Ataque Max Lange

Ghandybh
Ghandybh
Dec 16, 2010, 12:14 PM |
0

HOJE, falaremos sobre o ataque Max Lange, achei quatro vídeos sobre o mesmo no YOUTUBE, feitos
pelo webertypoker, muito legais e de excelente conteúdo técnico. Completei com uma analise do JULIO LAPERTOSA, que gentilmente analisou esta abertura sensacional no seu antigo site:

O ataque Max Lange pode ser alcançado a partir de diversas aberturas. Abertura do Centro, Abertura Escocesa, Defesa dos 2 cavalos, Abertura Italiana. Para conseguir inverter para as linhas que desejamos deve ser estudada em conjunto com a Defesa dos 2 Cavalos e a Abertura Italiana.

Karaklaic x Hall, Bognor Regis, 1968.
1. e4 e5 2. Cf3 Cc6 3. Bc4 Cf6 {As negras conseguem bom jogo com a defesa dos 2 cavalos, mas deixam diversas opções para as brancas.} 4. d4 {Outras opções são 4.Cg5 ou seguir caminhos mais tranquilos com 4.d3} 4... exd4 5. e5 (Também possível era 5. Cg5. Além das inversões de uma linha para outra é importante perceber as semelhanças de linhas diferentes. O ataque 'fegatelo' visto em Fine x Epstein na defesa dos 2 cavalos as brancas não jogam 4.d4 no lance anterior e sim 4.Cg5 direto, mas as duas linhas tem semelhanças. Esta variante com 4.d4 e 5.Cg5 é interessante. Dá bom ataque as brancas(veja Fischer x Grunberg na defesa dos 2 cavalos. Por ex 5.Cg5 d5 6. exd5 De7+ {Caso 6...Cxd5? 7.Cxf7+! Rxf7 8.Df3+ com grande vantagem das brancas} 7. Rf1 {Se 7.Be2 Cxd5 ou 7.De2 Cb4 8.Ca3 Cbxd4 as negras tem bom jogo em ambos os casos.} 7... Ce5 8. Dxd4 h6 9. Ce4 Cxc4 10. Cxf6+ Dxf6 11. Dxc4 Bd6 {as negras tem o par de bispos e a má colocação do rei das brancas como compensação do peão a menos. Bucan x Geller, Mundial Seniors, 1992.} 5... d5 6. Bb5 Ce4 7. Cxd4

