Notícias
Chess.com: 'Niemann provavelmente trapaceou em mais de 100 partidas de xadrez online'
Hans Niemann. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Chess.com: 'Niemann provavelmente trapaceou em mais de 100 partidas de xadrez online'

PeterDoggers
| 3 | Enxadristas

Em um relatório de 72 páginas publicado na terça-feira, o Chess.com afirma que o GM Hans Niemann "provavelmente trapaceou em mais de 100 partidas de xadrez online, incluindo vários eventos com premiação em dinheiro". O Chess.com também observa que Niemann é "o jogador de alto nível que teve o progresso mais rápido no xadrez clássico presencial na história moderna", mas não tem evidências de que Niemann tenha trapaceado no tabuleiro.

Chamado de "Relatório Hans Niemann" (disponível aqui), a publicação consiste em 20 páginas de texto e um total de 72 páginas, incluindo apêndices e provas documentais. Nesse artigo, o Chess.com e a Equipe de Fair Play fornecem respostas a perguntas como porque Niemann foi removido do Global Chess Championship, até que ponto ele trapaceou no site, e o que pode ser dito sobre seu jogo em partidas presenciais.

Primeiro, o Chess.com explica a decisão tomada no dia 5 de setembro, um dia após Niemann derrotar o GM Magnus Carlsen na Sinquefield Cup, de remover Niemann do Chess.com e excluí-lo do Global Chess Championship. Deixando claro que não houve comunicação entre o Chess.com e Carlsen, a decisão foi tomada da seguinte forma:

Baseamos essa decisão em vários fatores. Primeiro, conforme detalhado neste relatório, Hans admitiu trapacear em partidas de xadrez em nosso site em 2020, depois que nosso software e equipe de detecção de trapaças descobriram um jogo suspeito. Segundo, tínhamos suspeitas sobre o jogo de Hans contra Magnus na Sinquefield Cup, que se intensificaram após as consequências públicas do evento. Terceiro, estávamos preocupados com o progresso abrupto e inconsistente do rating de Hans – demonstrado na Seção VII deste relatório – assim como outros também estavam na comunidade do xadrez. Finalmente, tínhamos que tomar uma decisão crítica em um momento infeliz: poderíamos garantir a integridade do CGC, que estava programado para começar poucos dias após a Sinquefield Cup, no dia 14 de setembro de 2022, para todos os participantes, se Hans participasse desse evento? Após extensa deliberação, acreditamos que a resposta era não. O CGC tem 64 participantes e uma premiação de um milhão de dólares. Dadas as circunstâncias, e com base nas informações que tínhamos no momento, não acreditávamos que pudéssemos garantir aos participantes e aos melhores jogadores que um jogador que confessou ter trapaceado no passado e que teve uma ascensão meteórica juntamente com suspeitas crescentes na comunidade sobre seu desempenho no xadrez presencial, não prejudicaria potencialmente a integridade do nosso evento.

Os fãs podem estar se perguntando por que o Chess.com escolheu revelar tanto sobre Niemann e as comunicações que eles tiveram com ele, e não sobre outros jogadores. O Chess.com diz que o motivo foi a entrevista que Niemann deu alguns dias depois de derrotar Carlsen em St. Louis:

"Devemos enfatizar que nunca pretendíamos expor nossas preocupações sobre as violações de fair play de Hans de forma pública. Sempre foi nossa abordagem geral lidar com o fechamento de contas de jogadores titulados de forma privada, como fizemos com Hans no passado. De fato, sua remoção recente do Chess.com e sua exclusão do CGC também foi informado em particular. Ele escolheu tornar essas comunicações públicas. Como resultado, nos sentimos compelidos a compartilhar a base de nossas decisões publicamente com a comunidade."

Uma razão importante para emitir este relatório é o que o Chess.com já twittou em 9 de setembro: que havia informações que contradiziam suas declarações sobre "a extensão e a gravidade de sua trapaça no Chess.com". O site agora entra em muito mais detalhes, dizendo que…

...ele parece ter trapaceado contra vários oponentes em eventos com premiação do Chess.com (além do Titled Tuesday que Hans admitiu ter trapaceado quando tinha 12 anos), classificatórias do Speed Chess Championship e na PRO Chess League. Também temos evidências de que Hans parece ter trapaceado em várias partidas válidas para rating no Chess.com, contra jogadores de alto nível e bem conhecidos na comunidade do xadrez, algumas das quais ele transmitiu ao vivo.

De acordo com o Chess.com, Niemann provavelmente trapaceou em mais de 100 partidas de xadrez online, inclusive em vários eventos com premiação em dinheiro e partidas que ele estava transmitindo ao vivo. Os dados da tabela abaixo são do período de julho de 2015 a agosto de 2020.

Hans Niemann cheating online
Partidas online em que Niemann provavelmente trapaceou.

Ken Regan, um especialista independente em detecção de trapaças no xadrez, concordou com o Chess.com e também acredita que Niemann trapaceou nessas partidas.

