Notícias
Carlsen vence o Campeonato Mundial de Xadrez de 2021
Carlsen manteve seu título mundial hoje em Dubai. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Carlsen vence o Campeonato Mundial de Xadrez de 2021

PeterDoggers
| 1 | Cobertura de Evento de Xadrez

O GM Magnus Carlsen venceu o Campeonato Mundial de Xadrez da FIDE 2021 após derrotar o GM Ian Nepomniachtchi na 11ª partida, jogando de Negras. O desafiante cometeu outro grande erro e acabou perdendo pela quarta vez no match. O placar final do match ficou 7½ a 3½ a favor do Carlsen, que ganhou 1,2 milhões de euros, enquanto o desafiante ganhou 800.000 euros.

Como assistir ao Campeonato Mundial de Xadrez da FIDE 2021
Você pode assistir aos vídeos da transmissão do Campeonato Mundial de Xadrez da FIDE 2021 em nossos canais no Twitch e no YouTube. Você também pode encontrar todos os detalhes aqui em nossa plataforma de eventos ao vivo.

"É triste, nós sabemos do que ele é capaz e ele não conseguiu mostrar ao mundo neste match", disse o GM Robert Hess durante a transmissão do Chess.com hoje. O grande mestre e comentarista americano expressou o que parece ser o sentimento geral no mundo do xadrez: que o doloroso colapso do Nepomniachtchi após a sexta partida não refletiu o alto nível que ele havia mostrado na primeira metade deste campeonato ou no Torneio de Candidatos.

Ao mesmo tempo, não havia dúvidas de quem era o melhor jogador, já que Carlsen conquistou de forma convincente seu quinto título. "É claro que em um certo ponto ele não conseguiu mostrar seu melhor xadrez, o que é uma pena para a emoção do match, mas acho que é o que acontece às vezes quando você entra em uma situação difícil", disse o próprio Carlsen. "Toda essa preparação, tudo isso não ajuda necessariamente se você não consegue lidar no momento."

Magnus Carlsen closeup
Carlsen: "Toda essa preparação, tudo isso não ajuda necessariamente se você não consegue lidar no momento." Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

O superstar norueguês ganhou um match a mais do que o primeiro campeão, Wilhelm Steinitz, e o quarto campeão, Alexander Alekhine. Se incluirmos os empates, apenas dois campeões mundiais conseguiram vencer seis matches: o segundo campeão mundial, Emanuel Lasker, e o 13º campeão mundial, Garry Kasparov. A vitória de Kasparov contra o GM Nigel Short, em 1993, foi a última vez que alguém venceu um match com uma diferença de três pontos.

A 11ª e última partida do match foi decepcionante por dois motivos. Para começar, Nepomniachtchi não pareceu se esforçar muito de Brancas em sua última chance séria de conseguir uma vitória. E em segundo lugar, ele cometeu outro erro difícil de explicar em tal nível, o que significava que não veríamos uma partida no sábado.

Pela primeira vez, Nepomniachtchi jogou uma Italiana, uma escolha que fazia sentido. O GM Fabiano Caruana achou que poderia ter sido uma "decisão impulsiva", mas também considerou a abertura "talvez ainda mais desafiadora hoje" do que a Ruy Lopez que tínhamos visto antes, com a vantagem de evitar muitas linhas forçadas.

Ian Nepomniachtchi Dubai 2021
Nepomniachtchi jogou a Italina na partida 11. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Carlsen respondeu com lances sólidos e lógicos e, no início da partida, os comentaristas do Chess.com sentiram que Nepomniachtchi não estava jogando os lances críticos para lutar por uma vantagem. Para começar, 13.Bb5 é mais ambicioso do que o 13.Bxe6 jogado na partida, e ainda mais surpreendente foi o 20º lance de Nepo.

Posição após 19...d5.

Depois de apenas um minuto e meio, o desafiante jogou 20.d4, o que parecia levar a simplificações rápidas. “Não entendo por que ele está jogando tão rápido”, disse Caruana. "Isso indica que Nepo perdeu o interesse."

