Notícias
Notícias
MVL foi eliminado da Copa do Mundo
O GM Javokhir Sindarov obteve uma grande vitória no domingo. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

MVL foi eliminado da Copa do Mundo

beccrajoy
| 0 | Cobertura de Evento de Xadrez

Em um dramático confronto na segunda partida da terceira rodada, o GM Javokhir Sindarov eliminou o GM Maxime Vachier-Lagrave da Copa do Mundo da FIDE 2023. Tanto o GM Fabiano Caruana quanto a campeã mundial GM Ju Wenjun, estiveram muito perto de seguir os passos do jogador francês.

Os GMs Jorden van Foreest, Radoslaw Wojtaszek e Bardiya Daneshvar mostraram que é possível uma recuperação na segunda partida, mas muitos outros jogadores não conseguiram vencer e levar o match para o desempate. A IM Eline Roebers manteve a pontuação perfeita após uma batalha tática.

  Como assistir a Copa do Mundo da FIDE 2023
Você pode assistir à transmissão da Copa do Mundo da FIDE 2023 na Twitch e no YouTube. Você também pode encontrar todos os detalhes dos torneios Absoluto e Feminino em nossa plataforma de eventos ao vivo.

A primeira hora das partidas no domingo foi pacífica, dando poucos indícios do drama que se seguiria. Alguns grandes mestres apertaram as mãos para acordar os empates, preferindo definir os matches nos desempates, mas quando o resto das partidas começou a esquentar, nenhum resultado estava garantido até que as súmulas fossem assinadas.

Quando a poeira baixou, 13 jogadores do Absoluto garantiram o avanço para a quarta rodada, enquanto outros 38 jogadores levaram a decisão para o terceiro dia de disputa. Apenas oito jogadoras do Feminino permanecem incertas sobre seu destino; as outras 12 jogadoras têm dois dias de descanso (ou preparação) antes de retornarem ao tabuleiro.

Carlsen looking at Nakamura's game
Se tudo correr bem para Carlsen e Nakamura, eles se enfrentarão nas finais. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Absoluto: Um pouco de tudo

Nas palavras de Naroditsky: "Teve alguma coisa que não vimos hoje?" Algumas partidas foram tranquilas, outras mudaram de direção abruptamente e muitas tiveram altos e baixos dramáticos que deixaram os espectadores na ponta da cadeira. Ficou claro que, no formato implacável da Copa do Mundo, a habilidade no xadrez às vezes fica em segundo plano em relação à tensão, e os jogadores precisam de nervos de aço para progredir na competição.

O GM Alexey Sarana foi o primeiro jogador a avançar para a quarta rodada. Depois de jogar exatamente o que havia preparado contra seu adversário, o GM Kirill Shevchenko, Sarana aproveitou o erro do oponente e conquistou o ponto inteiro. O GM Benjamin Gledura jogou bem de Negras contra o GM Hikaru Nakamura, mas gastou muito tempo e não conseguiu encontrar os lances certos para segurar o empate. Abaixo, Nakamura compartilha seus pensamentos sobre a partida.

Na quarta rodada, Nakamura enfrentará o GM Praggnanandhaa Rameshbabu, que teve que trabalhar muito para conseguir sua vaga na próxima fase. Praggnanandhaa precisava de um empate com as Negras contra o GM David Navara para evitar os desempates, mas Navara não iria cair sem lutar. Uma abertura pouco ortodoxa levou a um meio-jogo complicado em que os dois jogadores alternaram a vantagem, até que parecia que a posição estava completamente perdida para Navara.

A vantagem das Negras foi reduzida depois que Praggnanandhaa deixou passar um xeque e, de repente, Navara estava de volta ao jogo após mais erros de seu oponente. Infelizmente para Navara, este retorno limitou-se apenas a um empate.

O GM Magnus Carlsen foi outro dos jogadores que avançou para a quarta rodada, com um empate na segunda partida após uma vitória na primeira. Mas, assim como Navara-Praggnanandhaa, não foi uma tarefa fácil. O GM Aryan Tari surpreendeu com 4.g4 contra a Caro-Kann de Carlsen, e abordou a partida com a mentalidade de que valia tudo ou nada e que lhe deu algumas chances de vitória. Apesar de Tari ter menos tempo que o adversário, foi surpreendente que ele não tenha gastado mais desse tempo em momentos críticos. Isso fez com que suas chances reduzissem bastante.

Na verdade, Carlsen acabou levando a melhor no final; mas, incomum para ele, não continuou a jogar com aspirações de vencer a partida. Provavelmente considerando que são amigos e que Carlsen só precisava de um empate para vencer o match, o número um do mundo preferiu manter o confronto amistoso.

