Notícias
Notícias
Elisabeth Paehtz se torna a 40ª GM da história
Elisabeth Paehtz jogando em Riga, em 2021. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Elisabeth Paehtz se torna a 40ª GM da história

PeterDoggers
| 0 | Enxadristas

A IM Elisabeth Paehtz agora é a GM Elisabeth Paehtz. A jogadora número um da Alemanha conquistou sua terceira norma de GM no FIDE Chess.com Grand Swiss 2021 em Riga, mas uma norma anterior foi declarada inválida. No entanto, em uma recente reunião do Conselho da FIDE, ela recebeu o título de Grande Mestre, o que a torna a 40ª GM da história.

O excelente desempenho de Paehtz de 7,5/11 em Riga, no ano passado, foi bom o suficiente para a sua terceira norma de GM. Bem, foi o que ela pensou, já que tinha duas normas anteriores, por sua atuação na Bundesliga 2010-2011, bem como no Campeonato Europeu Feminino Individual de 2016 em Mamaia, Romênia.

No entanto, logo após Riga, ela soube que sua norma de 2016 havia sido declarada inválida. Mas por quê? Porque ela havia enfrentado apenas duas grandes mestres em Mamaia, em vez de três, como é exigido.

O árbitro principal desse torneio era o experiente árbitro Ashot Vardapetyan, da Armênia. De qualquer forma, ele declarou válida a norma de GM dela por causa de sua interpretação do Manual da FIDE, que menciona possíveis exceções ao mínimo de três oponentes com título de GM, como Olimpíadas e campeonatos continentais. Para a última categoria, no entanto, não estava claro se se tratava apenas de eventos por equipes ou também de eventos individuais, como o Campeonato Europeu em que Paehtz havia disputado.

Na época, ela mesma não tinha certeza da situação e, por isso, perguntou ao árbitro internacional e advogado, Klaus Deventer, se sua norma era realmente válida. Deventer expressou suas dúvidas e decidiu perguntar a Werner Stubenvoll. Ele também é árbitro internacional e, na época, era presidente da Comissão de Qualificações da FIDE, responsável pela verificação das normas. Stubenvoll confirmou a validade da norma com uma explicação detalhada e o caso foi encerrado. Depois de Riga, no entanto, a norma de 2016 foi declarada inválida.

Felizmente para ela, este não foi o fim da história, pois vários oficiais e árbitros da FIDE tinham opiniões divergentes sobre o assunto. "O manual era muito confuso e também é constantemente atualizado", disse Paehtz. "Vários árbitros declararam minha norma de 2016 válida, o que mostra como as coisas eram confusas."

Elisabeth Paehtz Riga 2021 Grand Swiss
Paehtz enfrentando a IM Lela Javakhishvili no FIDE Chess.com Grand Swiss 2021 em Riga. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Em março de 2022, a FIDE adiou sua decisão para outra reunião a ser realizada como parte da Olimpíada de Chennai. Em Chennai, a decisão foi novamente adiada, mas outra decisão importante foi tomada: a partir de agora, uma norma é considerada definitivamente válida se não for contestada por três anos.

"Um atleta não deve ser penalizado por um erro cometido por um oficial", disse Paehtz, e finalmente a FIDE concordou. Em 25 de novembro, em uma reunião do Conselho da FIDE em Jerusalém, foi decidido que ela merecia o título de GM.

"Se você considerar as razões para a exceção em uma Olimpíada, isso não é injusto", disse Paehtz. "Existem apenas 40 mulheres no mundo que são grandes mestres, então é muito difícil para uma jogadora enfrentar três delas em um torneio feminino, não importa o quão bem você jogue."

O sentimento de Elisabeth agora é de alívio. "Estou muito feliz por isso ter acabado", disse ela. "Parte da comunidade alemã me chamou de mentirosa e hipócrita e alguns jornalistas alemães pareceram gostar da história e ficaram felizes por ela ter se arrastado por tanto tempo. Tive um ano muito ruim."

Na Alemanha, Paehtz tem a reputação de ser franca e com opiniões fortes. Em 2019 ela deixou a equipe alemã e exigiu as mesmas condições para as equipes masculina e feminina em termos de oportunidades de treinamento e financeira. No ano seguinte, ela voltou depois que a Federação Alemã de Xadrez realmente criou condições iguais para as equipes.

Este é um dos episódios sobre os quais ela escreveu em seu livro recentemente publicado em alemão: Wer den vorletzten Fehler macht, gewinnt ("O vencedor é aquele que comete o penúltimo erro", uma citação do GM Savielly Tartakower.)

"O que aconteceu comigo em relação ao meu título de GM é um bom exemplo que mostra que precisamos evitar cometer certos erros no futuro", disse ela. "Estou muito feliz porque agora não há mais discussão."

Abaixo está a lista de todas as 40 grandes mestres que ainda estão vivas:

# Fed Nome Ano da conquista Idade atual Maior rating
1 Nona Gaprindashvili 1978 81 2495
2 Maia Chiburdanidze 1984 61 2560
3 Susan Polgar 1991 53 2577
4 Judit Polgar 1992 46 2735
5 Pia Cramling 1992 59 2550
6 Xie Jun 1994 52 2574
7 Zhu Chen 2001 46 2548
8 Koneru Humpy 2002 35 2623
9 Antoaneta Stefanova 2002 43 2560
10 Alexandra Kosteniuk 2004 38 2561
11 Peng Zhaoqin 2004 54 2472
12 Xu Yuhua 2007 46 2517
13 Hoang Thanh Trang 2007 42 2511
14 Kateryna Lagno 2007 32 2563
15 Zhao Xue 2008 37 2579
16 Marie Sebag 2008 36 2537
17 Monika Soćko 2008 44 2505
18 Hou Yifan 2008 28 2686
19 Nana Dzagnidze 2008 35 2573
20 Ketevan Arakhamia-Grant 2009 54 2506
21 Tatiana Kosintseva 2009 36 2581
22 Natalia Zhukova 2010 43 2499
23 Viktorija Cmilyte 2010 39 2542
24 Elina Danielian 2010 44 2521
25 Nadezhda Kosintseva 2011 37 2576
26 Harika Dronavalli 2011 31 2543
27 Anna Muzychuk 2012 32 2606
28 Anna Ushenina 2012 37 2502
29 Valentina Gunina 2013 33 2548
30 Bela Khotenashvili 2013 34 2531
31 Irina Krush 2013 38 2502
32 Ju Wenjun 2014 31 2604
33 Mariya Muzychuk 2015 30 2563
34 Lei Tingjie 2017 25 2545
35 Tan Zhongyi 2017 31 2530
36 Nino Batsiashvili 2018 35 2528
37 Aleksandra Goryachkina 2018 24 2611
38 Olga Girya 2021 31 2505
39 Zhansaya Abdumalik 2021 22 2507
40 Elisabeth Paehtz 2022 37 2513
Mais de PeterDoggers
Título honorário de Grande Mestre concedido postumamente a Sultan Khan

Título honorário de Grande Mestre concedido postumamente a Sultan Khan

Abdusattorov e Gukesh lideram o Tata Steel Chess Masters

Abdusattorov e Gukesh lideram o Tata Steel Chess Masters