Notícias
Notícias
Carlsen busca sua primeira vitória na Copa do Mundo
Magnus Carlsen venceu Vladimir Fedoseev na disputa pelo terceiro lugar em 2021. Foto: David Llada/FIDE.

Carlsen busca sua primeira vitória na Copa do Mundo

Leon_Watson
| 4 | Notícias do Chess.com

O GM Magnus Carlsen, pentacampeão mundial e número 1 do mundo, tentará vencer sua primeira Copa do Mundo. Um dos principais eventos organizados pela FIDE, com premiação total de $2,5 milhões, não terá a participação de muitos outros grandes nomes.

O GM Ding Liren, sucessor do norueguês como campeão mundial, não viajará para Baku, no Azerbaijão, para jogar o torneio eliminatório que começa no dia 30 de julho. Também não estarão presentes o famoso streaming e atual número dois do mundo, GM Hikaru Nakamura, o GM Alireza Firouzja, a lenda indiana, GM Viswanathan Anand, e o GM Richard Rapport.

A Copa do Mundo da FIDE 2023 foi anunciada na segunda-feira, faltando várias estrelas. Foto: FIDE.

Outro jogador entre os 20 melhores do mundo que não participará da competição é o GM Levon Aronian, vencedor das edições de 2005 e 2017. Nascido na Armênia, o jogador de 40 anos, que agora representa os EUA, falou sobre suas preocupações com a segurança de viajar para Baku após anos de tensão e conflito entre seu país natal e o país anfitrião. Em 2020, Aronian disse que o conflito em andamento o afetou pessoalmente.

Eu estou em um dilema. Como alguém que gosta muito da Copa do Mundo, eu adoraria participar da Copa do Mundo de 2023, mas como armênio não me sinto seguro viajando para Baku, Azerbaijão. Como a FIDE tem promovido o formato híbrido, estou mais do que disposto a jogar de um lugar possível.

Por motivos alheios ao xadrez, o controverso GM Sergey Karjakin, atualmente em 11º lugar no ranking mundial e que terminou em segundo lugar na última Copa do Mundo, não disputará o torneio.

Karjakin, que foi banido pela FIDE por uma violação de ética no ano passado depois de apoiar publicamente a invasão da Ucrânia pela Rússia, disse anteriormente que se recusa a competir em eventos da FIDE sob uma bandeira neutra.

Em um vídeo postado no Telegram, Karjakin disse: "Este é o meu torneio favorito com o formato eliminatório. Já tive bons resultados nele no passado. No próximo torneio, porém, não poderei representar meu país, jogar sob a minha bandeira e, se vencer, não ouvirei o meu hino nacional. Sou categoricamente contra isso. Minha opinião sobre isso, a qual expressei muitas vezes, ainda é a mesma."

Karjakin foi alvo de mais críticas atualmente depois de aparecer em um vídeo de propaganda russa jogando xadrez com soldados da linha de frente. Isso levou a novos pedidos do GM Peter Heine Nielsen para que ele fosse banido pela segunda vez:

Prezada FIDE. O famoso Grande Mestre da Rússia classificado em 11º lugar no mundo faz vídeos de propaganda, pedindo apoio financeiro para o exército da invasão russa na Ucrânia. É contra as regras da FIDE, contra as regras do COI. Mas nada acontece. É porque Dvorkovich o protege?

A Copa do Mundo, que é realizada a cada dois anos, acontecerá até 24 de agosto. O torneio deste ano contará com uma quantia substancial de dinheiro em premiação, que a FIDE afirma ser "a maior de todos os tempos na história dos torneios de xadrez no mundo".

Além dos prêmios em dinheiro, os competidores também vão disputar três vagas—uma a mais que na edição passada—no próximo Torneio de Candidatos, que acontecerá em abril de 2024, em Toronto, no Canadá. O vencedor terá a chance de lutar pelo título de campeão mundial com Ding. Segundo a FIDE, dos 206 participantes do Aberto, 146 jogadores já confirmaram sua participação, enquanto no feminino, das 103 jogadoras classificadas até agora, 73 já confirmaram presença.

Além de Carlsen—que nunca venceu a Copa do Mundo—também veremos no torneio o vice-campeão mundial, GM Ian Nepomniachtchi, a atual campeã mundial feminina, GM Ju Wenjun, e a ex-campeã da Copa do Mundo Feminina, GM Humpy Koneru. Nepomniachtchi volta à Copa do Mundo após alguns anos, já que não participou da edição de 2021 devido à preparação para o Campeonato Mundial em Dubai.

O torneio também contará com o GM Teimour Radjabov, vencedor de 2019, e o GM Shakhriyar Mamedyarov, que jogarão em casa. Haverá também uma forte equipe de jovens prodígios liderados pelo GM Dommaraju Gukesh e que inclui os GMs Nodirbek Abdusattorov, Praggnanandha Rameshbabu e Vincent Keymer.

A competição no torneio feminino promete ser igualmente interessante. Além de Ju e Humpy, também participarão do torneio as GMs Aleksandra Goryachkina, Kateryna Lagno e a atual campeã, GM Alexandra Kosteniuk. Além delas, vale citar nomes como Tan Zhongyi, Mariya Muzychuk, Harika Dronavalli, Nana Dzagnidze e Anna Muzychuk.

A jogadora com maior rating do Azerbaijão será Gunay Mammadzada, de 22 anos. Entre as ausentes estará a jogadora número 1 do mundo e tetracampeã mundial feminina, GM Hou Yifan.

Nesta edição de 2023, teremos a participação de 3 GMs brasileiros no Aberto, Alexandr Fier, Luis Paulo Supi e Evandro Barbosa. Além deles, teremos também a FM Julia Alboredo jogando no Feminino.

Em 2021, a Copa do Mundo foi realizada em Sochi, na Rússia. Participaram 206 enxadristas do mundo todo, que disputaram o então prêmio recorde de $1.890.000 e duas vagas no Torneio de Candidatos de 2022. O GM Jan-Krzysztof Duda triunfou na final, derrotando Karjakin de forma convincente, depois de eliminar Carlsen nas semifinais.

Este ano, todos os olhos estarão voltados para Carlsen. Será que ele conseguirá somar mais uma conquista à sua incrível coleção de títulos e troféus, ou terá que engolir a amargura da derrota mais uma vez?

Mais de Leon_Watson
21 Federações pedem mudança nas regras para encerrar o limite de mandato do presidente da FIDE

21 Federações pedem mudança nas regras para encerrar o limite de mandato do presidente da FIDE

Hou Yifan buscará revanche contra Lagno no Julius Baer Speed Chess Championship Feminino 2023

Hou Yifan buscará revanche contra Lagno no Julius Baer Speed Chess Championship Feminino 2023