Embora o Chess.com reconheça que suas ferramentas de detecção de trapaças são projetadas especificamente para o xadrez online com controles de tempo mais rápidos, eles ainda fazem referência ao jogo presencial de Niemann, afirmando que "seus resultados são estatisticamente extraordinários".

Primeiro, eles observam que Niemann é "o jogador de alto nível que progrediu mais rápido no xadrez clássico na história moderna". Quando comparado a outras estrelas em ascensão da sua geração, como os GMs Alireza Firouzja, Vincent Keymer e Arjun Erigaisi (mas também o GM Bobby Fischer), Niemann está claramente acima deles quando se trata de ganho de força, embora só recentemente tenha mostrado o mesmo calibre de jogo. Além disso, comparado com seus colegas e outros jogadores de destaque, Niemann tem o maior e mais rápido aumento na sua pontuação ao considerar todas as suas partidas clássicas presenciais jogadas entre 11 e 19 anos."

Niemann report Chess.com
Aumento da força de jogo (no presencial) dos melhores grandes mestres jovens.

O Chess.com também observa que dos 13 jogadores com menos de 25 anos atualmente no top 50 do mundo, Niemann é o único que não se tornou um grande mestre até os 17 anos.

Como um jogador ativo com rating FIDE aos 15, 16 e 17 anos (antes da pandemia), Hans tinha um rating de 2313, 2460 e 2465, respectivamente. A crença popular é que se você não for um GM aos 14 anos, é improvável que você consiga alcançar os níveis mais altos do xadrez mundial. Embora essa afirmação possa parecer desanimadora, ela foi confirmada no xadrez moderno. Lendas do xadrez como Fischer, Kasparov, Carlsen e quase todos os GMs modernos que se estabeleceram no top 5 do mundo já eram grandes mestres aos 15 anos.

O Chess.com também analisou uma amostra das partidas recentes de Niemann (presenciais), mas não conseguiu encontrar provas concretas de que ele trapaceou, incluindo sua partida contra Carlsen na Sinquefield Cup - embora o Chess.com observe que "esta partida, juntamente com os comportamentos e explicações que a cercam, são muito estranhas".

Em sua conclusão, o Chess.com menciona que eles compartilharam suas descobertas com a FIDE, e "cooperarão com qualquer investigação ou solicitação que fizerem." Há alguns dias, a FIDE anunciou um plano para formar um painel investigativo sobre este tema.

O GM David Smerdon, economista comportamental da Universidade de Queensland, comentou no Twitter:

O relatório é bom. Não precisava ser tão longo para o caso HN [Hans Niemann], mas por outro lado é ótimo que o CC [Chess.com] tenha divulgado publicamente mais detalhes sobre seu sistema de detecção de trapaças, o processo humano por trás da detecção/políticas de banimento e sua filosofia mais ampla em relação à trapaça.

Infelizmente, os resultados da análise do CC não são o que o mundo do xadrez queria ouvir (não é culpa do CC), porque isso significa que é improvável que cheguemos a uma resolução sobre se HN trapaceou durante as partidas presenciais. Um resumo muito breve: 
1.  HN trapaceou muito mais online do que sabíamos, inclusive até os 17 anos, e em eventos com prêmios em dinheiro.
2.  Não há nenhuma evidência de trapaça na Sinquefield Cup
3.  Fraca evidência de que o aumento de HN no presencial é suspeito, mas nada concreto em relação à trapaça.

Infelizmente, o relatório do CC muda a probabilidade de que HN tenha trapaceado no xadrez presencial para 50%, não importa de que lado você começou (eu e outros acreditávamos que era em torno de 10-20%, enquanto o outro extremo incluía mais de 80%).

Olhando para o futuro, que novas informações podem levar a uma improvável resolução do caso? Vejo duas possibilidades:

1. Hans confessa OU evidência física concreta de trapaça no presencial é revelada
2. Hans continua sua jornada (no presencial) em direção aos 2750+, em eventos com medidas super rígidas contra trapaças.

Como ambos os casos são improváveis, é muito provável que nenhuma resolução seja alcançada. O HN continuará a jogar sob suspeita, Magnus não se sentirá vingado e os organizadores enfrentarão um dilema quando se trata de convites. Não é um bom resultado para o xadrez, mas, por outro lado, é muito positivo que o tema da trapaça tenha sido colocado no centro das atenções e as grandes organizações de xadrez parecem dispostas a trabalhar juntas para resolver o problema.🤷‍♂️ 

Mais de PeterDoggers
Astana será sede do match Ding-Nepo do Campeonato Mundial de Xadrez da FIDE

Astana será sede do match Ding-Nepo do Campeonato Mundial de Xadrez da FIDE

Árbitra iraniana de xadrez entra em conflito com a FIDE sobre trajes pró-direitos humanos

Árbitra iraniana de xadrez entra em conflito com a FIDE sobre trajes pró-direitos humanos