So Ainda Lidera o Grand Chess Tour de Leuven

So Ainda Lidera o Grand Chess Tour de Leuven

Depois de dois dias de jogo Wesley So lidera no 'Seu Próximo Lance" Grand Chess Tour em Leuven, Bélgica. Como "o jogador mais consistente" de acordo com Nigel Short, So marcou 10 pontos de uns possíveis 12. Os outros dois participantes de Paris estão logo a seguir, com 8 pontos cada um: Maxime Vachier-Lagrave e Magnus Carlsen.

So hoje na sua partida com Anand. | Foto: Maria Emelianova.

O início do dia dois em Leuven foi marcado por outra asneira. Vassily Ivanchuk perdeu cedo a sua partida quando uma dama perigosa meio que tinha nela um defeito táctico.

Anish Giri: "É típico, sabe? Parece quando você está no Facebook e você agradece pelos parabéns depois que recebe mais de 50 comentários porque as pessoas viram que foi seu aniversário. Isto foi uma espécie de parabéns de aniversário post-mortem também."

Sobre o lance fatal na ala de dama por Ivanchuk, Giri disse: "Se você não tem planos mas ainda é ambicioso, como o meu oponente era, você começa a inventar coisas."

null

Ivanchuk ofereceu a Giri um presente de aniversário atrasado. | Foto: Maria Emelianova.

Wesley So manteve a sua liderança com uma vitória sobre o infeliz Baadur Jobava. A partida começou com uma ideia muito esperta de So envolvendo Harry o peão-h mas depois as damas foram trocadas e as Pretas estavam bem no final.

Enviando o seu cavalo numa longa viagem através do território inimigo, Jobava era aquele que jogava para uma vitória, mas na realidade ele fez as coisas difíceis para ele mesmo. Porém ainda era um empate pouco antes do fim.

So compreendeu o jogo do seu oponente: "Você quer tentar inverter a tendência com uma vitória. Há sempre pressão extra. Não é agradável de estar no fundo da tabela, como eu posso dizer por experiência própria".

null

Apesar das suas três derrotas na Quarta-feira Jobava entrou na arena bem disposto. | Foto: Maria Emelianova.

Levon Aronian lutou para regressar aos 50% com uma boa vitória sobre Vishy Anand. A fase tática, que incluiu alguns lances brilhantes de ambos os jogadores, consumiu um pouco demais de tempo para o cinco-vezes campeão do mundo. No final ele realmente precisava de mais tempo, na medida em que ele não conseguiu encontrar os melhores lances para empatar a partida.

null

Fato: Aronian ainda não empatou uma partida em Leuven. | Foto: Maria Emelianova.

A rodada cinco viu uma cadeira permanecer vazia por 3,5 minutos porque Baadur Jobava simplesmente chegou atrasado! Ele iria eventualmente perder para Maxime Vachier-Lagrave e obter a sua quinta derrota consecutiva. Short: "Jobava está atordoado. Já não se deviam colocar homens atordoados na frente da batalha."

Magnus Carlsen continua jogando tanto de óculos como sem eles, e mudando também as suas aberturas. Ele jogou a Pássaro (1.f4) contra Vladimir Kramnik, sem óculos, mas de certeza que não foi por distração.

De fato, o comentarista local Nigel Short ofereceu uma explicação possível para o seu primeiro lance. Ele contou uma história sobre o jantar de encerramento na Noruega, em que Short estava a mesma mesa que Carlsen e Kramnik.

Nesse, Carlsen disse que um dos jogadores do passado que o tinham influenciado é o extraordinário grande-mestre Dinamarquês Bent Larsen. Kramnik então disse que Larsen não é levado a sério na Rússia, onde ele é considerado como um jogador de café!

Jogar 1.f4 (como Larsen por vezes fez) e vencer, foi uma maneira fantástica de acabar com aquela conversa.

null

Carlsen batendo Kramnik no estilo de Bent Larsen. | Foto: Maria Emelianova.

