Artigos
Artigos
Aprenda a Defesa Petroff!

Aprenda a Defesa Petroff!

GMKrikor
| 16 | Teoria de aberturas

Olá pessoal!

Hoje vamos falar de uma nova defesa para enfrentar o lance 1.e4 das brancas, que vêm sendo muito utilizada pelo último desafiante ao título mundial, o americano Fabiano Caruana.

Estamos falando da Defesa Petroff, que não surgiu semana passada não. Ela aparece pela primeira vez em 1620 e foi jogada em mais de 450 partidas até o ano de 1900. Um dos grandes defensores da Petroff foi o grande Vladimir Kramnik, ex-campeão mundial e recém-aposentado do xadrez profissional. Essa defesa tem a reputação muito sólida e empatativa, mas Caruana mostrou desde 2018 pra cá que as coisas não são bem assim e conseguiu boas vitórias.

Por ser uma defesa muito confiável, praticamente todos os grandes jogadores da história utilizaram a Petroff (também chamada de defesa Russa) em pelo menos algumas ocasiões. Dentre as maiores referências em relação a quantidade de partidas, sem esquecer da qualidade de jogo, temos Artur Yusupov.

Segue abaixo o vídeo introdutório com ideias gerais:

Agora vamos às seis partidas selecionadas com breves comentários:

Partida 1: Na linha principal, Kramnik mostra bem uma das ideias no espírito da Petroff – quebrar a estrutura das brancas (isolando o peão de a2 e deixando os peões colgantes de ‘c’ e ‘d’), neutralizar a iniciativa branca e tentar ganhar um final com melhor estrutura, nesse caso de TB x TB, que exigiu bastante técnica, mas desde o começo ficou claro que as pretas entram no final com vantagem.


Partida 2: Após o lance 7...Be7, as brancas tem a opção de 8.Te1, e nesse caso, 8...Bg4! é um lance bom. Na partida em questão, tivemos uma inversão de lances, primeiro com 7...Bg4, e após 8.Te1, daí sim 8...Be7. A primeira dúvida é o que acontece se as brancas capturam o peão de e4 com 9.Bxe4 dxe4 10.Txe4. Logo fica claro que as pretas recuperam o peão, com um final levemente preferível, que foi bem conduzido pelo GM alemão Daniel Fridman, outro especialista na Petroff.

Partida 3: Passando agora para a variante com 3.d4, temos uma grande partida de Ruslan Ponomariov, que ganhou a Copa do Mundo da FIDE em questão, enfrentando na semifinal o jogador Top Peter Svidler. Nessa partida, temos o forte sacrifício 16...Te4!, aceito mais tarde por Svidler, que cria uma posição bem interessante para as pretas. A captura imediata seria ruim pois 17.Bxe4 fxe4 e o peão de h2 cai, abrindo muitas linhas contra o rei branco.

Partida 4: Ainda na variante com 3.d4, temos uma partida com 4.dxe5, que muda bastante a estrutura central dos peões. Deixo com vocês a análise do próprio Fabiano Caruana nesse embate contra Alexander Grischuk, que garantiu a sua vitória do torneio de Candidatos, em Março de 2018. O peão em e5 dá mais espaço para as brancas na ala do rei, e por outro lado, as pretas controlam melhor o centro e a ala da dama com os peões c5-d5.

Partida 5: Mudando para a variante mais moderna com 5.Cc3 Cxc3 6.dxc3, onde as brancas planejam o roque grande, temos uma boa vitória das pretas, com uma ideia introduzida na Elite por Giri em 2012, e jogada em muitas ocasiões por Caruana no ano de 2018. As pretas fazem o roque pequeno e planejam criar um forte centro com ...c6 e ...d5. Em algumas ocasiões o cavalo preto vai pra f6, f8 ou b6, como nessa partida de Andreikin.

Partida 6: Por fim, temos o folclórico Gambito Cochrane, com o curioso 4.Cxf7 seguido de 5.d4. As brancas entregam uma peça por dois peões e tentam aproveitar a situação exposta do rei preto. Apesar de ser uma ideia jogável, as pretas tem recursos de sobra para controlar essa iniciativa e buscar melhores perspectivas no meio-jogo ou em um final. Na partida em questão, as brancas ganham um terceiro peão, mas as pretas sempre conservam vantagem, e acabam ganhando por ataque no final.

Agora é a sua vez de colocar a Defesa Petroff em prática! Deixe nos comentários suas experiências com essa defesa e o que você achou do artigo. Bons estudos!

Mais de GM GMKrikor
Como melhorar no xadrez?

Como melhorar no xadrez?

Conheça 5 finais espetaculares de Capablanca!

Conheça 5 finais espetaculares de Capablanca!