um "verdadeiro homem das cavernas" no seu ataque contra Caruana.

Hikaru Nakamura usou aquele termo enquanto dizia, "Eu não estou a ver como é que isto pode possivelmente ser empatado." Bom, isso é exatamente como as coisas têm corrido neste confronto—os jogadores acharam uma maneira.

Eles estenderam agora a histórica série ignominiosa ao empatar as primeiras 10 partidas do encontro do título. A pontuação está em 5,0-5,0 e cada jogador permanece com mais uma oportunidade de Brancas em xadrez clássico. Sexta-feira é um dia de descanso portanto Carlsen irá primeiro na partida 11 no Sábado.

A partida de hoje foi a primeira vez que um jogador Americano jogou num confronto do campeonato mundial de xadrez no dia de Acção de Graças. Mas num dia em que a maior parte dos Estados Unidos se descontrai e come, os jogadores evitaram quaisquer comidas ricas em tryptophan e jogaram um xadrez energético, e intransigente. Não houveram nenhuns perus na sala de jogo enquanto ambos os lados arriscavam uma catástrofe potencial.

Magnus Carlsen

O campeão entra na arena. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

"Este é o tipo de jogo que eu esperava desta linha," disse Caruana. A variante em questão foi uma reprise da partida oito. Embora ele tenha obtido uma vantagem na sua última vez de Brancas, foi o pretendente quem mesmo assim se desviou primeiro. O seu 12. b4!? representou outra surpresa, e no lance do mesmo número de alguns dias atrás. Esta foi também a sua segunda vez de Brancas em que ele jogou o mesmo avanço de peão inesperadamente (uma vez este veio duma Rossolimo).

"Quero dizer, esta é muito, muito como uma espada de dois gumes, com ambos os lados tomando riscos," disse Caruana sobre as complicações resultantes. "As Pretas tomam alguns riscos muito visíveis porque ele compromete-se num ataque em que investe totalmente. E é claro, eu estou a ser atacado, portanto eu posso potencialmente apanhar mate."

Carlsen disse à televisão Norueguesa que ele teve bastante receio de perder hoje a partida.

A partida encantou campeões mundiais passados:

  • Hou Yifan: "A equipa de Fabiano está realmente confiante na sua preparação, especialmente na Siciliana."
  • Garry Kasparov, comentando para o Saint Louis Chess Club sobre a possibilidade da ideia chave de Carlsen de 21...b5, que procurava trocar de torres e assim remover um defensor de f3: "Se ele o conseguir fazer ele merece permanecer como campeão mundial."
  • Viswanathan Anand: "Esta não é fácil para mim de avaliar. De maneira prática é agradável ter as Pretas...isto pode facilmente ir para qualquer dos lados...A posição é fascinante."

E Carlsen de facto jogou ...b5! O seu raciocínio foi um pouco menos intelectual, e um pouco mais gusto: "Eu pensei durante tanto tempo e eu não tinha a certeza mas eu pensei vou jogar mesmo assim e aumentar a parada ainda mais. Tu ou vences a partida, ou apanhas mate," disse ele.

Para além disso, ele pensou que se jogasse uma alternativa como 21...Rh8, ele ainda teria em breve de pensar longamente depois disso. Porque não começar imediatamente?

Magnus Carlsen

O curativo de Carlsen está mais escasso, mas assim estão também as suas chances de defender o seu título em período regulamentar. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Carlsen também reconheceu que o avanço foi baseado em parte nos resultados intratáveis do confronto, em que nenhum dos jogadores consegue aparentemente evitar de dividir o ponto.

"Isto foi em parte baseado na situação do confronto," disse Carlsen. "Eu pensei que seria, ainda que eu tivesse menos tempo nesta altura, eu pensei que seria muito desagradável de enfrentar, mas eu não o fiz baseado unicamente em psicologia, é claro."

Kasparov pensou que aquele tipo de lance, onde o confusão resultante não poderia ser possivelmente controlada ou calculada, estava fora do estilo de ambos os jogadores.

"Eles preferem jogar um tipo diferente de xadrez," disse ele. "Quando eles têm de jogar posições que  não estão dentro do seu estilo, isso requere tempo (extra). E tu tens de levar em conta a pressão do xadrez de um campeonato mundial."

