Mundial de Xadrez Partida 6: Caruana Desperdiça Vitória 'Impossível'
A Petroff de Fabiano Caruana obteve-lhe igualdade e depois mais, mas não há maneira de sacudir o bicho do empate em Londres. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

Mundial de Xadrez Partida 6: Caruana Desperdiça Vitória 'Impossível'

MikeKlein
FM MikeKlein
|
0 | Cobertura de Evento de Xadrez

Já passaram 16.878 dias desde que um Americano venceu uma partida num confronto de um campeonato mundial incontestado (Spassky vs Fischer, partida 21, 31 de Agosto de 1972). E uma vez que o Americano mais cotado não é um supercomputador, passarão pelo menos mais dois.

Na rodada seis de hoje do campeonato mundial de xadrez de 2018, Fabiano Caruana pressionou para um final de peça-por-três-peões, mas não viu uma vitória forçada incrivelmente opaca contra Magnus Carlsen.

Sim, o supercomputador Norueguês "Sesse" anunciou mate em 30, mas até os grande mestres que comentavam não conseguiam entender todas as complexidades da oportunidade desperdiçada.

Magnus Carlsen

Foi um tipo de dia de coçar a cabeça para Magnus Carlsen. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

Conta o GM Ian Rogers entre eles. O veterano jornalista foi aquele que informou Carlsen de que a sua fortaleza não deveria ter conseguido resistir, mas então até ele teve dificuldade em explicar todas as possibilidades.

"Eu não vou discordar dos computadores, eu simplesmente não compreendo," disse Carlsen após ter sido informado de que 68...Bh4 era a chave.

Ian Rogers

O GM Ian Rogers quebra a notícia para Carlsen, e então tenta mostrar porque é que Carlsen estaria a perder, apenas para ter dificuldade com a miríade de nuances. Mas ele está em boa companhia: o GM Peter Svidler também não conseguiu explicar completamente, e isso foi com o "Sesse" em frente de si! | Foto: Mike Klein/Chess.com.

O confronto está agora empatado 3,0-3,0 após seis partidas, com com cada partida terminando empatada na primeira metade. Depois do dia de descanso de amanhã, Carlsen recebe a segunda metade da sua "dupla de Brancas," embora o jogador que faz o primeiro lance não tenha tido nisso um grande prazer em Londres. As Pretas têm sido pelo menos igual, e na maior parte do tempo de preferir, durante a primeira meia-dezena de partidas.

"Magnus não tem conseguido mostrar nada de Brancas. E hoje de novo," disse Maxime Vachier-Lagrave no programa em direto do Chess.com, que atingiu quase 50.000 espectadores simultâneos. O jogador Francês mais cotado disse que a tentativa de Carlsen de obter uma vantagem de abertura tinha sido "ingénua."

Fabiano Caruana

Ao contrário da década de 1980, esta "Mão de Deus" não consegue colocar a bola no fundo da rede. A defesa de Fabiano Caruana de Pretas tem decorrido perfeitamente bem. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

Muito antes da moagem de seis-horas, a segunda mais longa do confronto, Carlsen jogou o seu terceiro lance de abertura diferente. E com certeza, depois de 1. e4 Caruana respondeu com o seu auxiliar do século 19, Alexander Petroff. Isto respondeu à questão de se o pretendente se iria afastar da sua defesa fiel, apesar de algumas variantes terem sido mostradas como parte da sua base de dados no agora infame vídeo divulgado.

Depois de Caruana ter jogado 2...Cf6 em vez de 2...Cc6, Carlsen parou brevemente e virou-se para os fotógrafos, tal como ele tinha feito depois de 6. b4 no dia anterior. O lance pode não ter sido uma surpresa, mas em vez disso deve ter parecido como um desafio—de tentar derrotar o seu pretendente com a sua melhor arma defensiva.

Magnus Carlsen

Carlsen quer ansiosamente saber mais sobre o final. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

A partida tornou-se rapidamente numa de cavalos loucos, com os corcéis fazendo umas espantosas 75 porcento das primeiras 20 jogadas dos jogadores na variante pouco convencional. A certa altura, Caruana fez sete lances de cavalo consecutivos, e 10 dos seus primeiros 14 lances foram feitos pelos seus cavalos.