Não entendo por que ele está jogando tão rápido.
—Fabiano Caruana

Também era possível que após os lances 20...exd4 21.exd5 Te4 22.Dc2 Nepomniachtchi não viu o 22...Tf4, mas se esse foi o caso, era resultado de não gastar tempo suficiente calculando as variantes até o fim, argumentou Caruana.

Isso nos leva a algo que pode ter sido um fator chave na derrota do Nepo, além dos erros táticos: jogar rápido, talvez rápido demais - uma fraqueza conhecida que ele não conseguiu corrigir antes deste match.

O tempo total de reflexão do Carlsen neste match foi de 21 horas e 38 minutos contra 19 horas e 47 minutos do Nepo. Em média, Carlsen gastou dois minutos e 17 segundos por lance; e Nepomniachtchi dois minutos e cinco segundos, em um total de 568 lances.

Ironicamente, Nepomniachtchi pensou por nove minutos e meio antes de cometer o erro.

Posição após 22...Rf4.

Aqui, ele jogou 23.g3?? baseado em 23...fxe3 24.gxf4 exf2+ 25.Dxf2 e as Brancas estão bem, mas ele não esperava, em vez disso, o imediato 24...Dxg4+!. Em seus comentários ao vivo, os GMs Caruana e Anish Giri sugeriram que Nepomniachtchi jogou 23.g3 como forma de desistir do match.

Carlsen, cujo apoio do braço direito da cadeira havia quebrado pouco antes disso tudo acontecer, reagiu visivelmente surpreso mais uma vez. Ele instantaneamente ficou ganho graças a um sacrifício de qualidade que iniciou um ataque ao rei branco.

Hess: "Parece que a vitória foi dada de presente para o Magnus e não é assim que quero lembrar de nenhum evento de xadrez."

Lance do dia: 23...dxe3!!
O lance 23 na partida 11, tanto para as Brancas quanto para as Negras, decidiu todo o match. O último lance das Brancas, 23.g3??, permite um ataque decisivo contra o rei branco que logo será exposto. Com 23...dxe3!! (considerado como brilhante pela Revisão da Partida, mas que provavelmente foi algo natural para o campeão mundial) as Negras sacrificam a qualidade em f4 e jogam por ...Dxg4, ...Cf5, ...Td6, e ganham em um ataque direto ou, como na partida, ganhando material. Reveja os principais momentos da partida, obtenha explicações do treinador virtual, tente novamente os erros e muito mais com a ferramenta revolucionária de Revisão da Partida do Chess.com.
chess world championship

"É difícil marcar mais pontos quando você faz lances tão estranhos que provavelmente nem consideraria em uma partida blitz", disse Nepomniachtchi mais tarde sobre seu terceiro e último grande erro neste match.

Enquanto os organizadores não quiseram perturbar o campeão mundial e decidiram não trazer uma cadeira nova imediatamente, Carlsen não errou no restante da partida com apenas um apoio de braço preso à cadeira. Embora ele tenha deixado passar um ou dois "ganhos" mais rápidos, tornando essa quarta vitória talvez a sua partida mais imprecisa, ele não deixou a vitória escapar e converteu sua vantagem em um final instrutivo de torre.

O campeão mundial venceu o match após sacrificar a qualidade para destruir as defesas do rei adversário. Aprenda como lançar ataques devastadores ao rei inimigo com a WGM Keti Tsatsalashvili!
chess attacking sacrificing

O GM Sam Shankland resumiu o campeonato da seguinte maneira: "Realmente parecia que foram disputados dois matches. Nepo A jogou o primeiro match e, na minha opinião, Nepo A é o segundo melhor jogador do mundo. Nepo B apareceu para o segundo match, e isso foi uma farsa. Eu realmente acho que se ele conseguir trazer o Nepo A para o tabuleiro de forma consistente, ele pode ter a ambição de jogar outro match do Campeonato Mundial e dar ao Magnus uma luta melhor algum dia."