Magnus Carlsen

Carlsen reage às variantes pós-partida.| Foto: Mike Klein/Chess.com.

"Eu penso que há uma boa probabilidade de Fabiano não o ter visto," disse Hikaru Nakamura sobre o lance. Caruana afastou essa ideia.

"Quando eu decidi jogar Ta3 eu estava à procura deste tipo de coisa," disse Caruana. "Eu pensei que ...b5, Cb6 seria mau para as Pretas e foi por isso que eu antecipava ...Rh8." Ele disse que passar a vez teria colocado a responsabilidade sobre as Brancas uma vez que "muitos dos meus lances têm problemas." Eventualmente, Caruana concordou que mover o peão-b não foi "provavelmente a escolha certa."

A partir daí Caruana teve várias crises para resolver. Deveria ele tomar o peão en passant, ou alguns lances mais tarde, com o seu bispo? Com quanto é que ele se poderia safar na ala de dama e evitar um colapso sobre o seu próprio rei?

Por fim ele decidiu não o capturar então, ou mais tarde. (Caruana: "Parecia ser de certo modo guloso.") Em vez disso, estava na altura de procurar um abrigo e de sobreviver a tempestade Norueguesa.

"Quando eu joguei g3, este foi um momento tão difícil porque depois de ...Dg5 eu tenho tantas opções," disse Caruana. "Existia bastante potencial de ataque [pelas Pretas] mas ainda está um pouco lento e eu tenho de decidir como é que eu quero configurar as minhas peças. Eu penso que f3 era provavelmente a melhor maneira de o fazer; quero dizer, depois de ter jogado g3 eu comecei a desejar que tivesse jogado f3."

Fabiano Caruana

Fabiano Caruana projectou muito mais energia na conferência de imprensa pós-partida, ainda que as suas respostas sejam geralmente menos citáveis. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

E até depois dos muitos mates a considerar, ainda havia um final rico de torres a navegar. Esta foi verdadeiramente uma partida com vários capítulos e sequelas—não deixes de dar uma vista de olhos às perigosas táticas que resultam de 35...De2, uma ideia que Caruana viu mas não avaliou completamente (o "único momento estúpido" de acordo com o Americano).

Com uma tal partida massiva com uma miríade de possibilidades, o Chess.com contatou um grande nome para a análise diária: Maxime Vachier-Lagrave. 

Maxime Vachier-Lagrave

Sobre o final, tinha Carlsen visto possibilidades de vitória tangíveis, ou foi um pouco como ontem em que ele pensou que aplicaria uma pressão nominal antes de aquiescer?

"Eu não pensei particularmente que tinha chances reais," disse o campeão. "Eu pensei que tentaria. Infelizmente no momento em que eu joguei 44...Rd4, eu descobri apenas depois de ter jogado o lance que 44...Tb8 era um lance que teria pelo menos passado a vez e não teria sido tão fácil para ele."

Ao contrário de ontem, uma terceiro resultado poderia ter-se insinuado, portanto Carlsen pôs fim à partida um pouco depois. "Eu podia ter perdido a partida no fim," disse Carlsen à televisão Norueguesa.

Queres compreender a complicada partida ainda mais? Alex Yermolinsky precisou de um pouco mais de fita do que o habitual para o seu vídeo de análise pós-partida. Felizmente, que o Chess-com decidiu tornar-se digital há uns anos atrás:

A caminho do final, ambos os jogadores caíram abaixo de um minuto e nenhum deles tinha mais do que uma mão cheia de segundos ao fazer o seu 40º lance.

"Havia uma pequena pressão de tempo certamente," disse Carlsen. "Eu não posso dizer que me tenha sentido calmo de modo nenhum!

Aquela citação foi notável uma vez que esta representou a única vez na conferência de imprensa pós-partida em que ele sorriu. Ao contrário de ontem onde as suas respostas aparentaram alguma irritação, hoje Carlsen pareceu estar simplesmente cansado. Ele olhou na direção da sua equipa (Henrik Carlsen e Peter Heine Nielsen) várias vezes durante a sessão de entrevistas, e enquanto Caruana respondia a uma pergunta, o campeão repousava até a sua cabeça no seu ombro e fechava os seus olhos.

Magnus Carlsen

Se o campeonato mundial de 2014 nos ensinou alguma coisa, é que Carlsen adormece quando quer adormecer (o seu passar pelas brasas durou hoje apenas alguns segundos). | Foto: Mike Klein/Chess.com.