Até que ponto foi estranho? Foram precisos sete lances para o cavalo de ala de rei de Caruana ir de g8 para e7, um processo que é claro normalmente requer apenas um único salto. Infelizmente, a partida estabilizou-se rapidamente numa estrutura simétrica de peões que pareceu mais como uma Troca Francesa.

"Eu penso que a abertura foi relativamente inócua e eu obtive uma posição bastante próxima de estar igual; talvez esta tenha sido um pouco pior," disse Caruana. "Parece muito desajeitada mas infelizmente esta conduz a uma posição muito enfadonha."

A partir dali, o Americano suplantou o seu rival, que continuou com demasiada passividade a tentar evitar uma troca de cavalo-por-bispo. Caruana trocou um peão lateral por um peão central, fiel ao relatório de reconhecimento de Carlsen de que o seu oponente favorece o centro (havia uma linha em que Caruana podia ter ido em vez disso atrás do peão-a, mas ele queria o peão-d).

Pouco depois, Carlsen disse que ele foi mais ou menos forçado a entrar nas vicissitudes de um final onde ele ofereceu uma peça por três peões, mas ele nem sequer se apercebeu que na verdade tinham sido apenas dois peões. Isso foi rapidamente reduzido para um único peão antes do Norueguês ter fabricado uma fortaleza quase-invencível que poderia apenas ser desmoronada com o mais prodigioso poder de computação.

Magnus Carlsen Fabiano Caruana

Os jogadores não conseguiam tirar os seus olhos do ecrã de computador do GM Danny King. Há bastante a desembrulhar do final de hoje. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

"Não é o tipo de coisa que tu preferes fazer quando tu tens alternativas razoáveis, portanto eu não sei que mais eu poderia ter feito ainda assim, disse Carlsen depois de tomar o peão. "Eu não me senti muito satisfeito de o fazer, especialmente depois de perceber que estava a perder um peão, mas nessa altura eu não sei se haviam muitas alternativas."

Sam Shankland

Aqui está a linha vitoriosa jogada até ao mate, encontrada com a ajuda de Sesse, Stockfish, e das bases de dados de finais.

Mais tarde Carlsen riu-se da primeira pergunta na conferência de imprensa, que foi quase tão garantida como a Petroff de Caruana.

"Eu sabia que ia obter essa pergunta!" disse Carlsen sobre se ele acredita agora em fortalezas (uma referência à sua declaração no último campeonato mundial de que ele "em geral não acredita nestas). "Então...ainda bem que elas existem, não é verdade?"

"Agora eu acredito nelas (também)," disse Caruana.

Se tivesse acabado num mate de bispo+cavalo, tinha Caruana tido de se provar numa situação destas antes?

"Eu tive-o algumas vezes e eu nunca tive problemas até agora," disse Caruana.

Fabiano Caruana

A primeira fase da "dupla de Brancas" decorreu bem para Caruana. Ou talvez devêssemos dizer, "Carlsen sobreviveu a sua primeira volta de Brancas?!" tem sido este tipo de confronto invertido. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

"Eu acho que a partir do lance 22 até ao controlo de tempo eu cometi muitos, e muitos erros," disse Carlsen. "…c5 foi uma tentativa de abrir o jogo, doutro modo as Pretas estão ligeiramente pior, e então eu fui simplesmente demasiado casual com esta ideia toda de Bc2 e de Td1."

Ele disse que devia ter mantido o seu bispo em b3 "como nós somos ensinados" em posições de peão de dama isolados. "Eu desperdicei tantas coisas. Eu fico apenas satisfeito de ter conseguido salvar a partida," diss ele.

Então porque é que as Pretas continuam a ter tão bons resultados?

"Eu acho que a razão é que talvez seja um pouco mais fácil de ser descuidado de Brancas uma vez que tu tens mais espaço para errar," disse Carlsen. "Como hoje, eu suponho que fui provavelmente um pouco influenciado pelo facto de que eu tinha as peças brancas. De Pretas eu provavelmente teria jogado com mais cuidado no meio-jogo."

