Notícias
Notícias
Acordo entre Gaprindashvili e Netflix no caso "O Gambito da Rainha"
Nona Gaprindashvili em 1975. Foto: Hans Peters/Arquivo Nacional Holandês.

Acordo entre Gaprindashvili e Netflix no caso "O Gambito da Rainha"

PeterDoggers
| 0 | Jogadores de Xadrez

O processo de difamação da GM Nona Gaprindashvili contra a Netflix terminou com um acordo entre as partes sem que mais detalhes fossem divulgados publicamente. O acordo veio oito meses depois que um juiz rejeitou a alegação da empresa de streaming e produção de que, como O Gambito da Rainha é uma obra de ficção, estaria imune a processos por difamação.

De acordo com o The New York Times, na terça-feira, 6 de setembro, os advogados de Gaprindashvili apresentaram documentos ao tribunal federal sugerindo que o acordo havia ocorrido, também apresentando uma moção para retirar voluntariamente o processo. Advogados de ambos os lados dizem que estão "satisfeitos que o assunto tenha sido resolvido".

Gaprindashvili (81) é a quinta campeã mundial de xadrez feminino, bem como a primeira jogadora a conquistar o título de grande mestre. Em setembro do ano passado, ela processou a Netflix por difamação e "invasão de privacidade" em resposta a uma afirmação feita na série O Gambito da Rainha de que ela "nunca enfrentou homens" no tabuleiro. De fato, a lenda do xadrez georgiano enfrentou vários homens em sua carreira, incluindo três campeões mundiais: os GMs Mikhail Tal, Boris Spassky e Viswanathan Anand.

A Netflix queria que o processo fosse arquivado, alegando que a série é uma obra de ficção. No entanto, a juíza distrital dos EUA, Virginia A. Phillips, discordou e observou que Gaprindashvili havia dado um argumento plausível de que ela foi difamada em O Gambito da Rainha e afirmou que obras de ficção não estão imunes a processos de difamação se mencionarem pessoas reais.

A Netflix também alegou que a frase que diz que Gaprindashvili "nunca enfrentou homens" não é difamatória, mesmo que tenha sido levada a sério pelo espectador. A empresa argumentou que, para um espectador razoável, essa fala não implicaria a inferioridade de Gaprindashvili, mas apenas destacaria as barreiras que impediam as mulheres de acessar o xadrez de elite na década de 1960. A juíza discordou desse argumento, afirmando que para o espectador médio essas palavras podem parecer depreciativas.

O Gambito da Rainha, uma série baseada no romance de Walter Tevis, de 1983, foi lançada em outubro de 2020 e foi assistida por mais de 62 milhões de famílias apenas no primeiro mês após seu lançamento. Ganhou dois Globos de Ouro e 11 Primetime Emmy Awards, incluindo Melhor Minissérie.


Veja também:

Mais de PeterDoggers
Título honorário de Grande Mestre concedido postumamente a Sultan Khan

Título honorário de Grande Mestre concedido postumamente a Sultan Khan

Abdusattorov e Gukesh lideram o Tata Steel Chess Masters

Abdusattorov e Gukesh lideram o Tata Steel Chess Masters