x
Xadrez - Joga e Aprende

Chess.com

GRATUITO - no Google Play

GRÁTIS - na Loja do Windows Phone

VER
Carlsen Magnífico no Dia Final, Vence Mundial de Blitz
Carlsen segurando o seu troféu, com Anand (bronze) ao seu lado. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Carlsen Magnífico no Dia Final, Vence Mundial de Blitz

Foram preciso quatro dias para ele encontrar a sua melhor forma, mas no Sábado esta foi evidente.  Magnus Carlsen venceu o Campeonato Mundial de Xadrez de Blitz ainda com uma rodada para jogar. Carlsen pontuou oito vitórias e dois empates no dia dois, 16/21 em todo e leva para casa $200.000 ($250.000 menos os 20% da FIDE).  Nana Dzagnidze venceu o torneio das senhoras com 16,5/21 e ganhou $64.000 ($80.000 menos os 20% da FIDE).

"Extremamente feliz" foram as primeiras palavras de Carlsen após ele ter reivindicado o título de campeão do mundo de blitz que ele ganhou três anos antes no Dubai. Ele tinha-o perdido para Alexander Grischuk um ano depois em Berlim, e viu Sergey Karjakin ganhar o ouro no tiebreak o ano passado em Doha.

"Ontem foi um dia muito difícil para mim mas hoje tudo foi para além das expectativas. Isto é muito importante para mim, especialmente depois de eu ter perdido a última rodada das rápidas quando estava a liderar. Por isso isto faz toda a diferença quando eu olhar de volta para estes torneios e este ano, e por isso é uma enorme vitória."

Não te esqueças que o próximo evento de Carlsen na blitz está ao virar da esquina: no dia 3 de Janeiro de 2018, ele estará a jogar a final do Speed Chess Championship do Chess.com contra Hikaru Nakamura, que boicotou os torneios na Arábia Saudita.

Carlsen falando com Nastja Karlovich da FIDE.

O campeonato de blitz foi um torneio Suíço de 21 rodadas. Após o dia um, em que foram jogadas 11 rodadas, Sergey Karjakin liderava com 9/11 seguido por Maxime Vachier-Lagrave que estava em 8,5/11. Seis jogadores estavam a seguir, que tinham 8 pontos, mas Carlsen não era um deles. Num primeiro dia decepcionante, ele tinha pontuado somente 7/11.

Mas no Sábado, foi um mundo de diferença. Onde o resto dos jogadores pareciam locomotivas a vapor, Carlsen era um comboio de alta velocidade que se movia duas vezes mais rapidamente através da paisagem. Enquanto que vários colegas empataram partida após partida, ele venceu as suas primeiras três partidas (Grischuk, Harikrishna, Mamedyarov) e encurtou a diferença para Karjakin para somente meio-ponto.

Então os dois defrontaram-se. Uma (esmagadora) quarta vitória para Carlsen fez subitamente claro quem era o verdadeiro favorito para a vitória no torneio.

Carlsen vs Karjakin

Carlsen vs Karjakin, um ponto de viragem para o campeonato. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

A questão de "fará ele outra recuperação?" tornou-se muito depressa em: 'quem é que o vai parar?' Bem, foi Maxime Vachier-Lagrave que segurou Carlsen a um empate (mesmo talvez tendo um ligeira vantagem), mas então o comboio de alta velocidade entrou novamente em andamento.

Carlsen venceu outras quatro partidas consecutivas, nas rodadas 17-20, e nessa altura ele estava em 15,5/20, e ninguém o podia já alcançar. Após um empate rápido com Levon Aronian na rodada final, o Norueguês tinha fechado um ano relativamente mau numa nota alta.

A forma como ele venceu a maioria das partidas foi vintage Carlsen: nunca jogar para um empate, nunca. Economizar talvez energia para uma rodada? De modo nenhum. Tentar vencer, se ainda existe uma minúscula possibilidade. Continuar simplesmente a tentar achar lances que criam problemas.

Três exemplos. Ding Liren, que perdeu pesadamente para Carlsen em Novembro em St. Louis, não estaria provavelmente à espera de perder esta.

Contra a estrela Russa em ascensão Vladislav Artemiev ele não teve muito, mas também aqui Carlsen continuou simplesmente a criar pequenos perigos.

No caso de Anton Korobov, a vitória foi baseada numa escolha crítica para o Ucraniano, que escolheu peão errado. Devera Carlsen receber crédito por isso? Bem, sim, se tomares em conta que, como em muitas partidas, ele alcançou esta posição com muito mais tempo no relógio.

Anton Korobov vs Carlsen

Anton Korobov apercebendo-se de que ele não será capaz de segurar o final de cavalo. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Na cerimónia de encerramento, Carlsen estava flanqueado pelos dois oponentes que ele tinha defrontado nos campeonatos do mundo de clássicas: Karjakin (prata) e Anand (bronze). 