25.Rg1 foi um lance bonito que expressou satisfação com a forma a partida se tinha desenvolvido. "Eu senti que estava ganhando mais e mais controle da posição," disse Carlsen sobre essa fase. "Então... eu não pensei que estava vencendo mas a posição pareceu mais agradável. É claro que quando eu obtive 37.a5, esse peão vai possivelmente ser imparável."

Perguntado sobre se esta partida foi no estilo de Carlsen, explorando uma pequena vantagem e vencendo depois com técnica de finais, o Norueguês replicou: "Eu não acho que tenha tido nada a ver com técnica de finais; isto foi tudo o meio-jogo. Uma vez que eu entrei no final eu estava a vencer."

Carlsen sorriu quando disse isso. "Foi agradável ter uma vitória e também uma de alguma qualidade. Eu estou me sentindo otimista com o resto [do torneio]."

Entre partidas Carlsen enviou tweets sobre o seu primeiro lance e ao fazê-lo ele pareceu estar a fazer uma referência ao [desenho animado] 'Family Guy.'

Levon Aronian não trouxe para Leuven a grande forma que ele tem vindo a mostrar nos torneios de Grenke e Norway Chess. Ele baixou para menos-um com uma derrota contra Ian Nepomniachtchi, que jogou uma excelente partida e manteve o seu oponente sobre pressão através desta. Como as Pretas poderiam segurar o empate foi difícil de ver.

null

Aronian e Nepomniachtchi discutindo a sua partida (ou imagine sua própria legenda.  ) | Foto: Maria Emelianova.

No combate de jogadores mais perto dos 50 anos do que dos 40 (ou de outra forma: lendas do xadrez que continuam a jogar fortemente a um alto nível) Vishy Anand recuperou com uma vitória regular sobre Vassily Ivanchuk.

De fato, a partida pareceu mais como uma aula avançada em como jogar a Pirc, usando a Ataque Austríaco. Foi instrutivo ver como o Indiano lidou com a atividade na ala de dama das Pretas e depois decidiu o assunto no outro lado do tabuleiro.

null

Uma vitória bastante convincente para Anand. | Foto: Maria Emelianova.

O torneio tornou-se um verdadeiro desastre para Baadur Jobava, que perdeu a sua sexta partida. É um mau sinal quando o vice-campeão Europeu perde um lance como 14.e5, e, falando sinceramente, não precisa ser Magnus Carlsen para vencer esta partir aí.


null

Os óculos do campeão do mundo voltaram para a partida com Jobava. | Foto: Maria Emelianova.

O início do encontro entre Vassily Ivanchuk e Ian Nepomniachtchi foi simplesmente fascinante. Falando de xadrez de café!

"Ok, eu tenho h4, ou h3, mas isso pareceu normal. Eu queria criar algo original," disse Ivanchuk sobre a sua extraordinária decisão de permitir ...h3 e colocar o bispo em e4.

O GM Ucraniano então explicou para Maurice Ashley que, durante aquela fase, ele estava pensando sobre uma partida online que ele jogou uma vez contra Alexander Morozevich. Depois de descrever  os seus pensamentos sobre isso, duma forma bizarra Ashley o interrompeu e terminou a entrevista, deixando ambos Ivanchuk e os espectadores perplexos.

null

Vassily Ivanchuk no meio de um monólogo magnífico. | Foto: Maria Emelianova.

Em todo caso, a ideia de Ivanchuk deu de certo modo resultado na partida, embora levasse algum tempo para se tornar clara. 29.Db6 foi uma avaliação maravilhosa do (pequeno) risco em que o rei branco estava enquanto corria para a ala de dama. A partir daí, Ivanchuk esteve em controle.

null

Ivanchuk marcou a sua segunda vitória do torneio. | Foto: Maria Emelianova.

Wesley So se certificou de ir para a último dia de rápidas com uma vantagem de dois-pontos. Ele conseguiu vencer um final de torre com a vantagem de um peão contra Vishy Anand, e está claramente jogando melhor xadrez do que em Paris.

