Notar Mudanças Ou Oportunidades No Tabuleiro de Xadrez

Notar Mudanças Ou Oportunidades No Tabuleiro de Xadrez

IM Silman
15/09/2017, 00:00 |
33 | Outros

No início duma partida o jogador de xadrez profissional compreende os prós e contras da abertura que ele joga e que, é claro, foi estudada profundamente. Ele sabe onde as suas peças devem estar, ele está bem versado sobre a estrutura de peões que precisa, e ele saberá se vai ser uma batalha posicional longa ou uma guerra tática, crua e cruel.

É claro, que se o seu oponente comete um erro ou de algum modo muda a dinâmica da posição, então essa lenta batalha posicional pode ser jogada no lixo e substituída pelo martelo de Thor.

Naturalmente, a mesma coisa pode acontecer no meio-jogo: estás a rolar suavemente pelo rio abaixo, pensas que sabes exatamente como a viagem irá decorrer, e subitamente todos os diabos acordam! E isto introduz-nos à realidade do xadrez de torneio: A tua partida pode bem decorrer serenamente de acordo com os teus sonhos de borboleta, ou o tabuleiro pode ser engolfado numa nuvem atómica.

Simplesmente dito, como é que te podes aperceber duma mudança quando esta ocorre? E como utilizar oportunidades se não estás a prestar atenção?

null

Lamentavelmente para os amadores, este é um problema catastrófico. Nesta nova série eu irei dar-te exercícios que podem ou não afastar-te do 'caminho real.' Em qualquer dos casos, cabe-te a ti perceber o que se está a passar, o que é melhor para a posição, se uma oportunidade está a gritar para ser notada, e (se assim estiveres inclinado) podes até adicionar algumas considerações filosóficas.

PROBLEMA 1

As Pretas acabaram de jogar ...f7-f6 atacando o cavalo das Brancas em e5. Pode ir para g4 ou f3. Qual delas escolherias?

PROBLEMA 2

Este tipo de posição tem sido vista muitas vezes. Olhemos para três maneiras com que as Brancas podem jogar: 14.Cxe4 trocando algumas peças, 14.Tb1 só em caso do peão-b ser atacado a certa altura, e o agressivo 14.g4.

Qual destes escolherias, e porquê?

PROBLEMA 3

As Brancas têm dois lances populares: 6.cxd5, 6.h3, e 6.Bf4. Repara que eu ofereci três lances. Qual deles não é lógico?

PROBLEMA 4

As Brancas estão a ameaçar a dama das Pretas. Como é que jogarias esta posição de Pretas?

PROBLEMA 5

As Brancas jogaram 12.Ta3, com a intenção de dobrar as torres e exercer pressão em a7. Será este um lance bom ou tinham as Brancas coisas melhores para fazer?

SOLUÇÕES

RESPOSTA AO PROBLEMA 1

As Pretas acabaram de jogar ...f7-f6 atacando o cavalo das Brancas em e5. Este pode ir para g4 ou f3. Qual delas escolherias?

Aqui a realidade é que, ao ir para f3 ou g4, as Brancas estão a curvar-se aos ditames das Pretas. As Pretas disseram psiquicamente, "Eu estou a atacar o teu cavalo e portanto precisas de o mexer!" e as Brancas responderam com, "Sim, eu estou ver  isso. Pensas que eu sou um(a) idiota?"

Eu vejo isto constantemente! De facto, os amadores ficam frequentemente hipnotizados quando aparece uma situação de "ele toma, eu tomo de volta." Faz parte da mentalidade de "eu tenho de o fazer!" (como em, "eu tenho de tomar de volta!"). Mas em muitos casos, tu não tens de tomar de volta.

De facto, as Brancas estavam a vencer de duas formas:



RESPOSTA AO PROBLEMA 2

Este tipo de posição tem sido vista muitas vezes. Olhemos para três maneiras com que as Brancas podem jogar: 14.Cxe4 trocando algumas peças, 14.Tb1 só em caso do peão-b ser atacado a certa altura, e o agressivo 14.g4.

Qual destes escolherias, e porquê?

