Ainda Sou Doido Pelas Casas

Ainda Sou Doido Pelas Casas

Silman
IM Silman
29/06/2017, 01:01 |
0 | Diversos

No meu primeiro artigo "Sou Doido Pelas Casas" eu ilustrei a importância de criar casas fracas no campo inimigo (frequentemente referidas como "buracos").

Em muitos casos colocar as nossas peças (cavalos em particular) nestes buracos dá-nos uma vantagem posicional considerável. No entanto, a peça que reside na casa fraca é por vezes tão poderosa (pensa em Zeus atirando raios) que convence o exército inteiro a iniciar um ataque contra o rei inimigo.

null

Aquele monstro dum cavalo foi para a casa-f5 e, excepto por uma rápida viagem (Cf5xh4-f5), nunca a deixou. O cavalo foi a estrela do ataque, mas isso não seria possível sem ter controle daquela casa.

Normalmente uma casa fraca importante está ancorada a um peão amigo. No entanto, em raras situações a casa fraca está a flutuar livre.

Aqui está outro exemplo de uma casa fraca no campo inimigo que não está ancorada:

A nossa partida final é bastante interessante na medida em que a maioria dos meus alunos (ao longo de muitos anos) não conseguiu jogar a posição corretamente de Pretas.

As Brancas acabaram de jogar 1.f5. As Pretas têm três possibilidades, 1...Bc4, 1...Bd7, e 1...Bc8 (1...d5 perde: 2.fxe6 d4 3.Cb5, etc.). Vamos olhar para todas as três:

1…Bc8

1…Bc4



1…Bd7

Permite-me mais uma vez destacar as diferenças entre 1...Bc4 e 1...Bd7: 1...Bc4 troca um importante guardião da casa-d5. 1...Bd7 preserva este bispo de modo que ele pode proteger d5, o bispo atacará também e4 quando se move para c6, e arrombar o centro com …d6-d5 é uma possibilidade. Espero que possas ver bem as diferenças.

Como podes ver, as casas fracas/buracos são uma parte crítica do xadrez. Por vezes a posse de uma destas casas é ouro sólido. Mas um jogador experiente é frequentemente capaz de impedir isso de acontecer, pode adquirir uma casa inimiga noutra parte do tabuleiro (que pode resultar em ambos os jogadores terem uma casa-fraca para usar) ou, se o buraco foi arrebatado pelo inimigo, pode desafiar o buraco e, ao faze-lo, diminuir os danos (como visto em 1...Bd7).


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de IM Silman
Frank Marshall, Parte 4: St. Petersburgo 1914 e Os Deuses Do Xadrez

Frank Marshall, Parte 4: St. Petersburgo 1914 e Os Deuses Do Xadrez

Frank Marshall, Parte 3: Capablanca Entra em Palco

Frank Marshall, Parte 3: Capablanca Entra em Palco