So Derruba Giri Num Duelo de Roer As Unhas do Speed Chess

So Derruba Giri Num Duelo de Roer As Unhas do Speed Chess

Tivemos que esperar até à última partida de bullet (Xadrez960!) para saber quem seria o vencedor. Wesley So derrotou Anish Giri 15,5-14,5 no confronto do Speed Chess de Quinta-feira, uma das mais excitantes batalhas que alguma vez vimos no servidor ao vivo do Chess.com.

Tivemos mesmo de esperar até à última partida de bullet (Xadrez960!) para encontrar o vencedor. Wesley So derrotou Anish Giri 15,5-14,5 no confronto do Speed Chess de Quinta-feira, uma das mais excitantes batalhas que alguma vez vimos no servidor em direto do Chess.com.

Veja aqui toda a informação sobre o Speed Chess.

Emanuel Lasker derrotou Karl Schlechter para empatar o seu confronto, em 1910. Garry Kasparov conseguiu fazer há duas décadas atrás, em Sevilha, contra Anatoly Karpov. Ontem Wesley So também fez o mesmo.

A comparação não é perfeita, mas quase. O grande mestre Americano estava perdendo por uma partida faltando jogar uma de blitz regular. Ele a venceu para empatar o confronto, e nesse momento o Xadrez960 final se tornou numa espécie de desempate. Prendendo a dama do seu adversário rapidamente, So emergiu como o vencedor.

So tem que esperar algum tempo pelo seu próximo oponente. Ele irá jogar com o vencedor do último confronto da primeira rodada no dia 5 de Outubro, entre Magnus Carlsen e Gadir Guseinov.

null

O confronto de Quinta-feira foi o terceiro mais forte até agora, com o número-nove contra o número-dois do mundo em xadrez clássico.

So era considerado o favorito, baseado nos ratings clássicos de ambos mas também no seu recorde mútuo em partidas de blitz sobre o tabuleiro: dois empates, e duas vitórias para So.

Mas o confronto foi bem mais apertado do que muitos esperavam. O GM Simon Williams no entanto previu as coisas bastante bem:

Também não foi o tipo de batalha posicional, com muitas manobras que os primeiros dois empates adivinhavam. "Dois jogadores muito sólidos; uns ossos duros de roer," disse o comentarista IM Danny Rensch. So iria comentar mais tarde: "Eu pensei que este iria ser um confronto sólido, mas depois as coisas ficaram descontroladas e muito excitantes."

Ao contrário da maioria das suas partidas clássicas, Giri e So jogaram um xadrez super agressivo que conduziu a um combate tático do mais alto nível. Das 30 partidas jogadas, somente 13 acabaram em empates.

Logo na partida três nós vimos um xeque-mate no tabuleiro. So tomou a liderança numa partida em que ambos os reis estavam desprotegidos, e Giri não conseguiu encontrar o xeque perpétuo. (de forma interessante, So mudou para 1.d4 depois de o Najdorf de Giri estar super sólido na primeira partida. So nunca voltaria ao 1.e4 no resto do confronto.)

So venceu também a próxima partida para levar a pontuação para 3-1. Nesse momento ninguém sabia que esta seria a maior margem de diferença do confronto inteiro. (So também liderou por duas partidas após a partida 13.)

Depois de empatar na partida cinco, foi Giri quem assumiu a liderança com três vitórias seguidas! A sua combinação zugzwang na partida sete pareceu particularmente impressionante.

Dois finais de torre instrutivos trouxeram resultados decisivos logo a seguir. Giri conseguiu a sua terceira vitória consecutiva graças a um xeque crítico:

Imediatamente na partida seguinte Giri esteve do lado defensivo duma final de torre, e estava prestes a forçar um empate quando So decidiu tentar um último truque. E deu resultado. (Repare que esta foi uma partida de Xadrez960, que encerrou a porção de 5+2.)

Pontuação: 5|2 Controle de Tempo

Jogador Fed Rtg 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Pts
Anish Giri 2767 ½ ½ 0 0 ½ 1 1 1 0 4.5/9
Wesley So 2759 ½ ½ 1 1 ½ 0 0 0 1 4.5/9

So começou o segmento 3+2 seguinte logo com uma vitória. Dois lances fracos seguidos permitiram uma tática simples que ganhou um peão para as Pretas, e depois disso o resto foi, como se costuma dizer, uma questão de técnica.

Dois empates seguiram-se, e então So obteve de novo uma liderança de dois pontos. Na continuação do tema de finais de torre, aqui está provavelmente a partida mais instrutiva de todas. "Giri está fazendo uma cara de emoji triste," disse o comentador IM Aman Hambleton.

Giri conseguiu conter o prejuízo para somente um ponto com uma vitória na partida de Xadrez960, que foi acidentalmente iniciada mais cedo do que programado. As Pretas obtiveram rapidamente um ataque devastador ao rei branco.

Talvez So estivesse a mostrar as suas cartas cedo demais nesta partida, ao fazer o roque na ala de rei logo no segundo lance! Yeah, esse é o tipo de coisa que você só vê no Fischerrandom.

null

A última partida do segmento 3+2 foi bastante interessante. Na posição seguinte So gastou somente uns segundos a liquidar aqui, mas não foi o suficiente para vencer a partida. Um final fascinante.

Pontuação: 3|2 Controle de Tempo

Jogador Fed Rtg 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Pts
Wesley So 2750 1 ½ ½ 1 ½ 0 ½ ½ ½ 5.0/9
Anish Giri 2773 0 ½ ½ 0 ½ 1 ½ ½ ½ 4.0/9

Entretanto, fortes grande-mestres tais como Hikaru Nakamura e Fabiano Caruana tinham se juntado ao chat do Chess.com/TV, enquanto Sergey Karjakin tinha logado no programa de língua Russa comentado pelo GM Sergey Shipov. Eles tinham previsto um empate sólido no início da seção de bullet, mas então os jogadores alternaram vitórias.