Nepomniachtchi resigns Carlsen game 11
Nepomniachtchi abandona, dando ao Carlsen seu quinto título mundial. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Chess.com Game Of The Day Collection


Placar final

Fed Nome Rtg 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 Placar
Magnus Carlsen 2855 ½ ½ ½ ½ ½ 1 ½ 1 1 ½ 1 - - -
Ian Nepomniachtchi 2782 ½ ½ ½ ½ ½ 0 ½ 0 0 ½ 0 - - -

"Estou muito feliz, é claro", começou Carlsen no início da última coletiva de imprensa, que foi mais longa do que as anteriores. "Não esperava que fosse assim. Acho que foi um desempenho profissional muito bom no geral e não tenho nenhum arrependimento. Estou muito satisfeito."

Acho que foi um desempenho profissional muito bom no geral e não tenho nenhum arrependimento.
—Magnus Carlsen

A visão do campeão mundial sobre o match é semelhante à de Shankland, que também o dividiu em dois: "Depois de cinco partidas, houve cinco empates e eu tive poucas chances de jogar por algo mais", disse Carlsen. "Então tudo se iluminou e acho que depois disso tudo aconteceu do meu jeito."

Magnus Carlsen walking
Carlsen, a caminho da coletiva de imprensa. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Nepomniachtchi disse que foi uma "grande experiência" ter jogado o match, uma experiência que só se pode ter jogando de verdade. Ele sentiu que sua derrota "quase nada teve a ver com xadrez", como explicou: "O match, é claro, consiste em muitos aspectos, quer dizer, não é apenas a preparação para o xadrez [mas também] física, psicológica. Claro, é extremamente tenso, um pouco mais tenso do que eu esperava, mas de qualquer forma a tensão não é [uma desculpa] para ignorar algumas coisas simples que você nunca esqueceria em uma partida blitz. Bem, o que eu posso dizer? Devo descobrir por que isso aconteceu e melhorar."

Nepomniachtchi eyes closed
Nepomniachtchi, pouco antes de abandonar a partida. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

A sexta partida, uma luta heróica e histórica que poderia ter terminado em qualquer direção, foi a partida-chave deste match. No final, Carlsen venceu a partida mais longa da história do Campeonato Mundial e assumiu a liderança. Depois disso, Nepomniachtchi era apenas uma sombra de si mesmo.

Carlsen: "Acho que a sexta partida foi excelente e, independentemente da qualidade de todos os lances, foi uma grande luta e, sim, acho que decidiu tudo. E isso é realmente o principal que eu tiro desse evento."

Além dessa virada no match, Carlsen também achava que tinha jogado com mais precisão: "Acho que em posições simples eu cometo muito poucos erros e isso ajuda tanto em termos táticos quanto posicionais. Nas poucas posições que eram muito complicadas, ambos cometemos erros. Mas ele cometeu o último erro e isso é crucial no xadrez. Acho que o principal fator foi que eu simplesmente joguei melhor em posições relativamente simples."

Magnus Carlsen at the board
Carlsen: "Eu só estava jogando melhor em posições relativamente simples." Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Logo após a partida e antes da coletiva de imprensa, Nepomniachtchi comentou sobre a estratégia de jogo do seu oponente em uma entrevista ao FM Mike Klein do Chess.com: "Fiquei muito intrigado com a estratégia do meu adversário porque ele nunca tentou pressionar, ele nunca tentou jogar por algo real, quero dizer, ele estava apenas tentando igualar todas as posições, não importa se era de Negras ou Brancas, mas às vezes parece que é [o suficiente para] não errar e esperar que seu oponente faça o trabalho sozinho."

Ele nunca tentou pressionar, ele nunca tentou jogar por algo real.
—Ian Nepomniachtchi

Ian Nepomniachtchi
Nepomniachtchi pareceu surpreso com a estratégia de jogo do adversário. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Ao ouvir sobre isso, Carlsen disse: "Acho que em determinado momento sua melhor estratégia pode ser apenas esperar, sabendo que você tem a liderança e apenas ser muito sério e sólido e que às vezes pode ser a melhor maneira de jogar para ganhar também."

