Notícias
Notícias
Harika vence todos os 3 segmentos, Hou Yifan vence 7 partidas consecutivas

Harika vence todos os 3 segmentos, Hou Yifan vence 7 partidas consecutivas

AnthonyLevin
| 0 | Cobertura de Evento de Xadrez

As GMs Hou Yifan e Harika Dronavalli avançam para as Semifinais do Julius Baer Women's Speed Chess Championship 2023, após derrotarem de forma convincente a IM Polina Shuvalova e a GM Valentina Gunina, respectivamente.

Hou, a favorita, estava na verdade com uma desvantagem de dois pontos no segmento de 3+1, mas emplacou uma sequência de sete vitórias consecutivas e terminou com uma pontuação final de 13,5 a 7,5. O match de Harika foi completamente unilateral, já que ela venceu todos os três segmentos, terminando com uma pontuação final de 17,5 a 6,5.

As quartas de final continuam na terça-feira, 14 de novembro, com a GM Kateryna Lagno enfrentando a WGM Priyanka Nutakki, a partir das 10:30 de Brasília/13:30 de Lisboa.


Hou 13.5-7.5 Shuvalova | Quartas de final 

Gunina 6.5-17.5 Harika | Quartas de final


Hou, a jogadora ativa com o melhor rating do mundo e campeã do WSCC de 2021, é a grande favorita no torneio, não apenas neste match. No entanto, Shuvalova demonstrou recentemente sua habilidade no xadrez rápido ao vencer o I'M Not A GM SCC 2023. Ela ainda justificou sua presença no WSCC ao vencer uma cansativa classificação de dois dias na semana anterior.

Embora a atividade de Hou no xadrez tenha diminuído depois que ela começou sua carreira como professora, o SmarterChess ainda lhe deu excelentes chances de vitória. Afinal, ela é tetracampeã mundial feminina.

5+1: Hou 3-4 Shuvalova 

O primeiro segmento foi o mais equilibrado do match—e o único a terminar a favor de Shuvalova.

Cada partida foi decisiva, exceto pelo primeiro e único empate na 20ª partida.

Shuvalova introduziu a primeira vitória das Negras na quinta partida, onde Hou encontrou o forte sacrifício de cavalo 14.Cxd5!, mas o segundo, 22.Cfe5?, foi muito ousado ("um pouco louco", nas palavras de Hou)—e as Brancas perderam uma peça.

Shuvalova venceu a partida seguinte com uma vantagem de dois minutos sobre sua oponente. Sem tempo, Hou simplesmente desmoronou, levando o comentarista GM Robert Hess a concluir: 'Estou preocupado com Yifan—parece que ela não consegue acompanhar a velocidade de Polina!' 

Quase como uma resposta direta, a grande mestre chinesa venceu a última partida do segmento com uma masterclass posicional—e com quase um minuto a mais sobre sua oponente ao final da partida. O GM Rafael Leitão analisa mais detalhadamente a Partida do Dia abaixo.

3+1: Hou 6-1 Shuvalova

O segundo segmento, também sem empate, foi o mais emocionante dos três. Depois de atingir uma desvantagem de dois pontos após a primeira partida, Hou entrou no "modo fera" e encerrou o segmento com uma vantagem de quatro pontos.

Shuvalova venceu a primeira partida em apenas 32 lances com um ataque esmagador. No entanto, essa seria sua última vitória neste segmento, pois ela perderia as próximas sete partidas consecutivas—seis neste segmento e mais uma no bullet.

Hou iniciou uma sequência de sete vitórias consecutivas após perder a primeira partida de 3+1.

A quinta vitória dessa série contou com um poderoso avanço da torre na Zaitsev Ruy Lopez. Após 22.Te3!, a torre solitária aplicou uma pressão massiva em três colunas, movendo-se de e- para g-, para c- e voltando para e-.

Na última partida, Hou demonstrou uma preparação excelente e surpreendente para capturar um peão na abertura:

A grande mestre chinesa, agora bem aquecida, encerrou o segmento com uma vantagem de 9 a 5.

1+1: Hou 4.5-2.5 Shuvalova 

O segmento de bullet foi relativamente equilibrado em si, mas Shuvalova não conseguiu se recuperar dos danos sofridos nas partidas de 3+1. Hou não deixou a liderança em nenhum momento.

Depois de vencer a primeira partida, Hou deixou passar um belo xeque-mate e acabou perdendo o bispo na segunda:

Mas erros são inevitáveis no bullet. Na terceira partida, a própria Shuvalova cometeu um erro ao perder um cavalo e depois a dama:

Cada uma delas conquistou vitórias com as peças negras e, após um empate, Hou venceu a última partida do segmento—embora o match já estivesse decidido a seu favor naquele momento.

