Ding Derrota Carlsen No Desempate Para Vencer O Sinquefield Cup
Ding Liren vence o seu primeiro Sinquefield Cup. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

Ding Derrota Carlsen No Desempate Para Vencer O Sinquefield Cup

PeterDoggers
PeterDoggers
|
1 | Cobertura de Evento de Xadrez

Ding Liren conquistou o Sinquefield Cup 2019 sendo o primeiro jogador desde 2007 a derrotar o Magnus Carlsen nas partidas de desempate. O GM chinês ganhou U$82.500 e 16,5 pontos no Grand Chess Tour ao vencer as duas partidas blitz.

Ding não era o favorito; não há como negar isso.

Para quem não sabe, Carlsen não perdeu uma única partida de desempate desde o seu match contra o Levon Aronian nos Candidatos de 2007. Desde lá ele jogou 10 desempates e venceu os 10.

Menos de dois anos atrás, Carlsen havia esmagado Ding num match de partidas rápidas e blitz, também em St. Louis. Naquela época, uma das razões para a sua grande perda foi o jogador chinês ter muito respeito pelo seu adversário.

Um avanço rápido de 21 meses e veja o progresso que Ding fez. Agora, o número três do mundo, na cola do número dois Fabiano Caruana (a quem venceu no Sinquefield Cup), ele pode ter conseguido toda a confiança de que precisava depois de segurar um empate com o Carlsen na partida clássica entre eles, com uma defesa esplêndida.

Acrescente a isso o segundo lugar compartilhado de Ding no Saint Louis Rapid & Blitz (realizado pouco antes do Sinquefield Cup), onde Carlsen ficou em sexto lugar, no que foi seu pior evento em muito tempo. Talvez a vitória de Ding não tenha sido tão surpreendente, afinal!

Ding Carlsen playoff 2019 Sinquefield Cup
O início da primeira partida do desempate. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

A explicação de Ding foi talvez a mais convincente. Ele não sentiu pressão:

“Hoje eu estou muito diferente do que ontem. Ontem, como eu disse, eu estava realmente estressado. Eu estava jogando um torneio, mas hoje estou apenas jogando um match. Acabei de terminar o torneio com um resultado muito bom e queria me sair ainda melhor. É como um bônus. Ganhei o primeiro prêmio e alcancei meu objetivo. Hoje, sinto-me relaxado e gostei de jogar essas partidas."

Ding in between games 2019 Sinquefield Cup
Ding, entre as partidas, sentindo pouca pressão. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

Carlsen aceitou a perda de forma elegante:

"Eu tenho que dizer que ele estava muito melhor do que eu hoje, então ele ganhou de forma absolutamente merecida".

”I got to say that he was a lot better than I was today so he won absolutely deservedly.”

—Magnus Carlsen

Carlsen playoff 2019 Sinquefield Cup
Carlsen com Maurice Ashley. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

O campeão do mundo também apontou que, apesar de vencer suas duas últimas partidas clássicas, ele ainda não estava na melhor forma:

“Obviamente, tem algo a ver com o fato de ele ser um jogador muito bom, mas claramente eu tive um dia muito difícil hoje. Não consegui fazer nada, estava pensando demais e principalmente me defendendo na maioria das minhas partidas. Não foi por pouco."

Ganhar suas duas últimas partidas foi importante para Carlsen: "É por isso que não posso me sentir muito decepcionado agora. Eu adoraria ganhar hoje, mas consegui me recuperar bastante nos últimos dois dias, então não estou muito decepcionado."

Carlsen 2019 Sinquefield Cup
Carlsen: "Não consegui fazer nada." | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

Os jogadores começaram com duas partidas rápidas de 25 minutos no relógio, com um delay (atraso) de 10 segundos por jogada desde o primeiro lance. O sorteio deu Carlsen de brancas na primeira partida. Ele imediatamente enfrentou forte resistência de Ding, que encontrou 19...exd5! e 21...g5! para obter uma pequena iniciativa:

Carlsen, por sua vez, também empatou confortavelmente em uma abertura catalã, e assim os jogadores passaram para as duas partidas blitz com cinco minutos no relógio, com um delay de três segundos por jogada desde o primeiro lance.

A primeira partida de blitz seguiu o caminho de Ding desde o início. Em uma inglesa parecida com uma catalã, Carlsen assumiu uma posição passiva. Ele decidiu sacrificar um peão, mas isso não deu certo e logo após o 16.Tac1 de Ding, o relógio de Carlsen passou para menos de um minuto (contra os 3’40’’ do oponente).

Ding Carlsen playoff 2019 Sinquefield Cup
Carlsen ficou sob pressão logo na abertura e teve menos de um minuto no relógio depois de 16 lances apenas. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

Por um tempo, Carlsen manteve as coisas sob controle num final de torres com bispos de cores opostas (e ainda com um peão a menos), mas Ding estava progredindo. A partir do lance 48, Carlsen teve que jogar com apenas nove segundos restantes no relógio. (Observe que com delay, em oposição ao incremento, você não pode ganhar o tempo de volta.) Ding teve 52 segundos.

E, ainda assim, Carlsen continuou a defender fortemente, mas como as engines revelaram mais tarde, Ding deixou passar dois ganhos claros neste final de partida.

Ding deve ter ficado um pouco nervoso assim que  perdeu 55. Bb6 Te8 (55...Bd5 56. Txg7+) 56. Bd4 e com a queda de g7 as Negras podem abandonar.

A partida estava prestes a terminar em empate, já que o GM chinês não conseguia mais vencer, mas Carlsen, repentinamente, perdeu no tempo.