Carlsen concordou que ele jogou de forma mais conservadora do que há três anos: "De Brancas, eu não diria necessariamente que eu era tão conservador, pelo menos tentei algumas linhas diferentes, tentei jogar. Mas você pode ver, com base em muitas das minhas decisões, que quando as coisas ficaram difíceis, joguei de forma muito conservadora, mas agora, em retrospecto, posso dizer que funcionou muito bem."

Magnus Carlsen laughing smiling
Carlsen mantém o título e é campeão mundial desde 2013. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Dubai tem sido um bom lugar para o Carlsen. Ele ganhou o título de grande mestre lá em 2004, depois ganhou o Mundial de Rápido e Blitz em 2014 e agora o Campeonato Clássico. Dubai também foi mencionado como um possível local para o Mundial de Rápido e Blitz deste ano (de 26 a 30 de dezembro), depois que o Cazaquistão teve que cancelar. Mas, no final, ficou decidido que será em Varsóvia, na Polônia. Carlsen, que acabou de defender seu título clássico com sucesso, irá jogar e tentar reter todos os três títulos antes do final do ano.

A equipe do Carlsen contava com Peter Heine Nielsen, Daniil Dubov, Jan Gustafsson, Laurent Fressinet e Jorden van Foreest

Um jornalista lembrou ao Carlsen de um tweet que ele postou depois de vencer em Sochi, em 2014 (seu segundo match contra o GM Vishy Anand) que dizia "duas vitórias, faltam cinco", o que parecia significar que ele queria se tornar o jogador da história com mais títulos ganhos. Quando questionado se ele ainda tinha esse objetivo, Carlsen respondeu um tanto misteriosamente: "Veremos."

O campeão mundial também deu uma resposta intrigante à questão sobre se ele vai desistir do seu título sem lutar ou se ele espera perdê-lo para um adversário em algum momento. "Essa é uma pergunta muito boa. Não posso responder agora." Carlsen insinuou que ele pode não querer defender seu título novamente? Provavelmente não, embora não seja a primeira vez que ele coloca em dúvida sua defesa do título.

Especialmente se o GM Alireza Firouzja vencer o Torneio de Candidatos de 2022, é difícil acreditar que Carlsen não gostaria de jogar. Um repórter perguntou-lhe o que pensava do prodígio franco-iraniano e Carlsen disse: "Devo dizer que fiquei realmente impressionado com o seu desempenho no Grand Swiss e no Campeonato Europeu por Equipes e diria que isso me motivou mais do que qualquer outra coisa."


A cobertura do Chess.com é patrocinada pela Coinbase. Se você está procurando fazer sua primeira compra de criptografia ou se você é um comerciante experiente, a Coinbase tem o que você precisa. Ganhe criptomoedas aprendendo sobre criptomoedas com a Coinbase Earn, melhore sua negociação com os recursos avançados do Coinbase, obtenha recompensas exclusivas ao gastar com o cartão Coinbase e muito mais. Saiba mais em Coinbase.com/Chess.


Artigos relacionados:

PeterDoggers
Peter Doggers

Peter Doggers joined a chess club a month before turning 15 and still plays for it. He used to be an active tournament player and holds two IM norms.

Peter has a Master of Arts degree in Dutch Language & Literature. He briefly worked at New in Chess, then as a Dutch teacher and then in a project for improving safety and security in Amsterdam schools.

Between 2007 and 2013 Peter was running ChessVibes, a major source for chess news and videos acquired by Chess.com in October 2013.

As our Director News & Events, Peter writes many of our news reports. In the summer of 2022, The Guardian’s Leonard Barden described him as “widely regarded as the world’s best chess journalist.”

In October, Peter's first book The Chess Revolution will be published!


Company Contact and News Accreditation: 

Email: peter@chess.com FOR SUPPORT PLEASE USE chess.com/support!
Phone: 1 (800) 318-2827
Address: 877 E 1200 S #970397, Orem, UT 84097

Mais de PeterDoggers
Niemann garante fundos para torneio com buy-in de US$1 milhão

Niemann garante fundos para torneio com buy-in de US$1 milhão

Nakamura assume a liderança no Norway Chess

Nakamura assume a liderança no Norway Chess