Não Faço Ideia Como Venci

Não Faço Ideia Como Venci

Silman
IM Silman
20/07/2017, 00:00 |
45 | Outros

O membro do Chess.com ostria escreveu

Eu pergunto se não se importaria de olhar para uma das minhas partidas. Eu venci, mas a coisa é que eu não faço nenhuma ideia como! Eu fiz lances simples durante a partida e tenho a certeza que ambos fizemos muitos erros, mas qual foi o erro fatal do meu oponente?

Silman:

Okay, saltemos para dentro do teu, "eu não sei porque é que venci!" partida.

Nós temos uma posição clássica de peão-d isolado, embora o bispo de casa-escura das Brancas não devesse estar em g5 tão cedo na abertura. Normalmente as Brancas jogam para um ataque na ala de rei apontando os seus bispos nas b1-h7 e c1-h6 diagonais. O peão-d4 pode eventualmente tornar-se fraco, mas está também bastante forte na medida em que ganha espaço central e dirigi-se também para as casas c5 e e5 (a casa-e5 torna-se frequentemente um bom posto avançado para um cavalo das Brancas).

Olhando para esta posição do outro lado, as Pretas querem trocar as peças menores (dessa maneira o ataque das Brancas na ala de rei desaparece como fumo), e então alvejar o peão isolado das Brancas com as suas torres e dama.

null

É claro, existem também outras maneiras de usar o peão-d isolado. Olhemos para uma partida que Capablanca jogou em que parece que as Brancas querem fazer um ataque mas, acaba por acontecer, que ele transforma todos os "sonhos de ataque" numa muito suave asfixia posicional!

A coisa estranha aqui é que depois de vencer a partida, Capablanca olhou para Alekhine e disse, "eu venci, mas não tenho nenhuma ideia porquê!"

Poderá o Sr. Ostria ser a reencarnação de Capablanca?

null

Foto via Wikipedia.

Bom, voltemos a partida do Sr. Ostria:

Embora ambos os lados tivessem cometido erros, os erros das Pretas foram os mais graves. Eu devo também dizer que muito poucos amadores jogam como ostria joga, e a maioria dos seus oponentes não consegue sobreviver se permitem a ostria de fazer o seu mágico xadrez posicional.

Para aqueles que pensam que empurrar um peão pelo tabuleiro abaixo é arriscado, bem, sim, pode ser. Mas muitas partidas de grande mestres têm sido vencidos pela estratégia de ostria. Aqui está um exemplo "acabado de publicar":



Aqui está ouro exemplo das habilidades posicionais de ostria:

Repara como as Brancas jogaram duma forma puramente posicional (muito da mesma forma que elas jogaram na nossa partida principal). Primeiro ele derrubou o cavalo-f6 (que é um dos protetores da casa-d4), e depois ele chapou o seu cavalo em d5 (as Pretas entraram em pânico e trocaram o cavalo-d5 pelo seu bispo de casa clara), e então as Brancas jogaram o bom c2-c3 (privando o cavalo-c6 das Pretas das casas b4 e d4), as Pretas (que não tinham nenhuma ideia do se passava) deram também as Brancas a casa-e4, e então as Brancas tomaram o seu cavalo restante numa pequena incursão para d5 (via Cb3-d2-c4-e3-d5).


ENTÃO PORQUE É QUE OSTRIA NÃO TEM UM RATING MAIS ALTO?

Olhando para as suas outras partidas, ele parece dependurar material de vez em quando (peões e peças), e ele também vacila quando as bombas chovem do céu ou se o oponente é um pouco imprevisível (o que conduz a confusão mútua). Se ele parar de cometer asneiras, trabalhar um pouco nas táticas, e adicionar um pouco de dinamismo ao seu estilo, ele irá ser um jogador difícil de bater.

A propósito, falando de coisas chovendo do céu, eu tenho de admitir que de todas as vezes que eu vejo o nome shrinkdavido me faz pensar em Sharknado!

null

Eu não consigo evitar que a imagem de tubarões a cair do céu corra pela minha mente!

Mais uma coisa: Capablanca (penso eu) nunca disse, "eu venci, mas não tenho nenhuma ideia porquê!" Como de habitual, eu estava a brincar com os meus leitores.


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de IM Silman
Frank Marshall, Parte 4: St. Petersburgo 1914 e Os Deuses Do Xadrez

Frank Marshall, Parte 4: St. Petersburgo 1914 e Os Deuses Do Xadrez

Frank Marshall, Parte 3: Capablanca Entra em Palco

Frank Marshall, Parte 3: Capablanca Entra em Palco