Karjakin terminou em segundo lugar depois de hoje ter pontuado 5,5/10, mas ainda assim não ficará muito desapontado. Ele venceu uma rodada final muito difícil de Pretas contra Grischuk onde ele acabou por vencer uma posição perdida.

Viswanathan Anand terminou sendo o jogador com mais sucesso em Riyadh, com uma medalha de ouro nas rápidas e depois uma de bronze na blitz. O Indiano foi tão afortunado como Karjakin na rodada final porque MVL perdeu também material com uma asneira:

MVL vs Anand, with Leko and Ivanchuk watching.

MVL vs Anand, com Leko e Ivanchuk a observar. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Levon Aronian terminou partilhando o quarto lugar, que foi um resultado fantástico se levarmos em conta que o jogador Arménio estava em 68º após o primeiro dia, tendo pontuado somente 5,5/11. Mas as suas conquistas no segundo dia foram quase tão grandes como as de Carlsen: 8,5/10.

Aqui está como ele derrotou Karjakin na penúltima rodada.

Aronian vs Karjakin in Riyadh

Aronian emergiu subitamente no topo, e derrotou Karjakin. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Um total de oito jogadores Chineses participaram, e foi Wang Hao quem teve mais sucesso. Ele empatou com Aronian, e ganhou aquele que foi provavelmente o seu maior prémio de sempre: $36.000 ($45.000 menos os 20% da FIDE). Uma das suas vítimas foi o seu compatriota Li Chao.

O torneio presenciou outro incidente no segundo dia, na partida Grischuk-Mamedyarov. O GM Russo estava em desvantagem duma troca, mas a certa altura parou o relógio, e declarou um empate por repetição de três lances. O árbitro do tabuleiro não viu uma repetição de três lances, e mandou os jogadores continuar a partida.

Grischuk acabou por perder, e depois verificou de novo. Para sua grande surpresa, ele viu que não uma repetição de três lances, mas uma repetição de quatro lances tinha ocorrido! Após comunicar ao chefe de arbitragem, a partida foi declarada um empate.

Mamedyarov apelou contra a decisão do chefe de arbitragem, argumentando que ele já tinha vencido a partida e que as folhas já tinham sido assinadas. Isto causou outro atraso para a última rodada, mas eventualmente, o seu protesto foi rejeitado pelo Comité de Apelos, que provavelmente raciocinou que uma vez que um protesto correto é apresentado, este termina a partida e tudo o que acontece depois disso é irrelevante.

Mamedyarov protesting

Mamedyarov protestando ao chefe dos árbitros. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

2017 World Blitz Championship | Resultados Finais (13 pontos ou mais)

SNo Fed Name Rtg Pts. TB1 TB2 TB3 TB4 Rp rtg+/- Prize*
1 Carlsen Magnus 2986 16 0 2742 257 10 2924 -20,8 $250,000
3 Karjakin Sergey 2854 14,5 0,5 2745 253,5 11 2873 13,8 $100,000
20 Anand Viswanathan 2736 14,5 0,5 2712 245,5 11 2844 60,8 $100,000
19 Wang Hao 2737 14 0 2716 249,5 11 2832 53 $45,000
2 Aronian Levon 2863 14 0 2685 239 10 2794 -30,4 $45,000
5 Ding Liren 2837 13,5 0 2722 251,5 10 2812 -9,6 $22,416.67
23 Petrosian Tigran L. 2705 13,5 0 2710 251 10 2803 57,2 $22,416.67
25 Yu Yangyi 2701 13,5 0 2708 251 10 2803 59 $22,416.67
13 Korobov Anton 2760 13,5 0 2707 248,5 10 2799 24,8 $22,416.67
12 Mamedyarov Shakhriyar 2770 13,5 0 2697 242,5 10 2783 12,2 $22,416.67
9 Svidler Peter 2797 13,5 0 2692 247 10 2784 -3,8 $22,416.67
4 Vachier-Lagrave Maxime 2853 13 0 2747 264 10 2822 -14,4 $7,214
21 Grischuk Alexander 2725 13 0 2689 246,5 10 2767 24 $7,214
66 Savchenko Boris 2619 13 0 2686 245,5 11 2731 79,6 $7,214
32 Melkumyan Hrant 2686 13 0 2655 238 10 2727 24,4 $7,214
11 Le Quang Liem 2771 13 0 2654 232 11 2731 -21 $7,214
17 Mamedov Rauf 2755 13 0 2625 223,5 10 2701 -29 $7,214
38 Adly Ahmed 2678 13 0 2599 216,5 11 2672 -0,8 $7,214

(*Menos os 20 porcento da FIDE'; resultados completos aqui.)