7...Bc5 (Partindo da Defesa dos 2 cavalos chegamos ao ataque Max Lange)8. O-O Bd7 9. Bxc6 bxc6 {O branco entregou o par de bispos para enfraquecer os peões da ala da dama. Eles podem ser bloqueados nas casas c5 e d4 pelo cavalo e bispo de casas negras, porque o negro não tem peões para defender estas casas. Os peões, como nos vimos, fazem as mais fortes ameaças e portanto são bons defensores. As trocas da abertura deixaram o negro com suas casas negras centrais fracas, que o branco efetivamente explorou na partida.} 10. Be3 O-O 11. f3 Cg5 12. Dd2 f6 {A alternativa 12...Ce6 permite ao branco trocar a chave da defesa negra: os defensores das casas negras, seu bispo e seu cavalo. O bispo que restaria estaria preso pelos peões de mesma cor em c6 e d5. Este é o ponto estratégico da partida. O negro tem que mobilizar seus peões para ativar seus bispos. O branco tem que bloqueá-los e dar um forte posto avançado para seu cavalo.} 13. Rh1 Ce6? {Permitindo ao branco a chance de realizar seu plano estratégico. O melhor plano para o negro era jogar h6, apoiando seu cavalo e liberando seu peão 'f'. O negro poderia contiuar com De7 para apoiar o avanço de seu peão 'c' e atacar o peão 'e'.} 14. Cxe6 Bxe3 15. Cxd8 Bxd2 16. Cxd2 Taxd8 17. exf6 Txf6 18. Cb3 {O branco efetivamente tem um peão a mais. Seu cavalo restringe os peões negros da ala da dama enquanto seus peões da ala do rei ganham dos negros de 3 x 2. O bispo tem livre domínio das casas brancas, mas elas são quase irrelevantes nesta partida.} 18... Te8 19. Rg1 Bf5 20. c3 Rf7 21. Cc5 {O plano branco começa a ficar claro, ele gostaria de trocar as torres que são a única chance de contrajogo do negro. Então o branco poderá levar seu rei a c5 atacando os fracos peões e prendendo as peças negras na sua defesa e finalmente o branco mobilizará seus peões da ala do rei.} 21... Te2 22. Tf2 Te3 23. Td2 Td6 24. Rf2 Te7 25. Td4 {Não somente prevenindo d4 mas também preparando para alternar para ambas as alas que empurra a tropa negra para dentro de suas trincheiras.} 25...Td8 26. Tf4 Rg6 27. Te1 Txe1 28. Rxe1 Tb8 29. b4 Te8+ 30. Rd2 {O branco progrediu bem em seu objetivo. Defendendo passivamente o negro tenta coordenar sua torre e seu bispo para atacar as casas brancas manobrando seu bispo para c4. A desvantagem disto é que seu próprio campo fica mais vulnerável quando submetido ao ataque.} 30... Bb1 31. a4 Ba2 32. h4 Bc4 33. g4 Te2+ 34. Rd1 Th2 {Os peões brancos criaram uma rede de Mate ao rei negro, enquanto a torre negra escapa.} 35. h5+ Rg5 36. Tf7 {O branco assegurou a vitória agora que ele rompeu as defesas negras. A torre na sétima fila como um tanque que rompe a posição da infantaria e atira para todos os lados, enquanto é invulnerável ao contraataque.} 36... Th1+ 37. Rd2 Th2+ 38. Re1 Th1+ 39. Rf2 Tf1+ 40. Rg2 Tc1 {O negro lutou bravamente para ter contrajogo, mas seu rei esta indefeso agora e o branco inverte o ataque para o assalto direto a ele.} 41. Ce6+ Rh4 42. Cd4 {Habilmente combinando ataque e defesa. O controle das casas negras e a centralização do cavalo é óbvia.} 42... Txc3 43. Txg7 Bd3 44. Rf2 Tc4 45. Re3 Bb1 46. Txc7 Txb4 47. a5 O negro abandonou. As peças negras estão condenadas e o branco pode avançar seus peões. Este é o final quando não há outras peças para cobrir fraquezas ou para criar desvios táticos. A diferenca da qualidade entre as peças fica clara.

Marshall x Capablanca, 1910.

