Peões Não São o Mesmo Que Pontos na Sinquefield R3

Peões Não São o Mesmo Que Pontos na Sinquefield R3

Após duas rodadas de mais vitórias do que empates, ninguém estacionou o carro no círculo de vencedor depois da rodada três do 2017 Sinquefield Cup. Apesar dos cinco empates, certamente que pareceu mais algumas vitórias estavam a caminho num torneio que tinha produzido uma taxa de vitórias de 60 porcento nas primeiras 48 horas.

O GM Peter Svidler teve hoje a mais dura das batalhas. | Lennart Ootes, Grand Chess Tour.

As primeiras duas partidas findaram com repetições, mas as restantes partidas todas tinham esperança para um lado. Nenhuma pôde completar a tarefa. Chama-lhe um dia para a defesa-- quando foi a última vez que jogadores do calibre de GM Maxime Vachier-Lagrave, GM Wesley So, e GM Magnus Carlsen não conseguiram todos arrancar vitórias com um peão extra?

Com cinco empates, os três que lideravam ao início do dia permanecem: Vachier-Lagrave, Carlsen, e Caruana. Eles ainda estão mais-um e no topo da tabela.

null

Onde quer que olhasses, alguém estava a preparar-se para alguma, mas ninguém converteu. | Spectrum Studios.

Foi também uma tarde para mostrar carinho por uma lenda recentemente defunto. No mesmo dia em que os Chess Journalists of America (Jornalistas de Xadrez Americanos) conferiram ao IM Mark Dvoretsky com a honra póstuma do melhor livro do ano passado, um dos seus volumes epónimo foi referenciado por vários jogadores como o seu livro favorito sobre finais.

Do trio de vencedores possíveis, Vachier-Lagrave teve facilmente as melhores chances, enquanto So e Carlsen não tiveram o necessário dinamismo posicional que na verdade pudesse conduzir a um caminho para a vitória.

O Francês, ainda a tentar vencer o seu primeiro título da Sinquefield Cup, teve o GM Peter Svidler cedo encostado às cordas. As Pretas estiveram perto de atirar a toalha, mas Svidler, sempre o conhecedor de cultura-pop, deve ter-se lembrado do [filme] "Rocky."

null

O GM Maxime Vachier-Lagrave está ou a ponderar o seu lance ou a pensar se escolheu jogar o desporto errado na França.(...Neymar...) | Austin Fuller, Chess Club e Scholastic Center de Saint Louis.

"Eu estava a pensar que a partida estava efetivamente acabada, mas não se gosta de abandonar ao lance 20," disse Svidler. Ele estava particularmente perturbado de estar a ser suplantado numa abertura que ele é suposto conhecer por dentro e por fora. 

"É extremamente aborrecido porque isto faz solidamente parte do meu repertório. E eu tenho vindo a repetir esta linha mais ou menos contra qualquer um que possa jogar 1. e4 contra mim no ano e meio passado."

Ele disse que tinha gasto "um número imenso de horas de computador" na posição depois de 12...Cc6. Mas mesmo a 'Amazon' sabe que automação requer um operador humano. O problema foi que a rede de variantes era demasiado grande.

"Eu tinha esta neblina na minha mente, onde linhas precisas deviam estar," disse Svidler

Depois do erro 20...Rh8, e deparando com a perspectiva de ser "atropelado" em algumas das variantes que ele conjurou, Svidler ofereceu o seu peão-f7 de propósito.

"Eu não consegui encontrar qualquer coisa que me permitiria continuar a partida aparte de ...h6 [Nao é] um lance que faças levemente. Eu tenho de estar perdido depois dele de alguma forma."

Ele chamou ao lance uma "mudança de paisagem" mas foi outro lance de peão muito mais tarde que realmente impediu a derrota.

"Não há explicação para aquilo que eu fiz," disse Vachier-Lagrave. Ele disse que estava consciente da ...d5 quebra, mas se tinha esquecido de olhar para ela na posição vital em que aconteceu.

"Eu apercebi-me imediatamente para meu horror que eu tinha deixado a oportunidade escapar," disse ele sobre libertar o seu rei em h2. "É um pouco embaraçoso."

A outra partida com a melhor chance para um 1-0 deixou também algumas chances para um 0-1 em vez disso. Contrariamente, Caruana-Nepomniachtchi acabou como todas as outras.

Esta diferiu duma maneira: foi a única não-peão-de-rei-duplo do dia. Mas não foi habitual -- uma Siciliana Fechada! As Pretas não foram apanhadas de surpresa.

"Alguns meses atrás ele jogou isto contra Topalov, mas era uma blitz," disse o GM Ian Nepomniachtchi. "Eu joguei um par de tais posições com cores invertidas na Abertura Inglesa. É sempre bastante confuso."

null

Talvez o GM Ian Nepomniachtchi estivesse em apuros, ou talvez o GM Fabiano Caruana estava, mas ambos tinham as suas razões para não a continuar a jogar. | Austin Fuller, Chess Club e Scholastic Center de Saint Louis.

Eventualmente Nepomniachtchi sacrificou uma troca e podia ter enfrentado alguns apuros no seu rei, mas Caruana, com extremamente pouco tempo, jogou passivamente. Com 10 lances para jogar antes do lance 40, ele tinha só três minutos para os 40 minutos das Pretas.

O jogador Russo, a tentar ainda a pontuar no torneio, enfrentou então uma escolha alguns lances mais tarde: prolongar a partida e forçar Caruana a fazer o controle de tempo, ou concluir o dia e aceitar uma oferta tácita de empate por repetição. Ele escolheu a última.