Descarregar PGN do Torneio Aberto

Nana Dzagnidze acabou por vencer a secção das senhoras após ter pontuado um excelente 8/10 no dia final. Aqui está como ela bateu a campeã de rápidas Ju Wenjun, que teve o mesmo sucesso de Anand na medida que também ganhou bronze na blitz.

Dzagnidze vs Ju Wenjun

Dzagnidze vs Ju Wenjun. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Dzagnidze falando com Nastja Karlovich da FIDE.

Pia Cramling não conseguiu manter a sua grande forma e hoje pontuou somente 4/10. A certa altura a energia simplesmente desapareceu; ela perdeu as suas últimas três partidas.

Em segundo lugar ficou Valentina Gunina e o terceiro e quarto lugares foram partilhados por Ju Wenjun e Kateryna Lagno (bronze). Esta última teve um final espantoso de cinco vitórias consecutivas o que lhe garantiu um cheque de $40.000—especialmente para o que é habitual no xadrez feminino, um enorme prémio.

Ushenina vs Gunina in Riyadh

Um bom dia de pagamento para Gunina. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

2017 Women's World Blitz Championship | Resultados Finais (12.5 pontos ou mais)

Rk. SNo Fed Title Name Rtg Pts. TB1 TB2 TB3 TB4 Prize*
1 12 GM Dzagnidze Nana 2453 16,5 0 2431 253 10 $80,000
2 3 GM Gunina Valentina 2543 16 0 2426 255 11 $40,000
3 2 GM Ju Wenjun 2548 14 1 2406 249,5 10 $20,500
4 1 GM Lagno Kateryna 2619 14 0 2449 260,5 10 $20,500
5 53 GM Cramling Pia 2326 13,5 0 2428 257 10 $10,000
6 4 GM Tan Zhongyi 2543 13,5 0 2427 252 10 $10,000
7 6 GM Kosteniuk Alexandra 2526 13,5 0 2413 254,5 10 $10,000
8 19 IM Abdumalik Zhansaya 2417 13,5 0 2395 252,5 11 $10,000
9 36 WGM Kulon Klaudia 2361 13,5 0 2361 245,5 11 $10,000
10 93 WGM Mammadzada Gunay 2037 13 0 2448 260 10 $4875
11 11 GM Ushenina Anna 2457 13 0 2379 246,5 10 $4875
12 28 GM Zhukova Natalia 2372 13 0 2326 221 11 $4875
13 16 GM Danielian Elina 2429 13 0 2251 208 11 $4875
14 14 WGM Goryachkina Aleksandra 2440 12,5 0 2400 241 10 $1950
15 24 IM Javakhishvili Lela 2395 12,5 0 2396 230 10 $1950
16 10 GM Lei Tingjie 2461 12,5 0 2393 251 11 $1950
17 9 IM Paehtz Elisabeth 2467 12,5 0 2358 231 11 $1950
18 20 GM Khotenashvili Bela 2412 12,5 0 2320 221,5 11 $1950
19 17 GM Hoang Thanh Trang 2422 12,5 0 2307 216 10 $1950

(*Menos os 20 porcento da FIDE; resultados completos aqui.)

Descarregar PGN das Senhoras

Partidas via TWIC.

Vidit, Sethuraman, Anand, Adhiban, Petrosian

Anand falando para Petrosian, rodeado por Vidit, Sethuraman, e Adhiban. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Sethuraman, Anand, Adhiban

Sim, a lenda Indiana também consegue ser divertido. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Trophies, World Rapid and Blitz

Os troféus para os vencedores (aberto e de senhoras) dos dois torneios. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Queres saber como estes troféus foram feitos? Aqui está como.

Ju Wenjun, World Rapid Champion

Ju Wenjun, vencedora do Mundial de Rápidas. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Anand receiving his gold medal

Anand recebendo a sua medalha de ouro do torneio de rápidas. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Nana Dzagnizde wins World Blitz

Nana Dzagnidze com o troféu da blitz. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Anand, Carlsen, Karjakin in Riyadh

Carlsen e os seus rivais nos confrontos do campeonato mundial de clássicas. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Magnus Carlsen, World Blitz Champion

Carlsen com o troféu e flores de vencedor. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Anand, Carlsen, Ju, Dzagnidze

Os vencedores dos eventos de rápidas e blitz juntos com Georgios Makropoulos da FIDE e o atleta e homem de negócios Abdulaziz bin Turki Al Saud. | Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

O Campeonato Mundial de Blitz teve lugar de 29-30 de Dezembro. Foi um torneio de formato Suíço com 21-rodadas e com um fundo de prémios de $750.000 para a secção aberta e $250,000 para a secção de senhoras.


Histórias anteriores:


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez

Online Agora