Isso foi seguido por outro empate e depois uma vitória para Giri. A pontuação estava de novo igual! Perder a dama não foi o problema de So nesta partida mas a certa altura ele se esqueceu do seu rei:

Giri tinha vindo a jogar o Ataque Índio de Rei em várias das partidas de Brancas da seção de bullet. É em geral uma abertura popular neste controle de tempo, porque de Brancas você pode fazer muitos lances sem pensar, mas para Giri havia outra razão.

Ele notou que já não fazia sentido trocar peças e ir para os finais de partida. "Normalmente é uma das minhas qualidades, mas ele jogou melhor. Eu percebi que tinha mesmo de dar mate ao Wesley," disse ele depois do confronto.

A estratégia do Holandês foi desenvolvida durante o confronto, e não antes: "Eu reparei que ele ficou nervoso quando haviam ameaças ao seu rei. Antes do confronto a minha estratégia era de não ser esmagado por 20-0."

So admitiu mais tarde que esta estratégia parece ter funcionado para o seu oponente. Yeah, o ataque de estilo-Anish foi muito mais eficaz!" Giri: "Esta é a primeira vez que ouço falar de um estilo-Anish!"

Com cores inversas houve outro empate, mas em outro ataque de estilo-Anish So desta vez defendeu contra o ataque, e venceu depois de Giri ter primeiro enterrado o seu bispo em g7 e depois não ter visto que a sua torre tinha sido capturada com xeque:

null

No entanto, Giri imediatamente empatou de novo a pontuação, e depois venceu uma segunda partida seguida. O final de torre-vs-bispo na partida 28 era uma empate teórico (ainda quando você retira os peões b e g das Pretas!) mas So permitiu o vitorioso f6-f7. Foi como uma martelada uma vez que o tempo só permitia mais uma partida regular de bullet.

Numa situação em que era obrigatório vencer, So escolheu um Ataque de Torre. No entanto, a abertura foi um desastre e no lance 23 as Pretas estavam vencendo.

Giri apostou tudo com um ataque ao rei, ainda seguindo a sua estratégia de que ele "não tinha outra alternativa a não ser dar mate" ao seu oponente. Ele sacrificou primeiro uma troca e depois uma peça, mas isso não foi correto. "Deu bom resultado muitas vezes, mas não na última, infelizmente," disse Giri.

E então, depois de jogadas 29 partidas, os competidores ainda estavam empatados: 14,5-14,5. Se o Xadrez960 fosse um empate, um playoff consistindo de três partidas teria decidido o assunto. Mas não seria, Giri ficou com a sua dama presa, e subitamente estava tudo resolvido.

Pontuação: 1|1 Controle de Tempo

Jogador Fed Rtg 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Pts
Wesley So 2921 ½ 0 1 ½ 0 ½ ½ 1 0 0 1 1 6.0/12
Anish Giri 2746 ½ 1 0 ½ 1 ½ ½ 0 1 1 0 0 6.0/12

Depois do confronto Giri revelou que ele estava tão concentrado que nem sequer sabia qual era a pontuação com uma partida restante. Um administrador do Chess.com informa os jogadores da pontuação durante o confronto, mas Giri simplesmente não prestou atenção a isso.

"Eu senti que não devia estar na liderança porque a maior parte do tempo eu estive seguindo e me recuperando, em vez de me distanciar. Mas a coisa é, eu mostrei cedo ao Wesley que a sua dama em h1 era muito ruim. Portanto agora ele tinha de me mostrar o que tinha aprendido!"

"Eu sabia que o confronto seria extremamente difícil," disse So. "À medida que as partidas foram jogadas nos ficamos mais e mais cansados. É essa a razão porque por vezes não vimos táticas."

O vencedor notou também que o relógio teve um papel importante. "O tempo foi um fator importante. O Anish jogou muito bem rapidamente. Na maioria das vezes ele teve mais tempo, e é claro eu não tive ideia nenhuma do que jogar contra o seu Grünfeld!"

So, que estava a jogar sentado numa cadeira de balanço, pareceu bastante calmo durante o confronto. Ele conseguiu esconder qualquer ansiedade: "Durante o confronto a minha mão ficou muito suada demais. Eu estava bastante nervoso."

Giri iniciou a seção de bullet com um ponto atrás, e eventualmente pontuou 6-6 naquela última parte. Ele não joga bullet regularmente, mas esteve constantemente com mais tempo no relógio. "Eu acho que consigo ser muito rápido com o mouse. É muito divertido, quando começo a jogar bullet eu consigo passar muito tempo, mas em geral não creio que seja uma habilidade muito útil. Quero dizer, Hikaru podia escrever um livro sobre isso mas é tudo o que podes fazer com bullet!"

A partida final foi uma das mais caras partidas de Xadrez960 alguma vez jogada. So recebeu 1516,67 dólares pela vitória no confronto (e mais dinheiro na ronda dois) enquanto Giri recebeu 483,33 dólares.

Você pode rever a transmissão completa aqui:

Encontre aqui toda a informação sobre o Speed Chess.

Mais de PeterDoggers
Com Só 3 Vitórias em Tabuleiros a Rússia Lidera Equipas Europeias

Com Só 3 Vitórias em Tabuleiros a Rússia Lidera Equipas Europeias

Kramnik Sobre a Carta Coringa dos Candidatos: 'Muito Provavelmente a Minha Última Chance'

Kramnik Sobre a Carta Coringa dos Candidatos: 'Muito Provavelmente a Minha Última Chance'