x
Xadrez - Joga e Aprende

Chess.com

GRATUITO - no Google Play

GRÁTIS - na Loja do Windows Phone

VER
'Candidatos' em Berlim; Quem Irá Jogar?

'Candidatos' em Berlim; Quem Irá Jogar?

O Torneio dos Candidatos de 2018, agendado para 9-28 de Março de 2018, terá lugar na Kühlhaus Berlin na capital Alemã. Isto foi anunciado pela Agon/World Chess, a organizadora dos eventos do ciclo do Campeonato do Mundo da FIDE.

Como em anos recentes, o formato para os 'Candidatos' será uma Robin dupla de 14 rodadas, com oito jogadores. O fundo de prémios será de €420,000 "ou aproximadamente $460,000 à taxa de câmbio atual," como escreveu a Agon/World Chess num comunicado de imprensa.

Local

O local é a Kühlhaus Berlin na Rua Luckenwalder 3. O seu nome ("casa fresca") sugere o seu propósito original no fim do século 19: um local fresco para manter os mantimentos frescos. Sobreviveu escassamente à Segunda Guerra Mundial e às décadas subsequentes, mas após ter sido designada como um monumento no princípio da década de 1990 muitas redecorações foram executadas.  

Com uma simples, arquitetura básica, hoje em dia a Kühlhaus Berlin está a ser utilizada para arte, concertos e exibições. Esta consiste de sete andares, dos quais cinco serão usados durante o torneio.

O local parece semelhante aquele da 2015 World Rapid e Blitz Championship: a antiga companhia de lacticínios BOLLE Meierei, construída no mesmo estilo arquitectónico.

null

Uma foto do interior cortesia do Kühlhaus website.

Ilya Merenzon, CEO do World Chess (Xadrez Mundial), anunciou que os fãs locais serão tratados de forma especial. "Nós estamos também a desenvolver um comentário e experiências personalizadas em Alemão para a audiência local." 

Ele declarou que "23% de Alemães jogam xadrez regularmente" mas nenhuma fonte daquele número foi oferecida.

Ingressos

Os ingressos custarão de €20 a €40 por dia, e passes para o torneio custarão €170. Opções VIP também estão disponíveis.

Acompanhar o encontro online também não será grátis. Por $15, o mesmo preço de à dois anos atrás, os espectadores podem comprar ingressos "Pay-per-view" (pagar para ver confrontos específicos) que irão incluir comentários em Alemão e Inglês, "analítica avançada, metragem de detrás dos bastidores, opções para escolher ângulos de câmera, e mais," de acordo com o World Chess, que anunciou que 10% das receitas do 'pay-per-view' serão pagas aos jogadores em adição ao fundo base de prémios.

Patrocinadores

Os patrocinadores (ou "adeptos," como o World Chess se refere a eles) ainda são os mesmos: EG Capital Advisors (investimentos), Kaspersky Lab (segurança da net), S.T. Dupont (canetas e outros artigos de luxo) e Isolar (água mineral). Resta para ser visto se a recente cobertura negativa dos meios de comunicação ao incidente que envolveu Kaspersky irá afetar este evento.

Quem irá jogar?

Após o Grand Prix final, no mês que vem em Palma de Maiorca, o torneio dos 'Candidatos' da FIDE será o ultimo evento do ciclo do campeonato do mundo de 2017-2018—à excepção do confronto do título, obviamente.

Naquele Torneio dos Candidatos, oito jogadores irão lutar pelo direito de desafiar Magnus Carlsen em November de 2018. Será o quarto confronto deste tipo para Carlsen, após ter ganho o título em Novembro de 2013 em Chennai vs Vishy Anand, defendendo-o em 2014 em Sochi contra o mesmo oponente, e defendendo-o de novo contra Sergey Karjakin em Nova Iorque no ano passado.

Portanto, quem são os oito jogadores que irão jogar?

Três grande mestres são conhecidos de momento. Karjakin qualificou-se como o vencido do último confronto do título, e o mês passado Levon Aronian e Ding Liren qualificaram-se a partir da Taça do Mundo em Tbilisi. 

Cinco nomes serão adicionados: dois do Grand Prix, dois por rating e um 'wild card' (repescado).

Grand Prix

Este ano o Grand Prix é disputado somente ao longo de quatro torneios, sendo todos de 18-jogadores, 9-rodadas Suíças. Três foram jogados até agora (em Sharjah, Moscovo e Geneva) e o último terá lugar em Novembro em Palma de Maiorca.

