Porque Nunca Deves Desistir
O fim duma batalha de xadrez.

Porque Nunca Deves Desistir

Apesar de ser severamente criticado por um número muito alto de empates, o Chess Classic de Londres foi um evento interessante seguido por jogadores de xadrez de todo o mundo.

Após as primeiras três rodadas em que todas as partidas foram empatadas, muitas pessoas, incluindo o super-GM Levon Aronian, sugeriram que as ofertas de empate devem ser abolidas!

Levon Aronian, 2017 London Chess Classic.

Aronian sugeriu que se devem acabar com todas as ofertas de empate, não só com aquelas antes do lance 30. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Uma das razões frequentemente oferecidas para proibir ofertas de empate é uma analogia desportiva: Imagina só que um jogo de futebol termina depois de somente 20 minutos porque ambas as equipas concordaram com um empate! Eu não quero aqui começar uma discussão sobre as diferenças entre o xadrez e outros desportos, mas usando a mesma lógica, porque não proibimos também as desistências?

Imagina um jogo de futebol em que uma equipa está a perder 0:3 e decide abandonar no meio da partida!  Soa ridículo, não é verdade? Mas isto é exatamente o que nós temos no xadrez! Por vezes os espectadores nem percebem sequer porque é que um jogador decide desistir, como na seguinte partida do torneio acima mencionado:

Eu quase que posso ouvir um jogador de clube resfolegar: "O quê, um peão extra para as Pretas? Grande coisa! Ontem eu venci uma partida estando em desvantagem dum bispo!"

É difícil de refutar esta lógica com a explicação de que o super-GM Maxime Vachier-Lagrave não é exatamente um jogador de classe-D, e que portanto nós iremos sempre ver partidas como esta:

Sim, foi no campeonato por convite dos EUA e no entanto as Brancas continuaram a jogar o final com uma desvantagem duma torre e dum cavalo! A maioria dos jogadores fortes franzem a testa a tal comportamento. Mas mais uma vez, eu duvido realmente que Cristiano Ronaldo deteste a outra equipa por não desistir e parar o jogo numa situação completamente sem esperança.

Eu levantei o assunto da desistência num artigo anterior. Naquele artigo eu partilhei o conselho que eu dou a todos os meus estudantes:

Se és um principiante, então tu deves nunca desistir: continua a jogar até ao xeque-mate. Primeiro que tudo, o teu oponente, que é provavelmente também um principiante, pode possivelmente dar-te um xeque afogado apesar da (ou talvez devido à) sua enorme vantagem material. Mas mesmo se ele te ganha, tu receberás outra lição em como converter uma vantagem numa vitória.

Aqui está uma partida onde o meu estudante seguiu o meu conselho à letra:

Acontece que até os grande mestres usam ocasionalmente a mesma abordagem e por vezes esta funciona também ao nível de mestre!

Portanto, deverás tu desistir numa posição perdida ou jogar até a um xeque-mate? É uma decisão individual muito difícil, pelo menos enquanto a desistência não fôr abolida  

Entretanto, tu podes aproveitar a deixa dum pequeno urso:

(Nunca desistas, acredita em ti próprio(a))


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de GM Gserper
Dar em Doido no Xadrez!

Dar em Doido no Xadrez!

Irá Fabiano Caruana Derrotar o Rei Magnus?

Irá Fabiano Caruana Derrotar o Rei Magnus?