O encontro de hoje teve também alguma da habitual intriga de um campeonato mundial. Um oficial de testes de droga da FIDE chegou como agendado, pronto para testar os jogadores após a conclusão da partida.

Além disso, antes da rodada, as cadeiras dos jogadores foram analisadas para dispositivos electrónicos, semelhantemente a outros confrontos para o título da história, incluindo o último a incluir um Americano. Recorda que Bobby Fischer teve a sua cadeira vindo da Islândia, e esta era tão confortável que Boris Spassky pediu por uma, também.

null

Uma cadeira de jogador: Aparentemente não antecipadamente aprovada pela Administração da Segurança nos Transportes. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

"O Campeonato de 2018 é o evento de xadrez mais protegido da história, tanto em segurança regular como em medidas avançadas de anti-fraude e de jogo limpo," disse o CEO do World Chess Ilya Merenzon num comunicado de imprensa. A sua organização contratou a famosa agência de detetives Pinkerton para assistir com a segurança. "A Pinkerton emprega a tecnologia mais avançada, mas isso é bastante justificado dado o interesse que este confronto está a gerar, e no aumento em apostas e no perfil global do evento."

Talvez seja bom que Caruana não tenha encontrado o difícil trajecto para a vitória. A Pinkerton poderia ter tido que prestar contas ao 13º campeão mundial:

Alguns dos protocolos de segurança no evento parecem desnecessariamente severos, enquanto que outros são simplesmente estranhos (os jornalistas podem levar telefones para a sala de jogo, desde que estejam dentro de sacos de plástico transparentes que são fornecidos, mas é claro que um aplicativo poderia estar a funcionar mesmo sem a capacidade de manipular o ecrã).

Magnus Carlsen

Assistência dos deuses Gregos aparentemente permitida: Carlsen incorpora Nike. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

Se ou não a assistência da Pinkerton é de facto necessária é discutível, mas de acordo com o segundo de Caruana o GM Cristian Chirila, do que os jogadores precisam mais é um do outro.

"Magnus precisa de Fabiano," disse Chirila. "Fabiano precisa de Magnus. E o mundo do xadrez precisa de ambos."

Ele acrescentou que o mundo do xadrez precisa também duma vitória. Hoje, quase que a obteve. Mas pelo menos esta foi uma batalha.

Fabiano Caruana

Caruana quase que se tornou hoje no jogador de rating mais alto do mundo. | Foto: Mike Klein/Chess.com.

Para acompanhar o confronto, o Chess.com tem uma cobertura extensiva, incluindo relatórios diários da partida em dias de jogo aqui mesmo em Chess.com/news. Podes acompanhar todos os lances em direto no Chess.com/wcc2018 e observar os comentadores mais conhecidos do Chess.com, o IM Danny Rensch e o GM Robert Hess, tanto em Twitch.tv/Chess ou em Chess.com/TV. Convidados especiais, incluindo os GM Hikaru Nakamura, Maxime Vachier-Lagrave, Wesley So, Sam Shankland e outros irão participar na cobertura em direto em dias diferentes.

Em adição, o GM Alex Yermolinsky fará um vídeo de resumo de cada rodada, disponível imediatamente após cada rodada em todas as tuas favoritas plataformas sociais (Twitch, YouTube, Facebook e Chess.com). 

O atual campeão dos EUA o GM Sam Shankland irá oferecer uma analise escrita em profundidade de cada partida nos nossos relatórios.

O GM Yasser Seirawan irá partilhar em vídeo as suas reflexões sobre o resultado do confronto e a técnica e psicologia de como os jogadores abordam cada partida, exclusivo para membros do Chess.com, em cada um dos dias de repouso.


Relatórios anteriores:


Gostarias de receber mais conteúdo de xadrez em Português? Segue estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de FM MikeKlein
Arch Bishops Capturam 2º Título na PRO Chess League

Arch Bishops Capturam 2º Título na PRO Chess League

Nakamura Conquista 5º Campeonato dos EUA

Nakamura Conquista 5º Campeonato dos EUA