Artigos
Como Jogar o Ataque do Sapo a Ferver
Nenhuns sapos foram prejudicadas para este artigo.

Como Jogar o Ataque do Sapo a Ferver

Gserper
|
94 | Estratégia

Deixa-me começar com um aviso oficial. Enquanto o título soa sinistro, eu asseguro-te que nem um sapo nem qualquer outro animal foi machucado para que este artigo fosse escrito. Esta é simplesmente uma metáfora!

Esta é a maneira como Daniel Quinn a descreve em "The Story Of B (A História de B)":

Se tu deitas um sapo numa panela de água a ferver, este irá é claro tentar freneticamente saltar para fora. Mas se o colocares gentilmente numa panela de água morna e pões a temperatura baixa, este irá ali flutuar muito placidamente. À medida que a água gradualmente aquece, o sapo irá cair num torpor tranquilo, exatamente como nós num banho de água quente, e antes de muito tempo, com um sorriso no seu rosto, este deixa-se morrer cozido sem resistir.

Eu quero mostrar-te uma partida jogada por dois grande mestres super famosos onde as Brancas venceram em apenas 16 lances.

As Pretas não quebraram nenhumas regras de abertura, estavam completamente desenvolvidas e fizeram roque. Além disso, ele não cometeu nenhuma asneira e ainda assim teve de abandonar depois das Brancas terem feito a sua 16ª jogada.

Como é isso possível?

Comecemos com a abertura. Os primeiros lances foram 1.d4 d5 2. e3.

Esta linha conhecida como a "abertura de peões de dama" conduz a um jogo posicional lento na maioria dos casos. Mas existe uma variante apropriadamente chamada "O Muro de Pedra" onde as Brancas criam literalmente um muro no centro usando os seus peões:

Para um jogador inexperiente, uma tal configuração pode parecer como a perfeita defesa.

A stone wall

De facto, parece que as Brancas criam um muro no centro para evitar qualquer ataque possível. Na realidade, o objetivo das Brancas é muito ambicioso. Ele prepara um ataque direto na ala de rei, onde o seu Bd3 e especialmente Ce5, apoiados pelos peões d4 e f4, irão ser muito perigosos.

Olha como a partida pode prosseguir se as Pretas forem descuidadas:

Portanto tu podes ver como a abertura pode ser tão enganadora. Esta parece ser uma configuração lenta e calma e depois, de repente, o rei das Pretas apanha mate! Na maioria das aberturas agressivas, como a Defesa Siciliana, o teu oponente está bem consciente das tuas intenções atacantes e por isso joga de acordo.

Na abertura ´Muro de Pedra,´ as Pretas frequentemente não vêm o perigo até ser demasiado tarde. Então, ele é o sapo, por assim dizer—e o teu objetivo é de aumentar lentamente a temperatura da água até ele ficar cozido!

Esta estratégia era muito popular contra os primeiros programas de computador. Estes não conseguiam ver o perigo devido ao assim chamado "efeito horizonte," e assim jogadores humanos hábeis coziam-nos com facilidade!

O grande mestre Richard Reti foi uma dos melhores especialistas de aberturas do seu tempo e até teve uma abertura com o seu nome. Quando um dos melhores jogadores daquele tempo, o GM Akiba Rubinstein, começou a construir o muro, Reti pôde imediatamente ver o perigo!

De modo a parar o ataque que vinha a caminho, as Pretas decidiram tirar o ferrão à configuração das Brancas: o bispo em d3! Adivinha como respondeu Rubinstein à manobra das Pretas.

Sim, em vez duma captura muito natural com a dama em d1, Rubinstein preferiu obter os temidos peões dobrados. Porque é que ele fez isso? Bem, para começar o seu "muro" no centro ficou ainda mais massivo. Mas mais importante, ele consertou um buraco em e4, de modo a que o cavalo das Pretas em f6 nunca pudesse saltar para lá!

A pergunta seguinte deverá também ser muito fácil para ti. Como devem as Brancas continuar?

Com cada lance as Brancas aumentam a temperatura lentamente de modo que as Pretas "caem num torpor tranquilo" e capturam o cavalo em e5 devido à desagradável ameaça de Bh4! É claro, abrir a coluna-f contra o seu próprio rei não pode ajudar a sua defesa.

Encontra o toque final de Rubinstein!

É espantoso como as Brancas trazem lentamente as suas peças para atacar o rei das Pretas e no entanto o seu oponente não pode fazer nada! A água está a ficar mais quente com cada lance até o rei ficar cozido!

Esta não é a linha de abertura mais sofisticada, portanto não prendas a respiração à espera que Magnus Carlsen a jogue. No entanto, esta pode ser uma arma muito perigosa para jogadores de clube. Ferve lentamente os reis dos teus oponentes.


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de GM Gserper
Não seja preguiçoso no xadrez!

Não seja preguiçoso no xadrez!

Magnus Carlsen conhece esse final, e você?

Magnus Carlsen conhece esse final, e você?