Como Aprender Padrões de Xadrez
Os padrões de xadrez são cruciais para vencer.

Como Aprender Padrões de Xadrez

Silman
IM Silman
16/02/2018, 00:00 |
78 | Diversos

O membro do Chess.com Kurniadigautama disse:

“Eu estou presentemente a tentar melhorar a minha compreensão de jogo posicional. O computador disse às Pretas para fazer o roque na ala de rei enquanto as Brancas estão a ameaçar tomar duplamente em c6. Se as Brancas tomarem depois das Pretas fazer roque, como é que saberias que as Brancas estão em apuros? É claro, eu olhei para algumas das linhas onde as Brancas ficariam em dificuldades depois de tomarem. Mas todas as linhas são muito longas para calcular. Haverá uma maneira mais simples de avaliar a posição e dizer que as Brancas estão em apuros ou estamos forçados a calcular com uns 10-15 lances de antecedência em todas as linhas possíveis?"

JS: Aqui está a posição de que ela estava a perguntar:

Eu olharei para esta posição mais para a frente no artigo, mas por agora gostaria de a preparar com algo que te poderá surpreender: Nesta posição e em muitas outras, tu não precisas de calcular coisa nenhuma. Zero. Nada.

brain thinking

Tenho escrito bastante sobre padrões, com alguns dizendo que é um desperdício (é espantoso como algumas pessoas não querem aprender), e outros sentindo-se mistificados (eu compreendo a tua confusão!) e outros entusiasmados pela ideia mas sem saber exatamente como a seguir (eu também compreendo a tua confusão!).

Neste artigo, eu vou mostrar-te como começar a tua aventura pelo caminho dos padrões.

A única coisa que tens de aceitar é de que uma verdadeira melhoria no xadrez depende de repetição. MONTES e MONTES de repetição. Ver um padrão uma vez não te vai ajudar. Mas ver exemplos dum padrão em particular dúzias e dúzias de vezes, (mesmo centenas de vezes) fará eventualmente parte de ti. Uma vez que absorvas o padrão tu irás, é claro, usá-lo com bastante regularidade, tu terás uma boa ideia onde ambos os lados devem estar posicionados, e tu saberás como lidar com este se um oponente usa aquele padrão. Ainda melhor, tu serás frequentemente capaz de ver todas aquelas coisas com um relance.

É verdade, tu vais descobrir que compreender a posição e saber o que fazer muitas vezes requer pouco ou nenhum cálculo.

Claramente, tudo isto exige trabalho e dedicação. Se tu não tens desejo de estudar xadrez, e estás satisfeito em jogar blitz e te divertires, então quem quer saber de padrões e estudo! Mas se tu na verdade queres ser tão bom como podes ser, a mestria de padrões é essencial.

Vamos dar outra olhadela à posição de Kurniadigautama:

O padrão no diagrama é de casas-claras fracas. Este padrão (casas fracas) é comum, portanto aprendê-lo é muito importante. De facto, todo este artigo vai ser sobre casas fracas, e depois de examinares as posições que eu te irei oferecer, tu deverás olhar para muitas mais situações de casas fracas (em livros e em bases de dados).

Uma Situação Básica

As Brancas veem que as Pretas estão cheias de buracos. Isto permite às peças Brancas de fazer uso daquelas casas.

Portanto:

Okay, olhemos para alguns exercícios que lidam com casas fracas.
Por favor  a prosa escondida nos exercícios. Depois de examinares os lances, pressiona o "?" e toda a prosa, frequentemente cheia surpresas (eu espero), irá aparecer.

EXERCÍCIO UM

Não Fiques À Espera Que As Casas Do Teu Oponente Sejam Fracas, FÁ-LAS FRACAS!


EXERCÍCIO DOIS

Mais Buracos nas Casas-Escuras

As Pretas têm sete peões para cinco das Brancas. Também, as Pretas têm duas peças menores e duas torres vs. três peças menores das Brancas e só uma torre. No entanto, a fraqueza das Pretas nas casas da ala de rei e o facto de que as Brancas poderem direcionar todas as suas peças ao rei das Pretas toma precedência sobre a vantagem material das Pretas.

EXERCÍCIO TRÊS

A Fraqueza das Pretas nas Casas Escuras Conduz à Ruína

[Outra solução é 1 lance mais rápida, mas as Brancas decidiram jogar com elegância em vez disso]

EXERCÍCIO QUATRO

Xadrez Posicional Cria um Buraco Fraco

EXERCÍCIO CINCO

Outro Esmagamento Posicional

Isto é o que eu fiz quando eu era um garoto. Eu estudaria este tipo de padrão sem fim até eu achar que eu o tinha aprendido. Depois eu faria a mesma coisa com outro padrão, e outro. Experimenta fazê-lo, e tu irás subitamente descobrir que tu és muito mais forte do que sempre foste antes.