1. e4 e5 2. d4 exd4 3. Cf3 Cc6 4. Bc4 Bc5 5. O-O Cf6 6. e5

6...d5 {Depois de iniciar com um Gambito do Centro chegamos ao Ataque Max Lange.} 7.exf6 dxc4 8. Te1+ Be6 9. Cg5 Dd5 10. Cc3 Df5 11. Cce4 O-O-O 12. Cxe6 (12. g4 De5 {12...Dxd5? 13.fxg7 seguido de 14.Cf6} 13. fxg7 {13.Cxe6 inverte para a linha da partida.} 13... The8 14. Cxc5 Dxc5 15. Cxh7 Tg8 16. Bh6 Ce5 17. Cf6 Cxg4 18. Cxg4 Dh5 19. Txe6 fxe6 com vantagem das brancas.) 12... fxe6 13. g4 De5 14. fxg7 Thg8 15. Bh6 (15. f4? d3+ 16. Rf1 Dd4 com vantagem das negras.) 15... d3! {15...d3! as negras devem jogar ativamente para impedir que as brancas coordenem suas forças.} 16. c3 Be7 {Capablanca com seu jogo posicional conserva o bispo e mantém o peão passado apoiado d3. Melhor era a continuação tática 16... d2 17. Te2 Bb6 as negras tem compensações pelo peão, por ex. 18. Cxd2 Df6 19. g5 Df4 20. Dc2 =) 17. Df3 Dd5 18. Df4 Ce5 19. Cd2 Bd6 20. Te4 {Marshall podia jogar 20.b3 minando o apoio do peão d3. Mas também fiel a seu estilo procura confusões táticas.} 20... Td7 21. De3 Bc5 {Parece melhor 21...Tf7} 22.Txe5! Marshall acha a correta continuação.} 22... Bxe3 23. Txd5 Bxh6 24. Txd7 Rxd7 25. Cxc4 Txg7 {Depois desta longa sequência de trocas Marshall vai conseguir um peão de vantagem.} 26. h3 Bf4 (se 26... Re8 27. Td1 b5 28. Ce5 d2 29. Rf1 Bf4 30. Cf3 h5 31. gxh5 Th7 32. Cxd2 Txh5 33. Cb3 Txh3 34. Cd4 Rf7 35. Cxb5 Marshall mantém um peão de vantagem.) 27. Td1 {Marshall consegue vantagem, e agora o que Capablanca deve fazer?} 27... h5 {Enfraquecer os peões da ala do rei e o melhor caminho para conseguir equilibrar.} 28. Txd3+ Rc6 29. f3 {Mantendo a estrutura de peões da ala do rei com 2 peões ligados as brancas conseguem vantagem.} 29... b5 30. Ca5+ Rb6 31. b4 c5 32. Td8 cxb4 33. cxb4 Tc7? {33...Tc7? Capablanca tinha uma longa e difícil defesa pela frente, mas este erro acelera sua derrota. Com este lance Marshall ganha o peao e6. Se 33... Rc7 34. Td3 hxg4 35. fxg4 as brancas tem vantagem.) 34. Tb8+ Ra6 35. Te8 Tc1+ 36. Rf2 Tc2+ 37. Rf1 Rb6 38. Txe6+ Rc7 39. Te7+ Rd6 40. Te2 {+- Confiante em suas habilidades no final de jogo Capablanca tenta. Mas Marshall realiza com tranquilidade a vantagem de 2 peões.} 40... Tc1+ 41. Rg2 h4 42. Cb3 Tc4 43. Te4 Rd5 44. Cc5 Bd2 45. a3 Bc1 46. Cd3 Bxa3 47. g5 Tc2+ (se 47... Txe4 48. fxe4+ Rxe4 49. g6 +-) 48. Rf1 Tc3 49. Re2 Bc1 50. g6 Bh6 51. Txh4 Bg7 52. Cf4+ Re5 53. Ch5 1-0

Braga, Cicero x Matsuura, Everaldo, São Paulo, 1991.