A engine nunca favoreceu o GM Amin Tabatabaei em sua partida contra o GM Vincent Keymer. Desta forma, o GM alemão venceu por 2 a 0 e enfrentará Carlsen na quarta rodada do torneio. O GM Rasmus Svane, por sua vez, não teve maiores problemas e conseguiu o empate que precisava para eliminar o GM Jingyao Tin. O GM Alexander Donchenko precisava de uma vitória contra o GM Maghsoodloo Parham, mas não conseguiu converter a vantagem que ganhou no meio-jogo e foi eliminado do torneio

O GM Daniele Vocaturo consolidou sua surpreendente vitória contra o GM Daniil Dubov na primeira partida ao aceitar um empate e garantindo a vitória no match.

Tabatabaei grimacing at the board
Tabatabaei expressou como muitos jogadores se sentiram durante a rodada 3.2. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Van Foreest conseguiu vencer a segunda partida e forçar um desempate contra o GM Peter Svidler. Daneshvar, por sua vez, construiu uma grande vantagem para empatar o placar contra o GM Saleh A.R. Salem. O GM polonês Wojtaszek também conseguiu dar a volta por cima e igualar o placar após uma infeliz derrota na primeira partida contra o GM Ivan Schitco.

O GM Gadir Guseinov precisava vencer para se manter vivo e lutou bravamente contra o GM Leinier Dominguez Perez e conseguiu uma posição totalmente ganha. No entanto, uma pendurada estragou todo o seu esforço; desta forma, Guseinov foi eliminado da Copa do Mundo.

Guseinov and Dominguez seated at the board
O relógio de Dominguez ainda baixou para um segundo, mas a sorte não sorriu para Guseinov. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

No que foi uma partida emocionante e a maior surpresa do dia, Sindarov superou e eliminou Vachier-Lagrave. O jogador do Uzbequistão mostrou uma preparação impressionante na abertura. Quando parecia que Vachier-Lagrave estava deixando o pior para trás, ele capturou o bispo negro em d4. Embora ambos os jogadores tivessem que continuar jogando com cautela, Sindarov converteu a vantagem sem muita dificuldade.

Dois jogadores que conseguiram vitórias com as Negras foram os GMs Ray Robson e Arjun Erigaisi. Apesar de Robson ter perdido grande parte da vantagem no apuro de tempo, o americano conseguiu se recuperar e acabou derrotando o GM Abdulla Gadimbayli. Embora os problemas com o tempo tenham desempenhado um papel menor na partida de Erigaisi, o jogador indiano também perdeu grande parte de sua vantagem, que mais tarde recuperaria. O GM da Índia eliminou o GM Vladimir Fedoseev e enfrentará Sindarov na próxima rodada.

Mesmo que o GM Dommaraju Gukesh não fosse obrigado a vencer, o novo número um da Índia prevaleceu em uma batalha difícil. A seguir, temos a análise da nossa Partida do Dia feita pelo GM Rafael Leitão.

Muitos jogadores que empataram na primeira partida optaram por jogar com calma e levar o match para o desempate. No entanto, isso não pode ser dito de todos os jogadores que empataram a segunda partida. O confronto do GM Fabiano Caruana vs. GM Mustafa Yilmaz foi especialmente emocionante.

GM Yilmaz at the board
GM Mustafa Yilmaz. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Depois do terrível erro de Caruana na partida anterior, ficou-se com a impressão de que o americano jogaria com prudência com as Negras e se contentaria com o empate se não tivesse chances. A partida permaneceu equilibrada nos primeiros 20 lances. Então Caruana conseguiu uma pequena vantagem. Mas, de repente, ele começou a fazer lances que davam a iniciativa ao adversário.

Com uma torre em g3 e ideias táticas à sua disposição, Yilmaz tinha tudo a seu favor. Parecia que Caruana se despediria da Copa do Mundo na rodada 3.2, assim como aconteceu em 2021. Mas então Yilmaz, inexplicavelmente, pendurou um peão, deixando Caruana com uma vantagem enorme. Yilmaz encontrou o que Caruana provavelmente considerou a melhor defesa. Assim, os jogadores concordaram com o empate em uma posição em que o Caruana ganharia se pudesse encontrar um sacrifício de dama nos sete minutos restantes.

Caruana provavelmente ficará aliviado por chegar aos desempates, e veremos se ele consegue evitar ser assombrado por suas duas partidas clássicas contra Yilmaz para chegar à quarta rodada.

Esipenko with his head in his hands
Esipenko está pensando profundamente ou insatisfeito com a perspectiva do desempate. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Todas as partidas - Absoluto: Rodada 3.2

Feminino: escapadas milagrosas, mas nenhuma reviravolta

A IM Vaishali R teve algumas chances de obter uma vantagem contra a GM Mariya Muzychuk, mas usou 22 de seus 30 minutos adicionais no lance 42. A partir daí, as coisas só pioraram para ela, pois ela não teve tempo suficiente para encontrar os melhores lances.

GM Mariya Muzychuk looking into space
A GM Mariya Muzychuk enfrentará sua irmã na quarta rodada, onde um resultado pacífico é impossível. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

A IM Alina Bivol foi derrotada pela IM Medina Warda Aulia, depois que a jogadora da Indonésia sacrificou um bispo em h7 e ganhou uma vantagem decisiva que converteria sem problemas.