De modo geral, 14.Tb1 é passivo. Tu não vais vencer partidas desta maneira. 14.Cxe4 é melhor, quando três resultados podem ocorrer. 14.g4 é um lance machista que falha em notar um par de padrões tácticos. Primeiro, o peão-b está desprotegido. Isto não seria tão mau se não houvesse um segundo problema perante as Brancas. O segundo problema são as tácticas de raio-x ao longo da diagonal g1-a7. Consequentemente, se as Pretas respondessem a 14.g4 com 14...Db6 tu podes dizer com confiança que as Pretas viram e usaram esta oportunidade.

RESPOSTA AO PROBLEMA 3

As Brancas têm dois lances populares: 6.cxd5, 6.h3, e 6.Bf4. Repara que eu ofereci três lances. Qual deles não é lógico?

O culpado é 6.h3. Cada lance é importante e tu precisas de te certificar de que o lance que fazes é necessário. Portanto, consegues explicar porque é que 6.h3 era melhor? Na verdade, será que este realiza alguma coisa de todo? Sim, este pará ...Bg4 ou ...Cg4, mas serão estas coisas que causem preocupação? De modo nenhum!

Tu não podes impedir o teu oponente de mover as suas peças e se tentas, então irás descobrir que estás a jogar um jogo puramente defensivo. Dito simplesmente, 6.h3 é feito a medo. Em vez de tentar criar um plano que promova aquele agenda, tu estás a tremer de medo sobre tudo e nada. 6.h3 é o resultado.

É claro que 6.h3 não promove qualquer tipo de agenda. Olhemos para os outros dois lances:



Se não gostas de 6.cxd5, tu podes jogar:

RESPOSTA AO PROBLEMA 4

As Brancas estão a ameaçar a dama das Pretas. Como é que jogarias esta posição de Pretas?

Os principiantes aprendem que os bispos e os cavalos valem três pontos cada, e que uma torre vale cinco. Isso é uma coisa que vale aprender. No entanto, à medida que melhoras e à medida que olhas para mais e mais partidas de mestre, vais descobrir que sacrifícios de troca (oferecer uma torre por uma cavalo ou bispo inimigos) são um centavo por uma dúzia. Eles são tão comuns que tu podes começar a contestar a velha regra dos três-pontos-vs-cinco-pontos.

É claro que uma torre é melhor do que um bispo ou cavalo a menos que outros detalhes distorçam a realidade e joguem as regras pela porta fora. Por exemplo, se tu sacrificas uma torre por um cavalo e peão poderosos, tu ficas só em desvantagem dum pequeno e triste peão. E se tu obténs aquele peão e um ataque, isso na verdade não requer inteligência.

Por esta altura eu imagino que resolveste este pequeno problema:

RESPOSTA AO PROBLEMA 5

As Brancas jogaram 12.Ta3, com a intenção de dobrar as torres e exercer pressão em a7. Será este um lance bom ou tinham as Brancas coisas melhores para fazer?

As Brancas têm a vantagem, mas 12.Ta3 é bastante lento e permite às Pretas de contrariar no centro (recorda-te da velha regra: "A melhor reacção a um ataque no flanco é um contra-ataque no centro."). Lembra-te que se podes jogar no centro tu deves normalmente fazê-lo (o centro é a área mais importante do tabuleiro).

Mesmo assim, as Brancas ainda têm uma vantagem depois de:



Podes estar a dizer, porque é 12.Ta3 “lento” se este conduz a uma vantagem para as Brancas? O problema é que as Brancas podiam ter obtido um bom bocado mais ao atacar imediatamente o centro:

Nesta partida ambos os lados estavam conscientes da coluna-a aberta e exercendo pressão em a7. No entanto, as Brancas falharam de notar que os ventos estavam a soprar sobre o centro. Parte da razão é porque as Brancas não perguntaram (não verbalmente!), "O que irão fazer as Pretas?" E, se tu não sabes o que o teu oponente deve fazer então tornas-te num alvo ambulante.


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de IM Silman
Como Aprender Padrões de Xadrez

Como Aprender Padrões de Xadrez

A Extremamente Importante Manipulação de Estruturas de Peões

A Extremamente Importante Manipulação de Estruturas de Peões