A Posição de Kurniadigautama

Finalmente nós chegamos à posição de que Kurniadigautama perguntou. Para uma pessoa que tem estudado as casas fracas, seria coisa de crianças de fazer roque e rogar que as Brancas tomem em c6 uma vez que as fracas casas-claras são claramente um acidente à espera de acontecer. Sem análise, sem pensar sobre ela, faz simplesmente o roque e deixa a festa começar!

Ademais, as Brancas estão atrasadas em desenvolvimento e depois de Bxc6 as casas h1, g2, e f3 não são as únicas fraquezas; a casa-d3 será também um problema quase fatal. Dito de forma simples, qualquer pessoa familiarizada com casas fracas iria dar uma vista de olhos e considerar 2.Bxc6 como um acto de suicídio.

Aqui está uma sequência possível:

As Brancas Tomam a Isca
As Brancas Não Tomam a Isca

A Agonia da Casa Fraca de Fischer

Tens uma casa-clara fraca? E se a pessoa com a casa-clara é Fischer? Aqui está uma partida de Fischer (no seu auge!) que mostrou o seu amor de material. No entanto, a sua ganância resultou em bastante dor para Bobby uma vez que o domínio duma casa importante, com mais frequência do que possas pensar, é melhor do que material.


Parece que Fischer está perdido, mas acontece que ainda restam às Brancas bastante luta.

Uma Obra-Prima

O nosso exemplo final de casas fracas é uma famosa partida de Fischer. Alguns poderão dizer, "Bem, eu já vi esta partida muitas vezes." Mas terias percebido que a maior parte do dano foi possível devido às casas-claras fracas da ala de rei das Brancas?

Aqui está o que Robert Byrne teve a dizer no seu livro "My 60 Memorable Games" (As Minhas 60 Partidas Mais Memoráveis):

“E enquanto eu estava sentado a ponderar porque é que Fischer escolheria uma tal linha, porque esta estava tão obviamente perdida para as Pretas, de repente veio 18…Cxg2. Este lance deslumbrante chegou como o choque... A combinação culminante é de tal profundidade que, mesmo no momento exato em que eu desisti, ambos os grande mestres que estavam a comentar o jogo para os espectadores numa sala separada acreditavam que eu tinha uma partida vitoriosa!"


As Pretas colocam-se com um peão-d isolado. Porque é que ele faria isso! Porque a abertura de colunas e diagonais transformam as peças das Pretas em monstros dinâmicos. Olha para o seguinte:

ANTES DE…e5: O bispo de casa-escura das Pretas colide com granito em d4. A torre-e8 das Pretas não está a fazer nada. O cavalo-c6 das Pretas também está a descansar como se estivesse de férias.

DEPOIS DE …e5: O bispo-g7 das Pretas domina a inteira diagonal a1-h8. A torre-e8 das Pretas irá desfrutar duma coluna meio aberta. E o cavalo-c6 irá, depois das Brancas tomarem em e5, recapturar o peão em e5 quando o cavalo está subitamente a mirar a casa-f3, a casa-g4, e mais importante, a casa-d3.

Aqui está o resto desta extraordinária partida:

Deixa-me explicar mais uma vez como aprender uma padrão: Tu vês uma certa estrutura de peões de que gostas, tu vês um padrão táctico que te entusiasma, tu vês como tirar partido das casas fracas, tu apaixonaste com a ideia de bloquear um peão inimigo passado com um cavalo. Todas estas coisas e muitas mais podem ser aprendidas simplesmente ao encontrar exemplos duma delas, estudar aquele padrão repetidamente (procura por dúzias de exemplos ou mais), e uma vez que tu compreendes as suas nuanças tu deves passar para outro padrão e aprendê-lo também.

Obrigado a Kurniadigautama por me mostrar aquela posição interessante e também por fazer as perguntas. Espero que este artigo tenha respondido às tuas questões e ajudado também outros leitores que tinham dificuldade em compreender padrões e de como os estudar.

Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de IM Silman
Frank Marshall, Parte 4: St. Petersburgo 1914 e Os Deuses Do Xadrez

Frank Marshall, Parte 4: St. Petersburgo 1914 e Os Deuses Do Xadrez

Frank Marshall, Parte 3: Capablanca Entra em Palco

Frank Marshall, Parte 3: Capablanca Entra em Palco