Quando Lendas do Xadrez Jogam Contra as Suas Próprias Aberturas

Quando Lendas do Xadrez Jogam Contra as Suas Próprias Aberturas

Gserper
GM Gserper
02/07/2017, 00:01 |
0 | Outros

Existem muitas aberturas no xadrez que têm os nomes dos jogadores de xadrez que as inventaram ou popularizaram.

Mas o que acontece quando um tal jogador e forçado a jogar contra a sua própria abertura? Qual é a sensação de lutar contra a tua própria criação?

É difícil para mim de dizer uma vez que não tenho nenhuma abertura com o meu nome. No entanto tais partidas de alguma forma me fazem pensar num divórcio amargo em que pessoas que juraram viver "até à morte nos separar" fazem tudo o que podem para se magoar um ao outro.

Ou se preferes a literatura clássica, é exatamente como Taras Bulba colocou: "Eu dei-te vida. Pertence-me a mim tirar-ta!"

null

Quando estudamos tais partidas podemos esperar algumas revelações de abertura porque quem sabe melhor como refutar uma abertura do que o seu próprio inventor? De facto, no seu confronto do campeonato do mundo o pretendente GM Boris Spassky cometeu o erro de jogar o sistema de que o seu oponente Tigran Petrosian gostava muito de Brancas.

Como notou corretamente o GM Bronstein: "Boris convidou Tigran a jogar no pátio da casa onde este último cresceu!" O resultado foi uma vitória bonita e muito convincente pelo campeão do mundo:

Portanto, olhemos para as partidas em que jogadores de xadrez jogaram contra as suas próprias aberturas.

Najdorf vs Najdorf:

A Siciliana de Najdorf é uma das mais populares aberturas no xadrez. Qual foi aquela que o GM Najdorf considerou ser a melhor arma contra ela?

A linha 6.f4 não é tão popular hoje em dia como era à cerca de 30 anos atrás, no entanto ainda é um sistema muito perigoso vs a variante de Najdorf.

Alekhine vs. Alekhine:

Na primeira partida as Brancas agarraram a iniciativa logo desde o primeiro lance e as Pretas essencialmente não conseguiram sair da abertura:

Na partida seguinte Alekhine bate o seu formidável oponente com a combinação que é a sua assinatura. Consegues vê-la?

Petrov vs. Petrov:

As próximas duas partidas representam os primeiros casos de uma deficiente preparação de abertura. As Pretas foram completamente esmagadas na seguinte partida:

Sete anos mais tarde Carl Jaenisch (que foi um dos jogadores mais fortes da sua era e tinha uma linha da Ruy Lopez com o seu nome) decidiu melhorar o jogo das Pretas no lance 20! Infelizmente para ele, a novidade na verdade não melhorou a posição das Pretas...

Taimanov vs. Taimanov:

O sistema 6.g3 escolhido pelo GM Taimanov contra a sua própria abertura é um dos planos mais sólidos para as Brancas. Eu próprio a joguei muitas vezes. A combinação executada na partida é tanto bela como muito eficiente!

Nimzowitsch vs. Nimzowitsch:

Surpreendentemente, Aron Nimzowitsch teve um recorde horrível a jogar contra a sua própria criação. Nós podemos tentar ignorar a seguinte partida porque uma das famosas burlas da Marshall que não teve nada a ver com a abertura decidiu a disputa:

Mas não temos desculpa nenhuma para a próxima partida:

O maravilhoso conceito de bloqueio é típico desta abertura, e é seguido por um ataque muito poderoso que não podia ser executado melhor nem mesmo por Nimzowitsch em pessoa!

Para mim esta última partida é uma versão xadrezista do filme Kramer vs. Kramer.

null

Na partida inteira Aron Nimzowitsch está envolvido numa luta mortal contra a sua própria abertura.

No fim a abertura vence, e limpando as lágrimas esta pergunta ao seu próprio criador, "como é que eu estou?" O grande-mestre responde: "Tu estás formidável!"


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de GM Gserper
Wesley So Ensina Xadrez

Wesley So Ensina Xadrez

Maxime Vachier-Lagrave: Mestre das Torres Presas

Maxime Vachier-Lagrave: Mestre das Torres Presas