Caruana Tem Sucesso e So Quase Tropeça

Caruana Tem Sucesso e So Quase Tropeça

A ronda seis do campeonato dos EUA de 2017 foi uma espécie de contagem decrescente: três, dois, um, zero.

A diferença entre o número três e o número dois do mundo era de um ponto ao início do dia (enquanto as senhoras não tiveram empates!). Esta diferença é um abismo maior do que uma vantagem de um ponto na maioria de outros desportos, especialmente quando o homem que estás a perseguir tinha as Brancas e não perdeu uma partida desde que o Willy Wonka ainda estava vivo.

O GM Wesley So tem vindo a flutuar nas nuvens desde sua última derrota em Julho de 2016, mas hoje ele quase que bateu com a cabeça no tecto contra o GM Varuzhan Akobian. Depois de beber uma poção mágica e avançar cedo g4 e h4, a efervescência desapareceu. Espantosamente o seu rei conseguiu escapar os golpes da dama+torre do moedor de Akobian, e assim conseguiu continuar sem derrotas e manter a sua liderança no torneio.

null

O GM Wesley So começou com uma abertura aparentemente calma antes de tentar repetir o esmagamento do GM Varuzhan Akobian, em 2016. Desta vez não deu resultado.

Tivesse Akobian sido um pouco mais preciso, ele teria passado à liderança. Em vez disso, ele permaneceu um meio-ponto atrás, e foi reunido a outro rosto novo no grupo perseguidor.

O campeão do ano passado o GM Fabiano Caruana fechou o dia de hoje com a sua primeira das últimas duas semanas. O ponto foi obtido com relativa facilidade sobre o campeão de cinco-vezes o GM Gata Kamsky. A par de Akobian e outros, Caruana está agora +1 e empatado para o segundo lugar.

null

O GM Fabiano Caruana não teve de se esforçar tanto como o líder, e caminhou um bocado entre as mesas hoje.

O GM Hikaru Nakamura apanhou um bom susto contra o GM Alex Shabalov que tem tido dificuldades, mas escapou e permanece naquele numeroso grupo que está em segundo lugar. 

So tem ganho um bom número de partidas recentemente no PRO Chess League com construções vagarosas, mas hoje ele não equivocou com as suas intenções. Em particular, 7. g4 e 8. h4 mostraram que ele queria limpar Akobian do tabuleiro. 

Seria uma repetição de 2016, quando ele fez exatamente isso? So tem uma disposição bastante branda, e portanto não é provável que ele ainda esteja com comichão da sua derrota de 2015 por falta para Akobian (afinal de contas, eles estão ambos na mesma equipa do PRO League!). Enquanto os seus lances demonstraram agressão deliberada, Akobian jogou brilhantemente a defender e poderia até ter vencido no fim.

null

"Ele jogou bem," disse Akobian. "Até no fim eu pensei que estava em vantagem mas depois ele encontrou este xeque de dama e Qe7. É a única forma de salvar."

Akobian determinou corretamente que 31...Qd3 foi o seu grande erro, embora ele preferisse 31...Ng1 (a sua ideia inicial) ao lance dos comentadores 31...Qc2+. Ambos lances alternativos vencem.

"Eu não vi os escapes do rei," explicou Akobian. "Eu pensei realmente que ia vencer."

"Estou surpreendido que até esteja a liderar com +2," disse So. "Eu creio que o ano passado em sete partidas eu estava +4 e o Fabiano estava +4."

Quanto a Caruana, ele simplesmente sabe como jogar contra Kamsky. Apesar de ter dificuldades num empate no evento Americano principal do ano passado, o jogador de 20 anos qualquer coisa tem quatro vitórias contra somente três empates e zero derrotas contra o de 40 e qualquer coisa. Hoje, foi outra Siciliana (a terceira de Kamsky em 2017), mas Caruana mudou do Rossolimo do ano passado.

"Foi agradável ganhar, especialmente uma partida tão fácil," disse Caruana.

"Eu fui surpreendido por ...h6," disse Caruana. "Eu acho que a ideia era trocar de damas mas ele teve um final infeliz."

Como viste acima, não foi o lance 15 que causou a ruína do antigo campeão. Um lance mais tarde, ele pendurou o seu peão-a6 devido a uma tática elementar.

"O peão-a é um dos peões mais importantes no tabuleiro," disse Caruana, explicando que este é necessário para empurrar o cavalo das Brancas de b4.

Caruana falou com o Chess.com sobre o evento deste ano e o seu recorde pessoal com Kamsky. Aqui está o video:

Nakamura declarou anteriormente no torneio que o sucesso dos "três grandes" depende em larga medida de contra quem se joga de Pretas. Hoje o jogador do fundo da tabela o GM Alex Shabalov pode ter cabido nos planos de Nakamura uma vez que o quatro-vezes campeão joga um xadrez agressivo e aberto independentemente da cor que tem ou da situação em que está.

null

O GM Alex Shabalov literal and figurativamente teve o GM Hikaru Nakamura a olhar por cima do seu ombro.

Há, é claro, um problema. O favorito recebe as suas desejadas chances de vencer com as Pretas, mas também tem uma chance de capotar. Durante uma boa parte do meio-jogo, pareceu que Shabba iria fazer-lhe isso mesmo.

O vencedor da final de hoje foi o GM Sam Shankland, que bateu o seu colega Olímpico do quarto tabuleiro, o GM Ray Robson.

O resultado significa que Shankland sobe para o grupo que está empatado, baixando Robson para o mesmo.

Juntamente com Caruana, Nakamura, e Akobian, há mais dois estudantes universitários que permanecem com +1 e ainda apresentam perigo a So. O GM Daniel Naroditsky está nesse grupo depois do empate de hoje com o GM Jeffery Xiang. O mesmo para o GM Yaroslav Zherebukh, que empatou com GM Alex Onishcuk.

null

null

Amanhã os Robson-So e Nakamura-Shankland continuam os necessários confrontos entre colegas das Olimpíades:

null

null

Todas as imagens cortesia de Spectrum Studios.

Podes ver a transmissão completa às 11:00 hora do Pacífico, 14:00 costa Leste no Chess.com/TV ou no site oficial, uschesschamps.com.

Reportagens anteriores: 

Mais de FM MikeKlein
Olimpíadas de Xadrez: China Conquista Ouro Duplo

Olimpíadas de Xadrez: China Conquista Ouro Duplo

Carlsen, Caruana, Aronian Ganham Todos Títulos na Sinquefield Cup Playoff Abandonado

Carlsen, Caruana, Aronian Ganham Todos Títulos na Sinquefield Cup Playoff Abandonado