1. e4 e5 2. Cf3 Cc6 3. Bc4 Bc5 4. O-O

3...d6 (As negras escolhem uma linha mais tranquila.)5. c3 Df6 6. b4 {Uma boa alternativa em que as brancas lutam contra a tentativa das negras de ganhar a iniciativa, buscando elas mesmas a inicitiava.} 6... Bb6 7. a4 a5 8. b5 Cd8 9. h3 Ce6 (9...Dg6 10. Rh1 Dxe4 11. d4 Ce7 12. Bd3 Dd5 13. c4 De6 14. Te1 {As brancas perdem um peão, mas conseguem uma poderosa iniciativa.) 10. d4 Ce7 11. Bxe6 Dxe6 12. Be3 {Braga aposta que é arriscado capturar o peão e4, já que estamos na fase de desenvolvimento e para capturá-lo Matsuura deverá perder diversos tempos.} 12... Dg6 13. Rh1 Dxe4 14. Te1 {A ameaça Bg5 deve ser defendida.} 14... Cf5! {Jogando ativamente. Se 14...Dd5 15. dxe5 Dxd1 16. Txd1 Bxe3 17. fxe3 d5 as negras tem ligeira vantagem devido a melhor formação de peões.) 15. Cxe5! {Braga responde a altura buscando a iniciativa.} 15... O-O {ou 15...Be6 que parece melhor. Se 15... dxe5 16. Bg5 Cg3+ 17. fxg3 Dg6 18. Txe5+ as brancas conseguem grande vantagem.) 16. Cd2 Dh4 17. Cef3 Cxe3 18. Txe3? {Permitindo que Matsuura ganhe um peão. Se 18. Cxh4 Cxd1 19. Taxd1 =) 18...Dxf2 19. Cf1 {Esta era a idéia de Braga. Prender a Dama de Matsuura, mas infelizmente não funciona.} 19... Db2 20. c4 Bf5 21. Te2 Db4 22. Dc1? {22.Dc1? Era necessário 22.Ce3 defendendo c4 antes de jogar Dc1} 22... Bd3 23. Te3 Dxc4 {Incrível, mas este lance que ganha um segundo peão complica as coisas para as negras. Melhor era 23... Bxf1 24. Dxf1 Tae8 25. Txe8 Txe8 26. Dd3 com vantagem das negras.) 24. C1d2 Dxc1+ {forcado.} 25. Txc1 Bf5 26. Cc4 {Em 3 lances as peças brancas conseguiram uma força descomunal.} 26... Be6 (26... Tfe8 27. Cxb6 cxb6 28. Txe8+ Txe8 29. Tc7 Be4 30. Cd2 Bd5 31. Td7 Rf8 32. Txd6 Te2 33. Txd5 Txd2 34. Td7 Re8 35. Txb7 Txd4 36. Txb6 Txa4 37. Ta6 Ta1+ 38. Rh2 Rd7 39. Ta7+ Re6 40. b6 Tb1 41. Txa5 Txb6 =) 27. Cxb6 cxb6 28. Tc7 {as chances das brancas estão na possibilidade de captura dos peões b7 e b6, quando o peão b5 branco ganha grande força.} 28... Tab8 (28... Bd5 29. Cd2 h6 30. Cc4 Bxc4 31. Txc4 Tfe8 32. Txe8+ Txe8 33. Tc7 Te4 34. Txb7 Txd4 35. Txb6 Rf8 36. Ta6 Txa4 37. Txd6 Re7 38. Ta6 Ta1+ 39. Rh2 a4 40. Ta7+ Rd6 41. Txf7 =) 29. Cg5 Bd5 (29... Tfe8 30. Cxe6 Txe6 31. Txe6 fxe6 32. Td7 Tc8 33. Txd6 Rf7 34. Td7+ Rf6 35. Txb7 Tc4 36. Txb6 Txd4 37. Ta6 Txa4 38. b6 as brancas tem boas chances de empate.) 30. Tee7 Tfe8 31. Txe8+ Txe8 32. Td7 h6 33. Txd6 Bb3 34. Cf3 Bxa4 35. Txb6 Bb3 (E 35... Te7 depois de tanta confusão Matsuura não arriscou este lance. A linha abaixo com certeza pode ser melhorada, mas indico uma sequência para realçar que Matsuura tomou a decisão correta levando a partida a um rápido empate a partir daqui. 36. d5 Td7 37. d6 f6 38. Ce1 Td8 {38...Rf7 39.Cd3} 39. Cd3 Bb3 40. Cc5 Bd5 41. d7 Rf7 42. Td6 Bc4 43. Cxb7 Re7 44. Cxd8 Rxd6 45. b6 Ba6 46. b7 Bxb7 47. Cxb7+ Rxd7 +-) 36.Txb7 a4 37. Ta7 Tb8 38. Ta5 Bd5 39. Txa4 Txb5 40. Rg1 Tb2 1/2-1/2

Aqui mais partidas comentadas, sobre o ataque MAX LANGE

FONTE: http://bbs.metalink.com.br/~lapertosa/