A lendária jogadora e professora chinesa não joga tão ativamente como costumava, mas ainda está em atividade. Mais recentemente, ela participou dos Jogos Asiáticos, onde obteve uma pontuação invicta de 8/9 pontos

Ela revelou na entrevista que está de volta a Pequim e espera jogar presencialmente no verão:

Hou leva para casa $3.562,50 por vencer o match, mais outros $2.290,18 pelo percentual de vitórias. Shuvalova deixa o torneio com $1.272,32 pelo percentual de vitórias.


Agora vamos para o segundo match do dia, Gunina vs. Harika.

Nos últimos tempos, o SmarterChess nunca fez uma previsão tão errada. Em vez de uma vitória convincente de Gunina, foi Harika quem dominou todos os três segmentos do match—foi um massacre.

5+1: Gunina 2-6 Harika 

O primeiro segmento foi o melhor de Harika. Após as duas primeiras partidas terminarem em empate, Harika venceu cinco e perdeu uma.

Devemos mencionar que a Campeã Mundial de Blitz Feminino de 2012, Gunina, estava jogando no hospital. Em maio, ela foi diagnosticada com "problemas de imunidade", em suas palavras. Ela acrescentou: "Tenho sorte de ainda poder jogar xadrez... [mas] é realmente difícil."

Tudo estava a favor de Harika, já que ela venceu as partidas de três a seis consecutivamente. Na segunda, ela até ganhou no tempo em uma posição igual:

Em sua única vitória do segmento, Gunina encontrou um tático raro: um recuo de cavalo que também é um ataque duplo.

Ainda assim, a grande mestra indiana continuou e venceu as duas últimas partidas. A última partida apresentou o primeiro de quatro (!) erros com a torre que ocorreriam neste match, dos quais dois foram identificados. 

Neste primeiro caso, a conversão de Harika foi geralmente impecável—exceto por um grande deslize que passou impune:

Harika encerrou o primeiro segmento com uma vantagem de quatro pontos, que nunca diminuiria.

O comentarista GM Daniel Naroditsky resumiu: "Harika tem se saído melhor nos apuros de tempo, ela tem sido muito melhor na abertura, e simplesmente jogou melhor e cometeu menos erros."

Harika tem se saído melhor nos apuros de tempo, ela tem sido muito melhor na abertura, e simplesmente jogou melhor e cometeu menos erros.

—Daniel Naroditsky

 

3+1: Gunina 2.5-4.5 Harika 

Curiosamente, as duas primeiras partidas deste segmento também terminaram em empates. Acabaria sendo o melhor segmento de Gunina, mesmo Harika tendo vencido todos os três.

A primeira partida, embora tenha terminado em empate, apresentou o segundo erro com a torre—desta vez despercebido por Harika.

 A GM indiana venceu a terceira partida graças ao terceiro erro com a torre—e o primeiro que foi punido.

Nada parecia estar a favor de Gunina. Ela milagrosamente segurou um empate na partida seguinte, mas depois, em uma partida que deveria ter vencido, Gunina pendurou novamente uma torre com um mouse slip.

Com bom xadrez e graças a alguns presentes de cortesia, Harika assumiu uma vantagem de seis pontos indo para o último segmento.

1+1: Gunina 2-7 Harika 

Antes do último segmento, a comentarista IM Irine Sukandar previu: "Vai ser mais interessante", antecipando tanto erros quanto ótimos lances. Acabou sendo mais interessante para Harika do que para sua oponente, já que a primeira não perdeu uma única partida neste segmento e venceu cinco das nove partidas.

A grande mestra indiana venceu as quatro primeiras partidas de imediato. Na terceira partida, ela encontrou um lance um tanto incomum para um ganho de qualidade forçado. Você consegue encontrá-lo também?

Após essas vitórias, quatro das últimas cinco partidas terminaram em empate, pois Harika jogou de forma segura e conduziu o match com cautela até a sua conclusão. A última vitória foi uma bela liquidação em um final de peões, que estava ganho apesar do material (temporariamente) igual.

O match estava praticamente encerrado com 12 minutos ainda restantes no cronômetro.

Após essa performance impressionante, Harika enfrentará a vencedora do match das quartas de final de terça-feira. Ela também leva para casa $3.562,50, mais outros $2.597,66 pelo percentual de vitórias. Gunina deixa o torneio com $964,84 pelo percentual de vitórias.

Como assistir?
Você pode rever o Julius Baer Women's Speed Chess Championship 2023 em Chess.com/TV. Você também pode assistir a nossa transmissão em nossos canais na Twitch e no YouTube. As partidas do evento podem ser visualizadas em nossa página de eventos.

O Julius Baer Women's Speed Chess Championship 2023 (WSCC) é uma competição online que reúne algumas das melhores jogadoras de xadrez do mundo, com o evento principal iniciando em 13 de novembro. O WSCC conta com um fundo de prêmios de $75.000.


Artigo relacionado:

Mais de NM AnthonyLevin
Carlsen vence o Chessable Masters 2024

Carlsen vence o Chessable Masters 2024

Jovens brilham: Keymer vence a Divisão II, Sarana conquista a Divisão III

Jovens brilham: Keymer vence a Divisão II, Sarana conquista a Divisão III