Ding Carlsen playoff flag time 2019 Sinquefield Cup
O árbitro apontou para o relógio: a seta de Carlsen caiu. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

"Tive muita sorte de ter caído a seta dele, eu não via como vencer", disse Ding. “Talvez a posição final já seja muito difícil de vencer. Perdi um ganho, eu acho. Quando o árbitro disse que ele havia perdido no tempo, fiquei muito surpreso, pois me concentrei no jogo e não no relógio."

Precisando vencer, Carlsen disputou uma Ruy Lopez na segunda partida de blitz e, surpreendentemente, permitiu a troca de seu bispo de casas brancas - o bispo favorito de Bobby Fischer nessa variante. O GM norueguês deve ter pensado que estava tudo bem com um centro fechado, mas isso lhe custaria muito na partida mais tarde.

Ding agarrou o espaço e encontrou casas naturais para suas peças, enquanto que desta vez a situação do relógio permaneceu mais ou menos igual. Então, Carlsen fez um truque que ganhou uma qualidade:

Ding acaba de jogar 28...bxa3, permitindo 29.Cc6.

Ding perdeu 45 segundos em 29...Bxc6, o que sugere que ele perdeu a jogada ou tentou encontrar a melhor maneira de desistir da qualidade. De qualquer forma, não foi nada mau sacrificar, pois ele ganhou um peão importante no centro que fez o seu próprio bispo de casas claras ficar muito forte.

Ding Carlsen playoff 2019 Sinquefield Cup
Carlsen não conseguiu encontrar uma defesa na posição final. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

Dois lances depois, parecia que Carlsen havia impedido que seu oponente também tomasse o peão de e4, mas Ding o fez de qualquer maneira, pois havia visto o belo movimento de recuo 32...Ba8! que ele jogou instantaneamente.

32.g5 refutou a captura em e4? Instantaneamente jogando 32...Ba8 !, Ding disse: não!

Infelizmente, o ângulo da câmera da equipe de filmagem de St. Louis estava focado apenas no próprio tabuleiro, de modo que a reação facial de Carlsen não era visível para os telespectadores, mas segundo o comentarista Yasser Seirawan "esse movimento chocou Magnus".

Como se viu, Carlsen poderia ter tomado o cavalo das Negras permitindo uma bateria na diagonal longa, que não seria tão clara de fato. Ele não o fez, e depois de trocar a dama negra por duas torres, ele perdeu outro importante lance defensivo e, de repente, Ding conseguiu um ataque vencedor, baseado em outro belo movimento de recuo, 40...Ne7.

O xeque-mate era tão bonito que Carlsen abandonou com um sorriso. Ele deu a Ding dois apertos de mão: um para a partida e, depois de se levantar, mais um para o torneio.

Ding Carlsen playoff handshake 2019 Sinquefield Cup
Carlsen dando um segundo aperto de mão em Ding pela vitória do torneio. | Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

Ding, que havia revelado alguns dias atrás, que trabalha sozinho, sem ajuda de um segundo em St. Louis, também melhorou o inglês. Ele pode facilmente ser desculpado pela seguinte citação, talvez não totalmente correta gramaticalmente, onde ele parece estar se referindo ao famoso conselho: para conseguir um empate, é preciso jogar por uma vitória.

"É claro que me sinto muito bem depois de jogar uma partida tão boa. Estou muito feliz por jogar a partida final com garra, não apenas me contentando com um empate, sobrevivendo a um empate, mas eu tive que jogar, tomar a iniciativa e lutar pelo empate."

Ding Maurice Ashley 2019 Sinquefield Cup
Ding, olhando para os momentos finais.| Foto: Lennart Ootes/Grand Chess Tour.

Analisando o torneio, o jogador chinês foi modesto como sempre:

"Eu não esperava isso. Durante as duas ou três primeiras partidas, acho que meu jogo não foi tão bom, especialmente contra Karjakin, eu fui muito pior e contra Vachier-Lagrave fiquei melhor na saída da abertura, mas não consegui encontrar o plano."

"Não vi que eu estava em ótima forma, mas minha vitória contra o Anish [marcado como a melhor partida do torneio por Kasparov] me deu muita confiança. Eu joguei bem. Depois do dia de descanso, às vezes comecei a pensar em vencer o torneio, mas não era tão realista até eu derrotar Fabiano, e então eu estava empatado em primeiro lugar. Eu só queria empatar todas as minhas partidas e pelo menos empatar em primeiro lugar."

”My win against Anish gave me a lot of confidence.”

—Ding Liren

Ding ganhou U$82.500 e Carlsen ganhou U$67.500. Os dois jogadores ganharam 16,5 pontos no Grand Chess Tour.

2019 Sinquefield Cup Final Standings Prizes
A classificação final e premiação do Sinquefield Cup 2019. | Imagem: Spectrum Studios.

Cobertura das partidas do desempate:

Você pode encontrar todas as partidas aqui como parte do nosso portal ao vivo. Mais fotos do evento podem ser encontradas aqui. O site oficial está aqui.


Relatórios anteriores:

Mais de PeterDoggers
Radjabov Vence a Copa do Mundo de Xadrez da FIDE; Vachier-Lagrave Fica em 3º

Radjabov Vence a Copa do Mundo de Xadrez da FIDE; Vachier-Lagrave Fica em 3º

7 Perguntas Sobre a Próxima Copa do Mundo da FIDE

7 Perguntas Sobre a Próxima Copa do Mundo da FIDE