"Noutra situação de torneio eu podia ter continuado a jogar," disse Nepomniachtchi. "Eu não quis realmente cometer erros com este final."

null.

"As Brancas estão muito passivas mas muito sólidas," disse Nepomniachtchi. "Eu devia provavelmente ter continuado a jogar, com algum lance frio, mas eu não tinha a certeza depois dele jogar De3 e trocar damas."

Comentando sobre as várias chances para Caruana ir atrás do seu próprio rei com ideias de De3, Nepomniachtchi mudou lentamente de opinião.

"Penso que as Pretas devem ter pólvora suficiente para proteger o seu rei," disse ele. Pouco depois, e após uma olhada superficial, ele suavizou a sua postura. "Eu penso que não é tão perigoso como pode parecer. Bom, OK, parece que as Brancas vão dar mate, eu não sei. Isto foi crítico."

O comentador GM Maurice Ashley, fazendo um caso sobre a eficácia do plano, teve uma forma mais "pitoresca" de expressar medo da posição das Pretas.

"Eu estaria a mijar nas minhas calças se visse este ataque vindo contra mim," disse ele.

So tinha também algumas ideias de transformar um peão num ponto de contenção, mas o GM Hikaru Nakamura estava à altura do desafio defensivo depois de admitir que ele era demasiado ambicioso numa posição onde ele "não podia realmente fazer nada."

null

O GM Hikaru Nakamura está provavelmente a usar lentes fotocromáticas que mudam de cor, como foi declarado em prévias entrevistas. | Lennart Ootes, Grand Chess Tour.

Ambos os lados desta contenda concordaram sobre literatura xadrezista.

O quatro vezes Campeão dos EUA explicou que ele não leu muitos livros sobre finais enquanto crescia, mas um dos que o impressionaram mais foi "Dvoretsky's Endgame Manual." O atual campeão dos EUA citou a mesmo livro antes de mencionar alguns outros.

Nakamura disse que cada jogador na Sinquefield Cup iria fazer a mesma escolha. A crítica de Nakamura sobre o livro, ao qual ele se referiu simplesmente pelo epónimo de "O Manual," veio com um senão.

"É quase impossível de o estudar de ponta a ponta," disse ele. "Porque o manual, a menos que tenhas no mínimo algo como 2450, eu penso que é quase impossível de seguir realmente ou compreender."

Portanto não corras para comprar uma cópia, ou fá-lo, dependendo do teu rating. Uma coisa o Manual ensinou a Nakamura: Trocar torres para um final de peças menores com quatro peões vs. três não seria provavelmente sustentável. "Eu preciso de ter três contra dois,"disse ele, e teve.

O Manual não estava terminado neste dia. Perguntaram a Nakamura depois da partida para dar a sua avaliação do final de torres entre o GM Viswanathan Anand e Carlsen. Ele tinha a certeza: empate.

"Este que Vishy tem contra Magnus, eu olhei para isto provavelmente 100 vezes no Manual," disse Nakamura.

"Eu fiquei um pouco decepcionado que não pudesse obter mais quando ele não viu este pequeno garfo," disse Carlsen.

Quando lhe perguntaram qual era o seu livro favorito de finais, ele não seguiu de acordo com a previsão de Nakamura que o Manual seria unânime.

"Eu era relativamente fraco tanto em finais práticas como teóricas," disse Carlsen dos seus anos formativos. Ele elogiou "Fundamental Chess Eddings"

de o ter ajudado a eliminar as suas deficiências.

null

Os fãs de xadrez viram este confronto "só" algumas vezes antes. | Lennart Ootes, Grand Chess Tour.

A primeira partida a acabar e a última do relatório foi a mais plácida do dia. Os GM Sergey Karjakin e Levon Aronian repetiram lances antes do fogo estar quente.

2017 Sinquefield Cup | Classificações Depois da Rodada 3

Rank Name Fed. Rating 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Score
1 GM Carlsen, Magnus 2822 ½ ½ 1 2
2 GM Caruana, Fabiano 2807 ½ 1 ½ 2
3 GM Vachier-Lagrave, Maxime 2789 1 ½ ½ 2
4 GM So, Wesley 2810 0 ½ 1 1.5
5 GM Aronian, Levon 2799 0 ½ 1 1.5
6 GM Nakamura, Hikaru 2792 ½ ½ ½ 1.5
7 GM Anand, Viswanathan 2783 ½ ½ ½ 1.5
8 GM Karjakin, Sergey 2773 0 ½ 1 1.5
9 GM Svidler, Peter 2751 ½ ½ 0 1
10 GM Nepomniachtchi, Ian 2751 ½ 0 0 0.5

A 2017 Sinquefield Cup é um round-robin de 10 jogadores disputada de 1 a 12 de Agosto com um fundo de prémios de $300.000. As partidas começam diariamente às 13:00 hora central dos EUA (GMT-5). Comentários podem ser vistos ao vivo no site oficial ou no www.chess.com/TV.

Relatórios anteriores:


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de FM MikeKlein
Carlsen, Caruana, Aronian Ganham Todos Títulos na Sinquefield Cup Playoff Abandonado

Carlsen, Caruana, Aronian Ganham Todos Títulos na Sinquefield Cup Playoff Abandonado

Shankland Vence Campeonato dos EUA; Senhoras Vão a Playoff

Shankland Vence Campeonato dos EUA; Senhoras Vão a Playoff