A IM Nurgyul Salimova derrotou a WGM Mary Ann Gomes por 2 a 0, que ainda assim pode se orgulhar de seu desempenho, que envolveu uma grande vitória sobre a GM Kateryna Lagno. A GM Bela Khotenashvili empatou a segunda partida para vencer a IM Meri Arabidze e a GM Nino Batsiashvili eliminou a GM Xue Zhao.

Divya Deshmukh at the board
É difícil vencer quando sua oponente joga com 99% de precisão. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Em uma partida de 59 lances em que ambas as jogadoras tiveram quase 99% de precisão, foi impossível para a WGM Divya Deshmukh criar as complicações necessárias para igualar o placar contra a GM Aleksandra Goryachkina. Assim, Goryachkina avança para a quarta rodada sem ter perdido nenhuma partida clássica até o momento.

Precisando de uma vitória, a IM Klaudia Kulon deixou claro suas intenções ao lançar seus peões para atacar o rei inimigo. Enquanto outras jogadoras, para quem um empate era suficiente, teriam jogado com mais cautela, Roebers aceitou o desafio e complicou a partida. Eventualmente, foi Kulon quem cometeu o primeiro erro grave. Graças à sua vitória, Roebers é a única jogadora nesta seção a manter a pontuação perfeita.

Em uma reviravolta devastadora na partida, a GM Anna Ushenina, que não havia conseguido vencer sua partida anterior contra a GM Anna Muzychuk apesar de ter uma enorme vantagem, errou com 23...Rg7? 24.Cxg5 Cxg5. Com isso, Muzychuk avança para a próxima rodada, onde enfrentará sua irmã.

Você consegue encontrar a vitória de Muzychuk depois de 24...Cxg5?

Outra eliminação surpresa foi a da GM Irina Krush pelas mãos da IM Polina Shuvalova. Após uma abertura caótica, Krush tinha uma boa posição, até que capturou um peão em a7 e permitiu que as peças negras atacassem seu rei e estrangulassem suas peças. A GM Humpy Koneru mostrou sua classe ao vencer a IM Olga Badelka e a GM Elisabeth Paehtz prevaleceu contra a IM Bibisara Assaubayeva graças a uma técnica muito boa no final.

Grayscale photo of Krush at the board with her leg extended
Krush pode não ter esperado que sua Copa do Mundo terminasse como terminou. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

As duas últimas partidas a terminar estiveram perto de eliminar duas das principais jogadoras da China. A GM Tan Zhongyi escapou por pouco com um empate contra a IM Mai Narva, que liderou a maior parte da partida, mas não conseguiu encontrar o caminho correto no final, já que as duas jogadoras estavam jogando no incremento. O empate leva as duas jogadoras ao desempate, onde Tan espera que sua experiência prevaleça.

Tan in front of a board showing all the games
Tan fica aliviada por ter a chance de jogar novamente. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Naquela que foi possivelmente a partida mais intensa da rodada, a campeã mundial Ju Wenjun teve que lutar por sua vida contra a IM Ulviyya Fataliyeva. Embora Ju normalmente prefira posições em que tenha uma forte estrutura de peões, neste caso ela adotou uma abordagem diferente. Tudo parecia estar indo bem, até que as coisas começaram a se complicar. A posição dela no final parecia totalmente desesperadora, já que Fataliyeva se agarrou firmemente à sua vantagem. Mas uma série de imprecisões deu a Ju a esperança que precisava para continuar jogando.

Enquanto milhares de pessoas assistiam à partida, o impensável aconteceu: Ju ressuscitou e chegou a uma posição empatada. Fataliyeva parecia incapaz de acreditar que uma das maiores—senão a maior—vitórias de sua carreira havia escapado de suas mãos e se recusou a repetir a posição quando a partida ultrapassou a marca de 100 lances.

Ju and Fataliyeva at the board
Uma partida que Fataliyeva não vai esquecer, mas pelas razões erradas. Foto: Maria Emelianova/Chess.com.

Como costuma acontecer quando um jogador tenta vencer um final empatado, a situação mudou completamente e então era Ju quem de repente estava jogando para ganhar um final de torre e cavalo contra torre, embora a posição ainda fosse um empate. No lance 128, Fataliyeva cometeu um erro decisivo e foi impensavelmente eliminada da Copa do Mundo Feminina de 2023 três lances depois, após uma brutal maratona de 131 lances.

Todas as partidas - Feminino: Rodada 3.2

A Copa do Mundo da FIDE 2023 (Absoluto e Feminina) acontece em Baku, Azerbaijão. O evento, com formato eliminatório, determinará seis vagas para o Torneio de Candidatos da FIDE 2024. A ação começa no dia 30 de julho e vai até 24 de agosto. A premiação total dos eventos é de US$2,5 milhões.


Artigos relacionados:

Mais de WCM beccrajoy
Carlsen vence a Copa do Mundo pela primeira vez

Carlsen vence a Copa do Mundo pela primeira vez

Carlsen empata com Praggnanandhaa e Abasov pune Caruana

Carlsen empata com Praggnanandhaa e Abasov pune Caruana