"Está na hora de andar para a frente," disse So. "Eu acho que já nos esquecemos do torneio de Paris. E aprendi algumas lições com as minhas derrotas lá."

Comecemos a partida quando um lance de bispo bastante extraordinário por Anand foi respondido com uma tática muito interessante.

null

O líder do torneio após dois dias de jogo. | Foto: Maria Emelianova.

Descrever o torneio de Levon Aronian como inconstante seria insuficiente. Depois de bater Vladimir Kramnik numa partida louca a sua pontuação é 0, 1, 0, 1, 0, 1! 

"Nós estávamos ambos fazeno asneiras continuamente e eu acho que ele foi o último a fazer uma asneira. Isto foi uma façanha para nós dois," disse ele sobre a sua vitória na rodada seis. Na realidade não foi assim tão ruim; Aronian, por exemplo, só cometeu um lapso.

Aronian, que está se recuperando de uma gripe ("Quando você tem sorte, esta é a melhor motivação!"), disse que o controle de tempo, e especialmente o retardamento em vez de incremento, influencia o torneio, mas os jogadores irão ter que lidar com isso. "Somos adultos. Iremos nos acostumar lentamente. Você consegue fazer jogadores de xadrez jogar qualquer tipo de jogo, desde que as peças se movam da mesma maneira."

null

Kramnik esteve com problemas terríveis de tempo. | Foto: Maria Emelianova.

O Seu Próximo Lance (Leuven) Grand Chess Tour | Rápidas, Rodada 6

# Fed Nome Rtg Perf 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 Pts SB
1 So,Wesley 2789 3057 1 2 1 2 2 2 10.0/12
2 Vachier-Lagrave,Maxime 2783 2895 1 1 1 2 1 2 8.0/12 9.75
3 Carlsen,Magnus 2851 2887 0 1 2 1 2 2 8.0/12 8.25
4 Giri,Anish 2764 2833 1 1 0 2 1 2 7.0/12 11.25
5 Nepomniachtchi,Ian 2766 2819 2 2 0 0 1 2 7.0/12 7.50
6 Aronian,Levon 2780 2775 0 0 0 2 2 2 6.0/12
7 Anand,Viswanathan 2775 2716 0 1 2 0 2 0 5.0/12 7.75
8 Ivanchuk,Vassily 2757 2716 0 1 0 2 0 2 5.0/12 5.50
9 Kramnik,Vladimir 2789 2671 0 1 0 1 0 2 4.0/12
10 Jobava,Baadur 2703 1988 0 0 0 0 0 0 0.0/12

Você pode assistir ao Grand Chess Tour no www.chess.com/tv, e às partidas no www.chess.com/live  a partir de amanhã das 14:00 Europa central, 08:00 Nova Iorque ou 05:00 hora do Pacífico.

Comentário será oferecido pelo GM Maurice Ashley e GM Nigel Short em Leuven, e o GM Yasser Seirawan, IM Jovana Houska & GM Christian Chirilla em St Louis.

O torneio de partidas rápidas é um torneio de liga com partidas de 25 minutos e um retardamento de 10-segundos a partir do lance-um. O torneio de partidas blitz é um torneio de liga duplo com partidas de cinco minutos e um retardamento de três-segundos a partir do lance-um. O fundo de prêmios é de 150.000 dólares, com o primeiro prêmio de 37.500 dólares.


Relatórios anteriores:


Quer receber mais conteúdo de xadrez em Português? Siga estes canais!

null  /chesscom.pt null  /chesscom_pt null  /chesscomPT null  /chesscom_xadrez
Mais de PeterDoggers
Com Só 3 Vitórias em Tabuleiros a Rússia Lidera Equipas Europeias

Com Só 3 Vitórias em Tabuleiros a Rússia Lidera Equipas Europeias

Kramnik Sobre a Carta Coringa dos Candidatos: 'Muito Provavelmente a Minha Última Chance'

Kramnik Sobre a Carta Coringa dos Candidatos: 'Muito Provavelmente a Minha Última Chance'