x
Xadrez - Joga e Aprende

Chess.com

GRATUITO - no Google Play

GRÁTIS - na Loja do Windows Phone

VER
Giri, Hou Vencedores na Ronda 7 do GP de Moscovo

Giri, Hou Vencedores na Ronda 7 do GP de Moscovo

Anish Giri arrancou a sua primeira vitória no Grand Prix da FIDE hoje em Moscovo. O GM Holandês derrotou Salem Saleh. Batendo Jon Ludvig Hammer, Hou Yifan venceu a sua segunda partida do torneio.

Nepomniachtchi distribui autógrafos a crianças (ver texto). | Foto: Maria Emelianova.

Antes da ronda sete do dia, houve no local uma simultânea para crianças com diferentes tipos de deficiências. Teria sido uma grande evento paralelo para a Agon, excepto que eles não tiveram nada a ver com o mesmo. 

Organizado pela Comissão de Xadrez para Deficientes da FIDE, a simultânea foi dada pelo Presidente da FIDE Kirsan Ilyumzhinov(!), que iniciou, e o GM Alexander Motylev, que assumiu as operações depois de cerca de 40 minutos.

Mas o que é mais importante é que as crianças tiveram uma tarde muito agradável. Alguns deles ficaram até um pouco mais tarde para assistir ao começo da ronda.

null

Motylev fazendo um lance contra um dos vários garotos com debilidades visuais. | Foto: Maria Emelianova.

null

Molina Torochkova, no centro segurando em papéis foi a principal responsável pelo evento. | Foto: Maria Emelianova.

null

Uma foto de grupo mais tarde. | Foto: Maria Emelianova.

null

Ficando até mais tarde para ver os GM de topo em ação. | Foto: Maria Emelianova.

Depois de alguma verdadeira excitação nas rondas três e quatro, a febre dos empates parece estar de volta neste Grand Prix de Moscovo, ou pelo menos nos tabuleiros principais. Nos últimos dias temos assistido de novo a alguns empates rápidos, embora o encontro de hoje do tabuleiro um entre Hikaru Nakamura e Ding Liren não pertença nessa categoria.

Ding escolheu a Semi-Tarrasch, uma abertura que não faz realmente parte do seu repertório mas é tão de referência que Nakamura não foi apanhado desprevenido. É também uma escolha sólida, e Ding também foi ele próprio sólido hoje.

"Uma pequena vantagem para as Brancas mas nada de especial," disse Nakamura ao descrever as suas chances hoje. "O meu oponente jogou bastante bem."

null

Nakamura: "Uma pequena vantagem para as Brancas mas nada de especial." | Foto: Maria Emelianova.

O tabuleiro dois foi um empate rápido; o segundo consecutivo para Shakhriyar Mamedyarov. Ele teve ontem a sua habitual não-partida com Teimour Radjabov (é um "segredo público" que estes dois amigos empatam sempre rapidamente um com o outro), e hoje ele jogou somente 14 lances antes de empatar com Alexander Grischuk. Com ninguém do grupo perseguidor a vencer, de novo este empate foi suficiente para Mamedyarov reter a liderança partilhada do primeiro lugar com Ding.

Aquele grupo perseguidor aumentou de novo; agora consiste de sete jogadores que estão só a meio-ponto dos líderes. Anish Giri reuniu-se a este grupo depois de pontuar a sua primeira vitória do torneio. De fato, esta foi também a primeira partida decisiva de Giri no edifício do Central Telegraph, depois de 20 empates—o Torneio dos Candidatos de 2016 também foi disputado aqui!

Giri superou Salem a partir da abertura, mas perdeu a oportunidade de uma vitória mais rápida. De fato é bastante possível que o final de torre fosse um empate; os jogadores não tinham a certeza, e o nosso comentador também não.


null

 

null

Giri e Salem discutindo a sua partida no palco. | Foto: Maria Emelianova.

Hou Yifan marcou a sua segunda vitória, à custa de Jon Ludvig Hammer. O modo como aconteceu foi um pouco estranho; inicialmente Hou tinha uma posição vitoriosa depois do sacrifício de troca de Hammer não dar resultado, mas então ela permitiu ao seu oponente de recuperar e acabou por vencer mesmo assim quando Hammer decidiu jogar para vencer.

"Eu pensei que a posição parecia interessante mas quanto mais eu calculava, mais eu me apercebia de que na verdade era má," disse Hammer sobre o sacrifício de troca. "Infelizmente eu só me apercebi disso quando eu pensei que já era demasiado tarde para voltar atrás."

O final por cerca do lance 50 estava 'muito igual,' de acordo com Hou, e a certa altura Hammer sentiu-se otimista. O seu 65...f4 foi uma tentativa de vencer que completamente deu para o torto.

null

Hammer apercebe-se do que fez. | Fotos Maria Emelianova.

2017 Moscow Grand Prix | Classificações Depois da Ronda 7

Rk. SNo Fed Title Name Rtg Pts. rtg+/-
1 4 GM Ding Liren 2773 4,5 7,1
5 GM Mamedyarov Shakhriyar 2772 4,5 5
3 1 GM Vachier-Lagrave Maxime 2795 4 -2,8
2 GM Nakamura Hikaru 2786 4 -0,5
3 GM Giri Anish 2785 4 -2,7
6 GM Svidler Peter 2755 4 1,6
8 GM Grischuk Alexander 2750 4 1,7
12 GM Gelfand Boris 2724 4 8,3
13 GM Radjabov Teimour 2710 4 10,2
10 15 GM Tomashevsky Evgeny 2696 3,5 4,2
16 GM Hou Yifan 2652 3,5 7,3
12 7 GM Nepomniachtchi Ian 2751 3 -10,1
9 GM Harikrishna P. 2750 3 -8,7
14 GM Vallejo Pons Francisco 2710 3 -3
18 GM Hammer Jon Ludvig 2621 3 4,7
16 10 GM Adams Michael 2747 2,5 -9,2
17 GM Salem A.R. Saleh 2633 2,5 1,2
18 11 GM Inarkiev Ernesto 2727 2 -14,3

Os pares de Sábado são Ding-Giri, Svidler-Mamedyarov, Grischuk-Nakamura, Radjabov-Gelfand, Tomashevsky-MVL, Hou Yifan-Vallejo, Nepomniachtchi-Harikrishna, Hammer-Adams, e Salem-Inarkiev.

O torneio, de formato Suíço de 9-rondas com um fundo de prêmios de 130.000 euros (142.000 dólares), decorre até 21 de Maio, com um dia de repouso em 17 de Maio. Depois de Moscovo irão haver mais dois torneios Grand Prix: em Julho em Geneva, e em Novembro em Palma de Maiorca. Os dois primeiros classificados estão automaticamente qualificados para o Torneio dos Candidatos em 2018.

Descarregar PGN do Torneio

Partidas de TWIC.


Reportagens anteriores:


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez

Online Agora