FIDE Grand Prix 2017 | Classificações Topo 5 Após 3 Eventos

Rk. Fed Name Sharjah Moscow Geneva Palma Total
1 Mamedyarov, Shakhriyar 140 140 60 x 340
2 Grischuk, Alexander 140 71,4 125 x 336,4
3 Radjabov, Teimour x 71,4 170 ? 241,4
4 Ding Liren 70 170 x ? 240
5 Vachier-Lagrave, Maxime 140 71,4 x ? 211,4

A luta para os dois lugares de qualificação será entre Shakhriyar Mamedyarov (não jogará no quarto, tendo jogado nos primeiros três eventos), Alexander Grischuk (também não jogará), Teimour Radjabov e Maxime Vachier-Lagrave

Um primeiro lugar ganha 170 pontos de Grand Prix, o segundo 140, terceiro 90, quinto 80 e assim por diante. Mamedyarov tem as melhores chances de se qualificar, mas pode ter dificuldades se mais do que um dos seus rivais obtiver (muito) bons resultados.

Ratings

A história dos rating também não é uma questão simples. A FIDE escolheu usar os rating médios das 12 listas de rating entre Janeiro e Dezembro de 2017, o que significa que os dois nomes só serão definitivos quando a lista de Dezembro fôr publicada.

No entanto, os cálculos da FIDE também estão a ser feitos (não-oficialmente) por Martin Bennedik, cujo Google Doc já é bastante famoso. De acordo com os seus cálculos, já por alguns meses que só três jogadores têm estado realmente nesta corrida: Fabiano Caruana, Vladimir Kramnik e Wesley So.

null

Uma imagem da corrente planilha da google de Bennedik (clica para aumentar).

Como foi discutido pormenorizadamente nos nossos relatórios do torneio da Ilha do Homem do Chess.com, o desempenho de Kramnik ali—uma derrota para Caruana(!) mas também para James Tarjan, e um empate vs Lawrence Trent—fizeram as coisas difíceis para o 14º campeão do mundo.

O rating em tempo real de Kramink é 2785.6 e de acordo com Bennedik ele precisa de elevar o seu rating para 2802 para ultrapassar Wesley So. Kramnik pode começar cedo a sua corrida: ele irá jogar na Taça Europeia por Clubes em Antalya, que tem início neste Domingo, e ele não descartou a possibilidade de participar no Campeonato Europeu por Equipas em Creta, no fim de Outubro.

null

Vladimir Kramnik vs Fabiano Caruana na Ilha do Homem. | Foto: Chess.com/Maria Emelianova.

Como um aparte, um membro escreveu ao Chess.com e chamou ao sistema da FIDE de usar as 12 listas para calcular um rating médio "estatisticamente defeituoso" se este tem a intenção de criar uma medida do desempenho de cada jogador durante o ano inteiro de 2017. A razão é que este dá aos resultados do início do ano um peso maior do que os resultados do fim do ano.

"[Esta] análise está correta na sua grande parte, e é uma razão porque eu incluo sempre a média das 12 listas, com as listas ainda não publicadas usando os rating em tempo real do 2700chess como a melhor estimativa," comentou Bennedik ao Chess.com por email. "Por exemplo, digamos que o jogador A tem 2700 em Janeiro, e 2800 em Fevereiro, e jogador B tem 2800 em Janeiro e 2700 em Fevereiro. Se tu tiras a média das duas primeiras listas elas são iguais. Mas se tu utilizas 12 listas, o jogador A é um claro favorito."

Portanto, usar a média das 12 listas não é o mesmo que medir o "melhor desempenho do ano" mas medir isso não é fácil. Bennedik: "Pessoalmente eu penso que a FIDE tencionava simplesmente criar um critério interessante baseado nos rating, e acredito que eles tiveram sucesso com isso."

Wild card

O 'wild card' (jogador repescado) será normalmente escolhido pelo organizador local, que deve escolher um jogador que teve um rating de pelo menos 2725 em qualquer lista de 2017 da FIDE. Habitualmente é um patrocinador que tem aqui uma palavra importante a dizer.

Nos próximos dois meses mais irá ficar esclarecido, com a Taça Europeia por Clubes, o Campeonato Europeu por Equipas e o Grand Prix de Maiorca como os eventos principais a ser jogados.


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez

Online Agora