Talvez ele estivesse a cantarolar uma nova canção que apareceu hoje da cantora inspirada pelo xadrez Juga. Ela parece ter dado má sorte aos jogadores uma vez que o seu "Peão Isolado" produziu exatamente zero para eles hoje! Talvez no lado-b daquele álbum ela possa igualmente azarar o duo com uma canção intitulada "Empatar o Dia Inteiro, Empatar a Noite Inteira."

Portanto o que irá Carlsen e a sua equipa conjurar para a sua última vez de Brancas? Ele já experimentou 1. c4, 1. d4, e 1. e4. Recorda que na partida 12 em 2016 ele jogou essencialmente uma não-partida, mas desta vez é diferente porque ele não terá a última palavra com o primeiro lance.

Quanto aos empates todos, nenhum dos jogadores desejava ver a nova ideia de reverter as cores e de jogar novamente, mas Carlsen concordou que a brevidade do confronto estava a influenciar a qualidade do jogo. Com apenas uma dúzia de partidas, quaisquer riscos que derem maus resultados deixariam qualquer dos jogadores numa situação precária. Carlsen disse que ele desejava que os confrontos do campeonato fossem alargados para 16 ou 18 partidas.

Magnus Carlsen

Carlsen conversou brevemente com os oficiais antes da conferência de imprensa começar, mas não haveria uma repetição da sua saída prematura da conferência de imprensa como em 2016. Ele respondeu às perguntas em profundidade ainda mais do que ontem. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Quanto a Caruana, não haverá uma celebração do Dia de Ação de Graças esta noite. E isso não é só porque a sua equipa é composta inteiramente de jogadores que não são Americanos (embora Alejandro Ramirez tenha a cidadania Americana). Isso é simplesmente devido ao seu foco intenso no confronto.

"Ação de Graças para nós é daqui a uma semana," disse o segundo de Caruana Cristian Chirila ao Chess.com. "Nós iremos então festejar!"

Em Children of Men a infertilidade chega a todas as mulheres, mas será o maior palco do xadrez um terreno fértil para as senhoras? A pergunta final para os jogadores veio de um diretor de filmes que queria saber se eles conseguiam até imaginar uma senhora competindo para o mesmo título.

"Neste momento, com o grupo atual de jogadoras, isso é difícil de imaginar," disse Carlsen. "Mas no futuro eu não vejo nenhuma razão para que isso não possa acontecer."

"No futuro isso é possível mas neste momento não parecem haver nenhumas jogadoras, disse Caruana. "Portanto muitas não no meu tempo, mas certamente um dia."

Para acompanhar o confronto, o Chess.com tem uma cobertura extensiva, incluindo relatórios diários da partida em dias de jogo aqui mesmo em Chess.com/news. Podes acompanhar todos os lances em direto no Chess.com/wcc2018 e observar os comentadores mais conhecidos do Chess.com, o IM Danny Rensch e o GM Robert Hess, tanto em Twitch.tv/Chess ou em Chess.com/TV. Convidados especiais, incluindo os GM Hikaru Nakamura, Maxime Vachier-Lagrave, Wesley So, Sam Shankland e outros irão participar na cobertura em direto em dias diferentes.

Em adição, o GM Alex Yermolinsky fará um vídeo de resumo de cada rodada, disponível imediatamente após cada rodada em todas as tuas favoritas plataformas sociais (Twitch, YouTube, Facebook e Chess.com). 

O atual campeão dos EUA o GM Sam Shankland irá oferecer uma analise escrita em profundidade de cada partida nos nossos relatórios.

O GM Yasser Seirawan irá partilhar em vídeo as suas reflexões sobre o resultado do confronto e a técnica e psicologia de como os jogadores abordam cada partida, exclusivo para membros do Chess.com, em cada um dos dias de repouso.


Relatórios anteriores:


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de FM MikeKlein
Artemiev Vence Isolado no Gibraltar Chess Festival

Artemiev Vence Isolado no Gibraltar Chess Festival

Mundial de Xadrez Partida 12: Carlsen Oferece Empate em Melhor Posição para Ir a Tiebreak

Mundial de Xadrez Partida 12: Carlsen Oferece Empate em Melhor Posição para Ir a Tiebreak