Os Melhores Jogadores de Xadrez do Mundo

GM Jan-Krzysztof Duda

Jan-Krzysztof Duda
Nome completo
Jan-Krzysztof Duda
Nascido em
Apr 26, 1998 (idade 25)‎
Local de nascimento
Cracóvia, Polônia
Federação
Polônia
Perfis

Rating

Biografia

O GM Jan-Krzysztof Duda é um dos membros mais jovens do seleto grupo de Super Grandes Mestres a ultrapassar 2700 pontos de rating (marca alcançada em 2017). Com apenas 24 anos em abril de 2022, ele é o mais recente de uma série de fortes grandes mestres que a Polônia produziu ao longo da história. Seu nome de usuário no Chess.com é Polish_fighter3000.

Duda venceu a Copa do Mundo da FIDE de 2021, conquistando uma vaga no Torneio de Candidatos de 2022.

Início da carreira (1998-2013)

Depois de aprender a jogar xadrez aos cinco anos de idade, a primeira lista de rating da FIDE de Duda veio em outubro de 2006, com 1834 de rating aos oito anos. Dois anos depois, disputou o Campeonato Mundial Juvenil e conquistou o primeiro lugar na categoria sub-10, conquistando o título de mestre FIDE. O resultado também o fez passar os 2000 de rating.

Em 2010, com apenas doze anos, ele jogou o Campeonato Mundial Sub-12 e Sub-20. Neste último torneio, onde enfrentou jogadores muito mais experientes, conseguiu louváveis ​​50% da pontuação total (+4 -4 =5).

Duda começou 2012 superando os 2400 pontos de rating, com apenas 14 anos. E, depois, ele colheu uma série de sucessos em eventos de categoria, proclamando-se Campeão da Polônia sub-18 e Campeão da Europa sub-14. Como resultado, a FIDE concedeu-lhe o título de Mestre Internacional.

Grande mestre (2013-18)

Não demorou muito para ele se tornar grande mestre. Apenas um ano depois, em 2013, ele fez uma performance muito marcante no Campeonato Europeu Individual (+3 -2 =5), que lhe valeu sua última norma e com ela o título. Assim, ele se tornou o segundo GM mais jovem da história na época, atrás apenas de Wei Yi, bem como o segundo GM polonês mais jovem da história, ficando atrás apenas de Dariusz Swiercz.

Desde cedo, Duda demonstrou a sua capacidade em ritmos rápidos, sendo coroado em 2014, com apenas 16 anos, como Campeão Europeu de Rápido e ficando em segundo lugar no Campeonato Europeu de Blitz.

Os sucessos continuaram em 2015 em torneios de xadrez clássico, vencendo em Lake Sevan e empatando em primeiro lugar no Campeonato Mundial Júnior. Após essas excelentes performances, seu rating ultrapassou os 2600 pontos. Em 2017, o jovem prodígio polonês já havia alcançado os 2700.

Sucessos recentes (2018-presente)

O ano de 2018 foi um sucesso para Duda em vários níveis.

Em eventos com controle de tempo mais rápidos, ele terminou com relativa facilidade em segundo lugar no Campeonato Mundial de Blitz (apenas meio ponto atrás do GM Magnus Carlsen e bem à frente do terceiro colocado) e chegou à semifinal do Speed ​​​​Chess Championship do Chess. com.

Além disso, obteve seu primeiro grande sucesso nacional ao se proclamar Campeão Polonês Absoluto pela primeira vez em sua carreira, com 6,5/9 pontos e um ponto de vantagem sobre o segundo colocado.

Jan-Krzystof Duda, 2018
Duda após ganhar o Campeonato Polonês de 2018. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Também em 2018, participou do torneio mais exclusivo que havia disputado até então, o Dortmund Sparkassen, evento reservado a oito jogadores de elite. Entre eles estavam os GMs Ian Nepomniachtchi, Anish Giri e Vladimir Kramnik. Apesar da exigência do evento, o desempenho do jovem GM polonês foi realmente notável: ele terminou com 4 pontos em 7 possíveis e ainda se deu ao luxo de usar aberturas pouco ortodoxas.

Em 2019, Duda continuou sua ascensão ao primeiro escalão do xadrez mundial. Ele fez sua primeira aparição no Tata Steel Masters, tendo jogado o "challenger" anos antes, em 2014. Apesar de ter conseguido apenas 5,5 pontos em 13, em 2020 recebeu um novo convite e conseguiu fazer 50% do total.

Olimpíadas

Na Olimpíada de Xadrez, Duda subiu de tabuleiro aos poucos com a equipe polonesa. Ele começou estreando no tabuleiro três em 2014, jogou no segundo em 2016 e subiu para o número um em 2018, onde provavelmente permanecerá por um tempo.

O progresso de Duda ao longo dos anos se traduziu em maior sucesso para a equipe polonesa, que passou de 15º em 2014 para 7º em 2016. Já em 2018, a Polônia ficou em um excepcional quarto lugar, atrás apenas dos que provavelmente são os países mais fortes do mundo em se tratando de xadrez — China, EUA e Rússia.

Ciclos do Campeonato Mundial

Duda deu seu primeiro mergulho no ciclo do Campeonato Mundial ainda como IM na Copa do Mundo de 2013, onde ele começou em 110º e acabou sendo eliminado pelo GM Vassily Ivanchuk na primeira rodada. Na sua segunda participação neste torneio, quatro anos depois, desta vez ocupando a 36ª posição do ranking inicial, voltou a cair para Ivanchuk, embora desta vez tenha conseguido chegar à segunda rodada.

O progresso de Duda continuou em 2017 e 2018. Seu ano de maior sucesso foi, sem dúvida, 2019, quando chegou à quarta rodada da Copa do Mundo e terminou em quinto lugar no Grand Prix, depois de chegar à final em Hamburgo, onde perdeu para o GM Alexander Grischuk.

Em 2021, Duda se superou com a conquista do título de campeão da Copa do Mundo. Ele derrotou Carlsen no desempate das semifinais antes de derrotar o GM Sergey Karjakin na final.

Perspectivas futuras

A carreira enxadrística de Duda tem sido marcada por melhorias constantes e não por subidas vertiginosas, e é justamente essa regularidade que o levou a se estabelecer muito perto do top 10 mundial. Se o seu progresso continuar nesse caminho, não há dúvida de que ele continuará obtendo ganhos significativos nos próximos anos. Alcançar o Candidatos de 2022 é um passo claro nessa direção.

Duda está entre um grupo de recém-chegados à elite mundial que têm chances sólidas de se tornarem recorrentes no Candidatos ao longo da década de 2020. Os outros seriam (todas as idades em agosto de 2021) os GMs Alireza Firoujza (18), Wei Yi (22) e Jefferey Xiong (20). Todos eles ultrapassaram a barreira dos 2700 ainda adolescentes. Duda foi o primeiro a chegar a um Torneio de Candidatos, superando Firouzja por meses.

Onde quer que esteja seu limite, fica claro que Duda é um dos jovens talentos mais promissores do cenário internacional. Você pode ler uma entrevista dada pelo GM polonês ao Chess.com em fevereiro de 2020 aqui.

Melhor Partida


Aberturas Mais Jogadas

Partidas