Notícias
Karjakin foi banido por 6 meses e ficará de fora do Torneio de Candidatos
Sergey Karjakin. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Karjakin foi banido por 6 meses e ficará de fora do Torneio de Candidatos

PeterDoggers
| 9 | Enxadristas

O Comitê de Ética e Disciplina da FIDE (EDC) proibiu Sergey Karjakin de participar de todos os torneios da FIDE por seis meses. O grande mestre russo de 32 anos, que é um fervoroso defensor do presidente russo, Vladimir Putin, foi punido por seus comentários recentes nas redes sociais e ficará fora do Torneio de Candidatos da FIDE deste ano.

A Câmara de Primeira Instância do Comitê de Ética e Disciplina da FIDE (EDC), composta por Yolander Persaud (Guiana), Ravindra Dongre (Índia) e Johan Sigeman (Suécia) como Presidentes, decidiu por unanimidade que Karjakin violou o Artigo 2.2.10 do Código de Ética da FIDE. A sanção é uma proibição a nível mundial de seis meses de participar como jogador em torneios de xadrez válido para rating FIDE e tem efeito a partir de 21 de março de 2022.

O artigo específico do Código de Ética estabelece o seguinte:

"(…) A ação disciplinar será tomada de acordo com este Código de Ética nas situações em que determinadas ações coloquem o xadrez, a FIDE ou suas federações em uma posição injustificadamente desfavorável, prejudicando sua reputação."

Em um documento de 10 páginas (aqui em PDF), os membros do Comitê de Ética e Disciplina escreveram o seguinte:

As declarações de Sergey Karjakin sobre o conflito militar em curso na Ucrânia provocaram uma série de reações nas redes sociais e em outros lugares, em grande parte negativas, em relação às opiniões expressas por Sergey Karjakin. (...)

Uma condição necessária para que sua culpa seja estabelecida é que as declarações tenham chegado ao domínio público. Esse conceito, relacionado às cláusulas de descrédito do esporte, não afeta o mundo em geral, mas o esporte que envolve o acusado, neste caso, o xadrez. As informações sobre a conduta do acusado, mesmo que não tenham sido publicadas nas mídias, mas que tenham sido do conhecimento de pessoas envolvidas no mundo do xadrez, serão consideradas de domínio público e obedecerão ao elemento de exposição pública. A Câmara do Comitê de Ética e Disciplina determinou que esta condição seja cumprida no presente caso.

A Câmara do Comitê de Ética e Disciplina resolve que, de acordo com o referido contexto, as declarações de Sergey Karjakin, expressas por livre e espontânea vontade, e que podem ser vinculadas ao jogo de xadrez, prejudicam a reputação do jogo de xadrez e/ou da FIDE. Além disso, prevê-se que tais declarações também prejudiquem a reputação pessoal de Sergey Karjakin.

Karjakin afirmou inicialmente que não apelaria da decisão na Câmara de Apelações do Comitê de Ética e Disciplina. Mas agora, Andrey Filatov, presidente da Federação Russa de Xadrez, anunciou que será apresentado um recurso em breve.

Karjakin, que nasceu em Simferopol na Península da Criméia e mudou de federação da Ucrânia para a Rússia em 2009, venceu o Torneio de Candidatos da FIDE de 2016. No início de março, os torneios Norway Chess e London Chess Classic, bem como o Grand Chess Tour, decidiram não convidar Karjakin para seus torneios, pois ele continua apoiando a guerra da Rússia na Ucrânia.

Reação de Karjakin

Logo após a notícia, Karjakin postou o seguinte em seu canal no Telegram:

Uma decisão esperada, mas não menos embaraçosa por isso, da FIDE. Abusaram de todos os critérios de seleção normalmente aplicados no esporte, bem como do princípio básico de que esporte não se mistura com política.

Passei pela seleção mais difícil, através da Copa do Mundo, para o Torneio de Candidatos. Ganhar este torneio me daria a chance de jogar o match do Campeonato Mundial. Infelizmente, a FIDE não me desonrou, mas a si mesma. E agora podemos nos convencer de que as autoridades esportivas internacionais, que baniram atletas olímpicos russos com ou sem provas nos últimos anos, também chegaram ao xadrez, que sempre se manteve longe dessa anarquia.

E o que é mais importante. Em primeiro lugar, sou um patriota do meu país. E apenas em segundo lugar, um atleta. Se eu fosse confrontado novamente com a escolha de apoiar o presidente da Rússia, o povo e o exército, faria exatamente a mesma coisa. Não me arrependo de nada.

Muito obrigado aos meus fãs do mundo todo, de quem recebo muito apoio! A vida certamente colocará tudo em seu lugar.

Shipov não foi sancionado

O GM Sergei Shipov, um conhecido comentarista de xadrez russo e também um defensor do governo russo durante a guerra, não foi sancionado. Os membros da comissão explicaram:

Comparado a Sergey Karjakin, Sergei Shipov é muito menos conhecido e, portanto,  tem menos alcance do que Karjakin. Além disso, as declarações de Sergei Shipov têm um caráter ligeiramente diferente e menos provocativo do que as de Karjakin. Em uma avaliação geral do possível impacto negativo no jogo de xadrez e/ou na FIDE, a Câmara do Comitê de Ética e Disciplina não está suficientemente convencida de que as declarações de Sergei Shipov se qualifiquem como uma violação do artigo 2.2.10.

Ding Liren

Karjakin ficando de fora do Torneio de Candidatos da FIDE (16 de junho a 7 de julho de 2022 em Madri, Espanha) abre uma oportunidade inesperada para o GM Ding Liren, o atual número três do mundo, que não pôde jogar o Grand Prix da FIDE devido a problemas de visto e, portanto, não conseguiu se classificar para o Candidatos. O regulamento (aqui em PDF) prevê o seguinte:

2.3 Em caso de necessidade de substituição, será convidado o jogador com maior rating de acordo com a lista de rating da FIDE de maio de 2022, desde que tenha disputado pelo menos 30 partidas clássicas e válidas para cálculo de rating no período de junho de 2021 a maio de 2022.

No entanto, Ding agora enfrenta o problema de ter disputado apenas quatro partidas válidas para rating neste período e, portanto, precisa jogar mais 26 partidas até maio.

PeterDoggers
Peter Doggers

Peter Doggers joined a chess club a month before turning 15 and still plays for it. He used to be an active tournament player and holds two IM norms.

Peter has a Master of Arts degree in Dutch Language & Literature. He briefly worked at New in Chess, then as a Dutch teacher and then in a project for improving safety and security in Amsterdam schools.

Between 2007 and 2013 Peter was running ChessVibes, a major source for chess news and videos acquired by Chess.com in October 2013.

As our Director News & Events, Peter writes many of our news reports. In the summer of 2022, The Guardian’s Leonard Barden described him as “widely regarded as the world’s best chess journalist.”

In October, Peter's first book The Chess Revolution will be published!


Company Contact and News Accreditation: 

Email: peter@chess.com FOR SUPPORT PLEASE USE support@chess.com!
Phone: 1 (800) 318-2827
Address: PO Box 60400 Palo Alto, CA 94306

Mais de PeterDoggers
Arjun Erigaisi ocupa brevemente o 5º lugar do mundo após vencer o Menorca Open

Arjun Erigaisi ocupa brevemente o 5º lugar do mundo após vencer o Menorca Open

Título honorário de Grande Mestre concedido postumamente a Sultan Khan

Título honorário de Grande Mestre concedido postumamente a Sultan Khan